Rádio WNews

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Opinião


Opinião
26 de junho de 2009
A morte do cantor e compositor Michael Jackson que nos acompanhamos a sua carreira e crescemos ouvindo as suas músicas, uma grande perda para música pop mundial. Apesar de se envolver em polêmicas na sua vida pessoal. Nós não podemos negar o lado artistico e humano de Michael e a sua contribuição para a cultura da música. Todos nós temos defeitos diversos cometemos erros como seres humanos, passamos pela vida deixando marcas na história e na memória dos seres humanos.
Leia mais sobre Michael Jackson http://jornalnegritude.blogspot.com
Paulo Furtado

Morre Atriz das Panteras




Vida Real
Atriz Farrah Fawcett morre aos 62 anos nos EUA

25/06/09

A atriz Farrah Fawcett, 62, conhecida por encarnar a personagem Jill Munroe na série As Panteras, morreu na manhã desta quinta-feira (25), em um hospital de Los Angeles.

A atriz americana lutava contra um câncer retal desde setembro de 2006. Em outubro do mesmo ano, Farrah se submeteu a uma cirurgia para retirar um tumor do intestino grosso e fez sessões de quimioterapia e radioterapia durante seis semanas. Quatro meses depois, a atriz recebeu um diagnóstico de que estava curada. No entanto, em maio de 2007, ela anunciou que o tumor havia voltado. Nesta quarta-feira, Fawcett havia sido encaminhada a uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) devido à piora no seu quadro clínico. Ela estava internada desde o começo da semana e estava acompanhada do namorado Ryan O'Neal.

A luta da atriz contra a doença se transformou em um documentário, intitulado "Farrah Story", transmitido recentemente da TV norte-americana. São relatadas suas lutas particulares e os tratamentos aos quais se submeteu nos Estados Unidos e na Alemanha. Rodado com sua própria câmera de vídeo caseira e narrado por ela própria, o especial de duas horas inclui participações de Ryan O'Neal e de suas colegas de As Panteras, Jaclyn Smith e Kate Jackson.

Nascida no Texas em 2 de fevereiro de 1947, Farrah, cujo nome verdadeiro é Ferrah Leni Fawcett, estudou microbilogia na Universidade do Texas, mas sempre quis ser atriz. Estreou na televisão em 1965 na série Jeannie é um Gênio. Nos anos seguintes, participou de A Noviça Voadora (1967) e A Família Dó-Ré-Mi (1970). Em 1968, a atriz conheceu o ator Lee Majors, conhecido por estrelar a série O Homem de Seis Milhões de Dólares. Eles oficializaram a união em julho de 1973.



Farrah Fawcett em 2004

A atriz se tornou conhecida em 1976 ao integrar o elenco do seriado de tevê As Panteras, que virou rapidamente um dos mais famosos nos Estados Unidos. As três atrizes atingiram o estrelato, mas Farrah, com sua beleza estonteante, virou a "queridinha da América".

As longas horas de gravação e a fama repentina da mulher irritavam Majors. Provavelmente por conta disso, Farrah abandonou As Panteras em 1977, após uma temporada.

Em 1985, Farrah e O'Neal tiveram um filho, Redmond O'Neal.

Farrah posou para a Playboy americana em dezembro 1978. A atriz surpreendeu os fãs ao posar novamente para a publicação em dezembro de 1995, aos 48 anos. A edição vendeu mais de 4 milhões de exemplares e é até hoje a terceira Playboy mais vendida da história nos Estados Unidos.

Considerada uma das mulheres mais atraentes de Hollywood nos anos 70, Fawcett concordou recentemente em se casar com o ator Ryan O'Neal, de 68 anos, seu parceiro desde os anos 80. Os dois já foram casados em 1979, mas o casamento terminou nos anos 90.

Eles se reencontraram há poucos anos e, segundo confessou O'Neal, depois de várias tentativas, Farrah finalmente disse o "sim". "Diremos o 'sim' quando ela puder", disse O´Neal nesta semana.

Em recente entrevista concedida à revista "People", O'Neal contou que a atriz passava seus dias confinada em casa, a maior parte do tempo na cama, por causa dos efeitos do tratamento contra o câncer.

Fawcett perdeu o cabelo, estava muito debilitada e só recebia a visita de algumas amigas íntimas, como Jaclyn Smith e Kate Jackson, que foram suas companheiras na popular série de televisão As Panteras.

As Panteras é exibida diariamente, às 8h, pelo canal pago TCM. Na série, Farrah Fawcett, Kate Jackson e Jaclyn Smith interpretam três charmosas detetives contratadas por um milionário de quem nunca se via o rosto e que as transmitia suas missões pelo viva-voz de um telefone. Foram numerosos atentados, explosões e trocas de elenco: a única atriz original que chegou até o fim foi Jaclyn Smith… Fawcett e Jackson foram substituídas por Cheryl Ladd e Shelley Hack, que, por sua vez, foi substituída por Tanya Roberts.

O canal E! Entertainment Television homenageia a atriz Farrah Fawcett com a exibição do programa "E! True Hollywood Story" sobre sua trajetória. Ele vai ao ar dia 28 de junho, domingo, às 21h.




--------------------------------------------------------------------------------

Fonte: Retrotv

Morre Ator da Viagem ao Fundo Mar


Vida Real
Morre ator de Viagem ao Fundo do Mar

06/06/09

David Piraino

Morreu nesta quinta-feira (05), vítima de leucemia, aos 73 anos, o ator Del Monroe. Seu trabalho mais conhecido foi na série Viagem ao Fundo do Mar, onde intepretou Kowalski.

O ator começou no teatro e chegou à televisão TV no final da década de 50. Entre as séries que atuou, destacam-se Os Intocáveis, Gunsmoke, A Mulher Maravilha, O Túnel do Tempo, Os Gatões, Missão: Impossível e muitas outras. Recentemente, fez uma ponta na série Medium.

Del Monroe foi o único ator fixo de Viagem ao Fundo do Mar que também participou do longa-metragem que deu origem à série.
Fonte: Retrotv

Morre David Carradine


Vida Real
Morre o ator David Carradine

04/06/09

David Piraino

O ator David Carradine, principal protagonista do seriado Kung Fu e do filme "Kill Bill", de Quentin Tarantino, foi encontrado morto em um quarto de hotel em Bangcoc nesta quinta-feira. Carradine, 72 anos, estava na Tailândia para rodar o filme "Stretch", do francês Charles de Meaux. O ator faleceu no hotel Nai Lert Park três dias antes do fim das gravações.

A embaixada americana em Bangcoc destacou que as causas da morte do ator "ainda não foram determinadas".


O Ator David Carradine
em foto mais recente
Muito ativo no cinema e na TV, participou de mais de 100 produções, atuando também como produtor e diretor em várias ocasiões.

Nascido em 8 de dezembro de 1936, era filho de John Carradine, um dos atores favoritos de John Ford.

David, cujo nome de batismo era John Arthur Carradine, ficou famoso a partir de 1966 quando interpretou o pistoleiro Shane na série do mesmo nome, baseada no western do cinema "Os Brutos Também Amam". Ficou famoso no popular seriado Kung Fu, criado por Bruce Lee nos anos 70, no qual interpretava o mestre de artes marciais Kwai Chang Caine.

Ele também atuou nos filmes "Sexy e Marginal" (1972) de Martin Scorsese, "Esta Terra é Minha Terra" (1976), de Hal Ashby, pelo qual foi indicado para o Globo de Ouro em 1977, e "O Ovo da Serpente" (1977), de Ingmar Bergman, entre muitos outros.

Excelente ator, ele teve sua carreira prejudicada pelo abuso de álcool e drogas a partir do fim dos anos 70.

Nos anos 90, voltou a interpretar um descendente de Kwai Chang na época atual, na série Kung Fu - A Lenda Renasce (exibida atualmente no canal Space).

Ele foi resgatado em 2003 pelo diretor Quentin Tarantino, que lhe ofereceu o papel de Bill nos filmes "Kill Bill: Volume 1" e "Kill Bill: Volume 2"

Carradine era o filho mais velho do clã Carradine (David, Keith, Robert e o pai John). Foi casado cinco vezes e teve três filhos.
Fonte: Retrotv

Morre Michael Jackson


26 de junho de 2009 | N° 16012AlertaVoltar para a edição de hojeMICHAEL JACKSON
Sai de cena o rei do pop e da excentricidade
Ídolo que marcou a história da música pelo talento e pela errática trajetória pessoal, Michael Jackson morreu às vésperas de esperado retorno ao palcosO Rei do Pop está morto. O anúncio da morte de Michael Jackson foi feito às 14h26min de ontem (18h26min de Brasília) por médicos do Centro Médico da Universidade da Califórnia (UCLA Medical Center), aonde o cantor chegou em coma profundo, após sofrer um ataque cardíaco em sua casa em Los Angeles (leia ao lado). O desaparecimento do ídolo de 50 anos, às vésperas de uma série de 50 shows em Londres que prometia reanimar a carreira do cantor, encerra uma trajetória artística e pessoal espetacular, cujas glórias e misérias estiveram constantemente sob os refletores durante quatro décadas.

Ainda que a aparência frágil de Michael Jackson, revelada pelas raras imagens do artista divulgadas nos últimos meses, pudesse acenar para uma debilidade física e mesmo alguma doença, a morte do autor do disco mais vendido da história surpreendeu a imprensa e os fãs. Acostumado a ouvir boatos sobre problemas de saúde e cirurgias plásticas envolvendo o cantor desde meados dos anos 1980, calejado de ver o astro usando máscaras e luvas para evitar supostas contaminações, o público talvez não estivesse preparado para receber a notícia divulgada nesta quinta-feira à noite.

A carreira do cantor que viria a ser conhecido como Rei do Pop começou em família. No final dos anos 1960, a afinada voz de soprano do garoto Michael Joseph Jackson destacou-se no grupo The Jackson 5. A trajetória de Michael seguiu ascendente nos anos 1970 graças a composições como Shake your Body (To the Ground) e Can You Feel It. Mas foi com o disco Off the Wall (1979) que o jovem intérprete negro começou seu reinado, cujo coroamento veio com o álbum Thriller (1982). Fenômeno com mais de 106 milhões de cópias vendidas, reunindo hits estrondosos como Billie Jean, Beat It, Human Nature e a música-título, Thriller não entrou apenas no Livro Guinness dos Recordes por conta dos números – o disco arrebatou também a indústria do entretenimento e o comportamento jovem, influenciando a música, a dança, a moda e a televisão. Entre as conquistas desse trabalho, produzido pelo mestre Quincy Jones, está o recorde de permanência na primeira posição dos mais vendidos nos EUA – 37 semanas – e o pioneirismo de Jackson como o primeiro artista negro a emplacar um clipe na MTV, graças ao vídeo de Billie Jean.

O mundo rendia-se então ao talento de Michael Jackson – que além de grande cantor e compositor inspirado, destacava-se também como exímio bailarino. Paralela à consagração comercial e artística, porém, uma outra reputação começava a tornar-se tão grande quanto o trabalho de Jackson: a de sujeito excêntrico, fascinado por crianças e ícones infantis e obcecado com a saúde e a aparência. A cobertura da imprensa para o lançamento de Bad (1987) dividiu-se entre a avaliação musical do disco e a divulgação de notícias bizarras relacionadas a Jackson – como a compra dos ossos de John Merrick, o Homem Elefante, ou o rumor de que o astro dormia em uma câmara hiperbárica para retardar o envelhecimento.

A balança começou então a pesar mais para a extravagância – e quanto mais a mídia xeretava as idiossincrasias da figura pública, mais o artista retraía-se. Em 1993, chegava à justiça americana a primeira acusação de abuso sexual contra Jackson, feita por um garoto de 13 anos. No ano seguinte, ele se casa com Lisa Marie Presley, filha de Elvis Presley – o relacionamento, que durou apenas dois anos, foi considerado por muitos como uma manobra para tirar a atenção de cima das investigações criminais a respeito de Jackson. À medida que crescia a exposição de sua vida pessoal nos tabloides, a atenção à sua obra minguava. Lembrando a curva decadente dos últimos anos do Rei do Rock – pai de sua ex-mulher –, o Rei do Pop testemunhou sua majestade ser abastardada por escândalos e esquisitices.

Em julho, Jackson encararia a primeira das cinco dezenas de apresentações da temporada This Is It, anunciada como sua última turnê. Ganhador de 13 Grammys desde o início de sua carreira solo, com 41 canções a chegar ao topo das paradas e com vendas que superam as 750 milhões de unidades, Jacko morreu sem se despedir dos admiradores que permaneceram fiéis mesmo nas épocas tenebrosas. Resta aos fãs torcerem para que Jackson tenha colocado fé nas próprias palavras:

“Se você entra neste mundo sabendo que é amado e deixa este mundo sabendo o mesmo, então você pode lidar com tudo o que acontece no meio”.



ROGER LERINA
Fonte: Zero Hora

Fotos de Michael Jackson



Fotos de Michael Jackson



Fotos de Michael Jackson




Fotos de Michael Jackson




Fotos de Michael Jackson



Ex-agente culpa os médicos pela morte do cantor



Ex-agente culpa os médicos pessoais do cantor por sua morte


"Está claro que os criminosos neste caso são os médicos que o atenderam ao longo de sua carreira, que destruíram seu rosto, que deram remédios para acalmar as dores", denunciou Tarek Ben Amar.



Um advogado da família Jackson informou na véspera que o cantor tomava medicamentos sob prescrição médica para entrar em forma visando realizar uma série de concertos no próximo mês, em Londres, que marcaria sua volta aos palcos. Leia mais



Veja também
Fonte: Yahoo

Fatos que marcaram a vida de Michael Jackson



Os fatos que marcaram a vida de Michael Jackson
Qui, 25 Jun, 07h06



Por Redação Yahoo! Notícias


PUBLICIDADE

01. Susan Boyle

02. Joana Prado

03. F.C. Barcelona

04. Jesus Luz

05. O Aprendiz

06. McFly

07. Amy Winehouse
08. A Fazenda

09. Rihanna

10. Copa 2014

Veja a relação de algumas das datas mais importantes da vida do astro pop Michael Jackson.


29 de agosto de 1958: Nasce Michael Joseph Jackson, em Gary, Indiana (EUA).


Agosto de 1962: Michael Jackson estreia com seus irmãos na banda The Jackson Five.


Março de 1969: The Jackson Five assina contrato com a lendária gravadora Motown, e Michael Jackson começa a ficar conhecido. As canções "ABC" e "I'll Be There" são os primeiros sucessos.


1970: Michael Jackson se lança em carreira solo.


Agosto de 1979: Lançamento do disco "Off the Wall", produzido por Quincy Jones. Cópias vendidas: 11 milhões.





Dezembro de 1982: Lançamento de "Thriller", o álbum mais vendido de todos os tempos: mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo e sucessos como "Billie Jean" e "Beat It".


1985: Michael Jackson escreve "We Are The World", tema da campanha contra a fome na África.


1987: Lançamento de "Bad". Novo sucesso: 25 milhões de cópias vendidas até hoje.


1992: Michael Jackson lança "Dangerous" e vende mais de 30 milhões de discos até hoje.


Agosto de 1993: Um homem acusa Michael Jackson de abusar de seu filho, Jordan Chandler, 13, mas o caso é resolvido fora dos tribunais em um acordo que pode ter envolvido US$ 25 milhões.


Maio de 1994 a fevereiro de 1996: Casamento com Lisa Marie Presley, filha de Elvis.


Junho de 1995: Lançamento de "History: Past, Present and Future - Book I", que consumiu cerca de US$ 40 milhões em publicidade.


Novembro de 1996 a outubro de 1999: Casamento com a enfermeira Debbie Rowe, com quem teve dois filhos: Prince Michael e Paris Michael Katerine.


Outubro de 2001: Lançamento de "Invincible".


19 de novembro de 2002: Michael Jackson segura seu terceiro filho, Prince Michael 2º, de nove meses, para fora da sacada de um hotel em Berlim, causando um escândalo e o obrigando a se desculpar no dia seguinte.

31 de janeiro de 2003: A casa de leilão Sotheby's processa Michael Jackson por não ter pago duas obras que comprou.

3 de fevereiro: TV britânica mostra documentário "Living With Michael Jackson", em que cantor afirma que nunca abusou de um menor, mas confessa que já havia divido sua cama com vários garotos.

6 de fevereiro: Cantor divulga comunicado à imprensa afirmando que estava "arrasado" com o documentário sobre sua vida. "Hoje estou me sentindo mais traído do que em qualquer outro momento de minha vida."

30 de maio: Ex-assessores dizem que o cantor norte-americano estaria "quebrado" financeiramente, com dívidas de US$ 12 milhões.

31 de outubro: O astro lança o CD de coletânea "Number Ones".



18 de novembro: Mais de 60 investigadores revistaram Neverland, a mansão de Michael Jackson.

19 de novembro: Jackson recebe ordem de prisão pela acusação de abuso sexual a um menor de 12 anos.

20 de novembro: Jackson se entrega à polícia da Califórnia. Acusado de abuso sexual infantil, ele entrou algemado pela porta dos fundos da delegacia, mas deixou o local no mesmo dia depois de pagar fiança de US$ 3 milhões.

18 de dezembro: Michael Jackson é acusado formalmente por abuso sexual pela Promotoria de Justiça norte-americana.

28 de janeiro de 2005: Juiz aceita como evidência material pornô de Michael Jackson confiscado em Neverland. Foram encontrados 17 livros, 32 revistas, DVDs e imagens retiradas do computador do artista.

31 de janeiro: Michael Jackson começa a ser julgado por acusação de abuso sexual.

5 de abril: Ex-funcionária de Michael Jackson afirma que ator Macaulay Culkin dormia no quarto do cantor.

3 de maio: Jackson deve mais de US$ 230 milhões. A crise financeira teria começado em 2003, depois do polêmico documentário no qual ele aparece afirmando que costumava dormir com crianças na mesma cama.

11 de maio: Ator Macaulay Culkin depõe e defende Michael Jackson ao negar que ele tenha sido abusado sexualmente em 1991.

3 de junho a 13 de junho: Jurados levam dez dias para discutir o veredicto de Michael Jackson.

13 de junho: Michael Jackson é absolvido pelo Júri das dez acusações que pesavam sobre ele: conspiração com fins extorsivos, sequestro de um menor de idade, abuso sexual e fornecimento de agente tóxico (vinho) com a finalidade de cometer o delito.

Julho de 2005: Cantor compra um luxuoso imóvel e se muda para Bahrein, pequeno reino do Golfo.

3 de agosto: Jackson recebe US$ 2 milhões pela primeira entrevista após julgamento.

21 de dezembro: Com uma dívida de US$ 270 milhões, Michael Jackson tenta evitar perda de bens, como seu catálogo musical e rancho Neverland.



12 de março de 2007: Michael Jackson vende parte dos direitos dos álbuns dos Beatles.

16 de julho de 2008: Rádio britânica elege "Billie Jean" a melhor música dance de todos os tempos.

29 de agosto: Michael Jackson completa 50 anos em casa com os filhos.

10 de novembro: Para não perder Neverland, cantor vende propriedade para si mesmo ao transferir o rancho para Sycamore, uma joint venture entre Jackson e uma empresa chamada Colony Capital.

21 de novembro: Michael Jackson se converte ao islamismo e passa a se chamar Mikaeel, nome de um dos anjos de Alá, informou o tabloide britânico "The Sun".

22 de dezembro: Michael Jackson volta a morar nos Estados Unidos ao alugar uma casa em Los Angeles por US$ 100 mil mensais.

4 de janeiro de 2009: Segundo jornal britânico "The Sun", Jackson sofre de grave doença pulmonar genética e estaria convencido de que iria morrer em breve.


Saiba mais:

As últimas notícias na web
Fãs prestam homenagens no Flickr
Repercussão no Twitter


Fonte: Yahoo

Sucessos e as Polêmicas de Michael Jackson

SAIBA MAIS-Os sucessos e as polêmicas de Michael Jackson
Qui, 25 Jun, 07h48



(Reuters) - Michael Jackson, 50 anos, um dos maiores astros da música pop, morreu nesta quinta-feira, informaram o Los Angeles Times e o site de celebridades TMZ.

PUBLICIDADE

Seguem algumas informações importantes sobre o cantor.


INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA


* Michael Jackson nasceu em 29 de agosto de 1958 em Gary, Indiana, o sétimo de nove irmãos. Cinco dos irmãos Jackson - Jackie, Tito, Jermaine, Marlon e Michael - apresentaram-se juntos pela primeira vez num programa de calouros quando Michael tinha 6 anos. Eles levaram o primeiro prêmio.


* O grupo mais tarde se tornou o The Jackson Five, e, quando assinou contrato com a gravadora Motown Records, no final dos anos 1960, passou por uma metamorfose final, tornando-se The Jackson 5. Michael Jackson fez seu primeiro álbum solo em 1972.


SUCESSO


* Jackson lançou "Thriller" em 1982, e o álbum se tornou um sucesso estrondoso que rendeu sete singles que figuraram entre os Top 10. O álbum vendeu 21 milhões de cópias nos Estados Unidos e pelo menos 27 milhões em todo o mundo.,


* No ano seguinte ele apresentou a dança "moonwalk" (andar da lua), que virou sua marca registrada, quando cantou "Billie Jean" durante um especial da NBC.


* Acredita-se que ao longo de sua vida Jackson vendeu cerca de 750 milhões de álbuns, o que, somado aos 13 prêmios Grammy que ele recebeu, faz dele um dos artistas de maior sucesso de todos os tempos.


ACUSAÇÕES


* Em 1993 Michael Jackson foi acusado de abusar sexualmente de um menino de 13 anos, e a polícia invadiu seu rancho "Neverland", na Califórnia.


* No mesmo ano, Jackson anunciou que se tornara dependente de analgésicos e cancelou repentinamente uma turnê mundial que faria para promover seu álbum "Dangerous".


* Em 1994 ele fechou um acordo extrajudicial de valor mais tarde anunciado como tendo sido 23 milhões de dólares com a família do garoto que foi acusado de abusar.


CASAMENTO E FAMÍLIA


* Em 1994 Jackson se casou com a filha única de Elvis Presley, Lisa Marie, mas o casamento terminou em divórcio em 1996. No mesmo ano Jackson se casou com Debbie Marie Rowe e eles tiveram dois filhos antes de se separarem em 1999. Eles nunca viveram juntos.


* Jackson tem três filhos, chamados Prince Michael I, Paris Michael e Prince Michael II, este último conhecido por um momento público breve em que seu pai o segurou para fora da sacada de um hotel, provocando alarme generalizado.


MAIS CONTROVÉRSIAS


* Um documentário de TV, "Living with Michael Jackson", foi ao ar em 2003, dizendo que Jackson recebia garotos para dormir em sua casa e que teve seu terceiro filho com uma mãe de aluguel. Jackson pôs no ar seu documentário próprio, rebatendo as alegações.

* Em 2005 ele foi levado a julgamento, acusado de molestar um garoto de 13 anos em 2003 e de conspirar para sequestrar o garoto. Se fosse condenado, o cantor poderia passar quase 20 anos na prisão.

* O julgamento levou quatro meses e terminou em junho de 2005 com sua absolvição de todas as acusações. Desde o fim do julgamento, Jackson passou um período no Barein, na Irlanda e na França.

VOLTA POR CIMA?

* Depois de vários recomeços falsos, Jackson e a promotora musical AEG Live anunciaram que ele faria 50 shows na 02 Arena em Londres. A previsão era que ele começaria os concertos em 13 de julho. Jackson vinha ensaiando na região de Los Angeles para os shows em Londres, cujos ingressos esgotaram horas depois de começar a ser vendidos, em março.

Fonte: Yahoo

Morte de Michael Jackson




Morre o Rei do Pop


O cantor norte-americano Michael Jackson morreu hoje, aos 50 anos, em Los Angeles, após chegar ao hospital da Universidade da Califórnia (UCLA) em coma profundo.



Segundo informações, às 12h26 (16h26 de Brasília), o serviço de emergência de Los Angeles recebeu um telefonema da casa do cantor, em Holmby Hills. Leia mais



Veja também
Galeria de fotos do astro
Últimas notícias da morte do cantor
Fonte: Yahoo