Rádio WNews

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Michael Jackson



Assista aos ensaios do astro dois dias antes de morrer


Disposto, animado e disciplinado. Este era Michael Jackson dois dias antes de morrer, nos ensaios da turnê batizada de "This Is It", que o cantor preparava, no Staples Center, em Los Angeles. A emissora dos EUA, CNN, divulgou nesta tarde de quinta-feira um vídeo que mostra o "Rei do Pop" cantando e dançando, já vestido com alguns dos figurinos que usaria nos shows. Estes ensaios foram gravados com qualidade suficiente para ser lançado como um disco póstumo do astro.



Ken Ehrlich, um executivo da AEG que acompanhou os ensaios, afirmou que Michael estava “em grande forma e cheio de energia”. "Ele definitivamente estava dando tudo de si nos ensaios, parecia bem saudável. O vídeo prova isso, é só ver como ele estava contente em poder voltar aos palcos" completou Ehrlich ao site da revista "People". Para assistir trechos do penúltimo ensaio realizado por Michael Jackson, dois dias antes de vir a falecer, clique aqui.(O vídeo está disponível no site de celebridades americano TMZ)



Veja também
Funeral de Jackson vira outro capítulo de suspense
Cantor usou nomes falsos para comprar remédios
Galeria de fotos do 'Rei do Pop'
Últimas notícias sobre a morte do cantor

Susepe sob Suspeita

SEGURANÇA SOB SUSPEITA
Estratégia para deter os agentes
Mario Santa Maria Junior superintendente dos Serviços PenitenciáriosPara prender de uma só vez os oito agentes penitenciários, o Ministério Público (MP) adotou uma estratégia inusitada. Em vez de procurar os suspeitos um a um em suas casas, o promotor Gilmar Bortolotto intimou os servidores para depor sobre a suposta tortura de um preso. Na manhã de ontem, à medida que chegavam à Promotoria Criminal, os servidores recebiam voz de prisão.

A operação começou a ser montada por volta das 8h45min. Duas equipes do Batalhão de Operações Especiais (BOE) da Brigada Militar chegaram discretamente ao MP, estacionando as viaturas nos fundos do prédio. Sem chamar a atenção, os PMs montaram um esquema de segurança ao redor da sala do promotor para evitar que os suspeitos tentassem fugir. Os depoimentos se estenderam por três horas. No início da tarde, os agentes foram levados em um micro-ônibus para o Departamento Médico Legal (DML), onde fizeram exame clínico antes de serem conduzidos ao Presídio Central.

Conforme a denúncia do MP, o preso revelou que, no dia 5 de abril, alguns agentes o levaram ao prédio administrativo da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc). Lá, sobre uma mesa, estavam 11 celulares. Os funcionários do presídio perguntaram a ele o que era aquilo. O apenado negou ter conhecimento a respeito dos aparelhos e, segundo ele, em seguida foi algemado e espancado.

Ocorrência registrada para simular agressão

O detento diz ter levado socos no rosto e no estômago e golpes com garrafa plástica cheia de água nas costas. Teria sido sufocado com um cinto amarrado no pescoço. Como último recurso para que confessasse, os agentes teriam encharcado a roupa do apenado com álcool e colocado um isqueiro, aceso, perto do corpo. Para forjar uma agressão do preso, um agente rasgou a própria camisa e registrou uma ocorrência, alegando que fora vítima de uma tentativa de homicídio.



Contrapontos
O que dizem as advogadas Paula Louzada, Andrea Iglesias e Irani Medeiros, representantes dos agentes denunciados
As advodadas trabalham para o Sindicato dos Agentes Monitores e Auxiliares Penitenciários do Estado do RS (Amapergs) e foram indicadas para defender os denunciados. Elas pretendem ingressar com pedido de habeas corpus para os agentes e recomendaram que falasse, em nome delas, o presidente do Amapergs, Luis Fernando Rocha.
O que diz Luis Fernando Rocha, presidente do Sindicato dos Agentes Monitores e Auxiliares Penitenciários do Estado (Amapergs)
Luis Fernando Rocha considera que o Judiciário está cometendo uma injustiça ao decretar a prisão. Em primeiro lugar, porque eles são domiciliados e não têm antecedentes criminais que justifiquem mantê-los confinados.
O presidente do sindicato acredita que as denúncias deveriam ser plenamente comprovadas antes de qualquer prisão. Ele salienta que não é a primeira vez que um preso denuncia espancamentos por parte de funcionários de presídios, afirmações que nem sempre resultam em provas. Além disso, diz Rocha, o preso que denunciou os agentes é também suspeito de colocar celulares dentro da Pasc:
– Que credibilidade pode ter um apenado assim?


MultimídiaOS DENUNCIADOS
Fonte: Zero Hora

Susep sob suspeita

SEGURANÇA SOB SUSPEITA
Carcereiros vão parar no presídio
Justiça manda prender oito agentes lotados na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), denunciados por tortura a detentoA confiança dos gaúchos no sistema penitenciário sofreu um golpe ontem com a prisão de oito agentes da guarda interna da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc).

Os funcionários públicos foram presos por volta do meio-dia, por policiais militares, a pedido do Ministério Público Estadual. Os agentes estão denunciados, pelos promotores, por tortura de um preso, fato que teria ocorrido em 5 de abril nas dependências da Pasc – a mais bem guarnecida prisão gaúcha. Um nono agente, diretor da Pasc, foi denunciado pelo mesmo crime, mas não teve a prisão solicitada e responderá em liberdade ao processo criminal. Os servidores do presídio também são investigados por suposto envolvimento na facilitação de ingresso de celulares na penitenciária, aparelhos que acabam parando nas mãos dos presos. Essa investigação ainda está em andamento.

A onda de prisões de ontem é uma das maiores envolvendo servidores penitenciários. A solicitação de prisão preventiva dos servidores da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) partiu do promotor Gilmar Bortolotto – que atua na fiscalização do sistema penitenciário – e foi aceita pela Justiça Criminal de Charqueadas. Os agentes foram presos após serem convocados para explicações ao Ministério Público. Após receberem voz de prisão, foram enviados ao Presídio Central de Porto Alegre.

A investigação feita pelo Ministério Público (MP) foi baseada nas informações de um presidiário ao Judiciário, que realiza faxinas na Pasc. Ele afirma ter sido torturado com pancadas e socos na manhã de 5 de abril (um domingo), por suspeita de estar envolvido no leva e trás de celulares para outros detentos. Para acobertar os sinais do espancamento, os agentes teriam invertido a situação e declararam, num boletim de ocorrência policial, ter reagido a agressões praticadas pelo preso.

Diretor da Pasc foi denunciado por omissão

O detento foi levado pelos próprios agentes à Penitenciária Modulada de Charqueadas, para ser medicado. O médico perguntou o que havia acontecido, e o apenado disse que tinha se machucado ao cair na cela. Dias depois um e-mail chegou à Susepe, afirmando que um preso teria sido espancado. O detento foi para o Departamento Médico Legal, na Capital, e disse que tinha sofrido uma queda.

Cópia do e-mail chegou à RBS TV e foi repassado ao juiz Sidinei Brzuska, fiscal dos presídios da Região Metropolitana. Brzuska mandou transferir o preso para a Penitenciária Estadual do Jacuí (PEJ) e foi lá interrogá-lo. Convencido pelo juiz, o preso prestou depoimento ao MP, relatando, desta vez, que tinha sido espancado. O MP ouviu funcionários da Pasc, médicos e monitorou os agentes, chegando à conclusão de que eles teriam combinado o que diriam em depoimento.

Os oito carcereiros foram denunciados por tortura e também por falsidade ideológica. Eles teriam forjado anotações no livro de registro da Pasc, relatando que encontraram 11 celulares no armário da faxina onde o preso guardava seu material de limpeza. O diretor da Pasc foi denunciado por omissão. O juiz criminal de Charqueadas, Diego Magoga Conde, decretou a prisão preventiva dos oito agentes.

Governadora Yeda Crusius defendeu o Presídio Central

Um outro flanco das investigações do MP é a suspeita de ingresso irregular de celulares nos presídios. Eles seriam vendidos a presos por agentes penitenciários por até R$ 2 mil, conforme testemunhos e gravações obtidos pelos promotores.

O esquema seria feito em duas etapas: servidores encarregados de fazer apreensões de telefones nas galerias do presídio seriam suspeitos de negociar os aparelhos com presos de facções que ocupam outras galerias. O atual superintendente da Susepe, Mario Santa Maria Junior, informou ontem a Zero Hora que assumiu há poucos dias o cargo e desconhece determinações anteriores do Judiciário. Prometeu, no entanto, providências imediatas para coibir o ingresso dos telefones nas prisões.

Os presídios gaúchos foram tema ontem do balanço de gestão feito pela governadora Yeda Crusius. Ela defendeu o Presídio Central:

– Fui lá e vi galerias pintadas, não vi problemas de vazamento e nem grandes problemas de infraestrutura. Não acredito que o Presídio Central seja o pior do Brasil – disse Yeda.

*Colaborou Francisco Amorim

humberto.trezzi@zerohora.com.br

HUMBERTO TREZZI*
MultimídiaAs marcasOs números da penitenciária

Inter perde a Copa do Brasil


COPA DO BRASIL
Como fazer cinco? Corinthians leva o tri sobre o InterOInter perdeu o título da Copa do Brasil para um legítimo campeão, ontem à noite, no Estádio Beira-Rio. O Corinthians que veio a Porto Alegre para arrancar um 2 a 2 consagrador mostrou-se um time adulto, sólido e concentrado, bem ao estilo de seu técnico, Mano Menezes. O Corinthians venceu porque soube administrar o placar dos dois jogos da decisão (em São Paulo fez 2 a 0). Venceu porque foi melhor.

Fazia 12ºC quando a bola começou a rolar no Beira-Rio, às 22h02min. Em cinco minutos, parecia que a temperatura havia caído a zero. Esse pequeno naco de tempo bastou para que todos no estádio compreendessem que as coisas não seriam fáceis para o Inter. O Corinthians jogava com fleuma de enxadrista, tocando a bola como se fosse um Flamengo de Zico, sem dar o menor sinal de estar afobado ou assustado com o clima nervoso criado pela torcida e pela direção do Inter nos últimos dias. Nada acontecia. Ou, antes, se acontecia, era a favor do Corinthians: aos oito minutos, Taison tentou driblar na intermediária de defesa, pela esquerda, e perdeu a bola. Que foi lançada para o outro lado. André Santos dominou pelo lado esquerdo de ataque e chutou forte, por cima do travessão. Aos 15 minutos, nova estocada corintiana: André Santos, mais uma vez, infiltrou-se pela esquerda e passou para Jorge Henrique, que empurrou para o gol. O bandeirinha assinalou impedimento – corretamente assinalado.

Os dois lances de perigo eram sintomas do que ocorreria a seguir: André Santos, o lateral da Seleção Brasileira, passaria os 46 minutos do primeiro tempo passeando pelo lado esquerdo, que deveria ser guarnecido por Bolívar.

Deveria.

Não foi.

Aos 20 minutos, André Santos novamente fez boa jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Jorge Henrique, que desferiu um testaço para baixo e abriu o placar. O Inter teria que fazer 4 a 1 para ser campeão.

Não se passaram dez minutos para a jogada se repetir. Aos 28, André Santos invadiu a área em velocidade, tabelou com Ronaldo e chutou com violência, alto: 2 a 0.

Com esse placar, o Inter teria de marcar cinco gols para conquistar o título – desde que o Corinthians não marcasse mais nenhum, claro. Uma tarefa, na prática, impossível. Mas o Inter, apesar disso (ou talvez por causa disso), melhorou. Passou a jogar com um pouco mais de naturalidade e, aos 30 minutos, Guiñazu protagonizou o primeiro chute perigoso do dono da casa, por cima do travessão. A essa altura, porém, alguns torcedores já saíam do Beira-Rio.

Aos 33, o Inter perdeu sua melhor chance: Nilmar chutou da meia-lua e Felipe espalmou a escanteio. Três minutos depois, o Corinthians respondeu com ele: Ronaldo Nazario entrou sozinho na área e chutou rasteiro nas mãos de Lauro, perdendo um gol que um Ronaldo Nazario não perde. Nilmar ainda conseguiria dar mais um bom chute aos 44 minutos, mas Felipe espalmou outra vez a escanteio.

O Inter que voltou do intervalo foi bravo. Foi um Inter que não apelou, apesar de virtualmente batido. Foi um Inter que não desistiu de jogar bola, apesar de ter do outro lado um inimigo superior. Foi um Inter que partiu para cima do adversário, apesar do placar massacrante. Aos 25 minutos, William rebateu errado uma bola lançada da intermediária. Ela subiu, encobriu a defesa do Corinthians e caiu nos pés de Alecsandro, que havia entrado em lugar do volante Glaydson. O centroavante cumpriu seu papel: 2 a 1. O Inter continuou pressionando, continuou lutando. Aos 29 minutos, Andrezinho, que substituíra Taison, cruzou da intermediária e Alecsandro cabeceou alto: 2 a 2.

Era possível? Talvez fosse. Mas aí a bravura cedeu espaço à irresponsabilidade. D’Alessandro, que desde o primeiro tempo mostrava perturbação, brigou com os jogadores corintianos e levou cartão vermelho. Expulso, tentou levar um adversário com ele. Partiu para cima do zagueiro William com os punhos fechados, chamando-o para a briga. William, uma cabeça mais alto do que o argentino, recuava com um sorriso nos lábios, enquanto os outros jogadores tentavam conter D’Alessandro.

Quando o jogo recomeçou, depois de seis minutos de paralisação, Elias fez falta em Guiñazu, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso também. Mas era tarde demais. A Fiel já festejava no Beira-Rio. O Corinthians, mal-saído da Segunda Divisão, é o novo campeão da Copa do Brasil. Legítimo campeão.



DAVID COIMBRA
ZERO HORA.com
Em áudio, vídeo e fotos, veja os melhores momentos da decisão


Fonte: Zero Hora

Frente dos Aposentados


Sossella adere a Frente Parlamentar em Defesa dos Aposentados e Pensionistas



O deputado Gilmar Sossella assinou o requerimento que cria a Frente Parlamentar em Defesa dos Aposentados e Pensionista. A proposta é do deputado Nélson Harter (PMDB) e visa acompanhar os projetos que tramitam no Congresso Nacional e que podem beneficiar muitos gaúchos.



Entre os projetos que serão defendidos através da Frente Parlamentar, está o projeto de lei 1/2007 que vincula o reajuste da aposentadoria ao do salário mínimo para todss as aposentadorias e pensões. Ainda serão acompanhados o PL 3299/2008 que prevê a extinção do fator previdenciário e o PL 4434/2008 que busca a recuperação de seus benefícios com base no número de salários mínimos que recebiam no momento de suas aposentadorias.



Sossella afirma que é preciso acompanhar a tramitação dos projetos para garantir avanços nas pensões e aposentadorias. Entre os benefícios dos projetos estão:



- Reajuste de pensões e aposentadorias com os mesmos índices do salário mínimo

- Extinção do fator previdenciário que provoca perda de até 40% dos benefícios

- Equipara os benefícios atuais aos valores originais



Ao fazer parte da frente parlamentar, Sossella anuncia que vai motivar prefeitos, vereadores e demais lideranças para que fortaleçam a mobilização em todos os municípios gaúchos.



“Precisamos garantir melhor renda para aposentados e pensionistas. Esta ação resulta em melhor qualidade de vida e também movimenta a economia de muitas comunidades gaúchas”, destaca o deputado do PDT.



--------------------------------------------------------------------------------

Comentário do Leitor

Thaise deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Abaixo Assinado":

646 - Tayenne Trento Dias - Limeira SP



Postado por Thaise no blog Jornal Negritude em 2 de Julho de 2009 08:37

Cidadão Seguro

Estruturante Cidadão Seguro abre Conferência Estadual da Segurança Pública
02/07/2009 13:15


A Conferência Estadual da Segurança Pública começa nesta sexta-feira (03), em Porto Alegre, e trará para conhecimento e debate dos mais de mil inscritos o Programa Estruturante Cidadão Seguro ( www.estruturantes.rs.gov.br ), considerado o plano de segurança do governo do Estado e da Secretaria da Segurança Pública.

Durante a abertura do evento, que acontece no Centro de Eventos da PUC (Avenida Ipiranga, 6681 - Prédio 4/Salão de Atos), e segue no sábado (04) e até às 13h do domingo (05), o secretário estadual da Segurança Pública, Edson Goularte, irá apresentar um resumo das ações já implementadas e em curso no Cidadão Seguro, cujo objetivo é ampliar a infraestrutura dos órgãos de segurança pública gaúcha com investimentos da ordem de R$ 462 milhões, até 2010, provenientes de recursos do Tesouro do Estado, Fundo Especial de Reaparelhamento da Segurança Pública (FESP), convênios e de recebimento de bens por destinação direta.

Na ocasião, Goularte enfatizará os seis projetos do Cidadão Seguro, que são o de Recomposição dos Efetivos, Renovação da Frota de Veículos, Ampliação de Vagas Prisionais, Recomeçar (ressocialização de apenados), Modernização e Integração do Sistema de Inteligência e o de Reforma de prédios da Brigada Militar e Polícia Civil. Em sua totalidade, as ações dos seis projetos beneficiarão os 496 municípios gaúchos inseridos nas nove Regiões Funcionais do Estado e dos 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes).

No projeto de Recomposição dos Efetivos, que tem como foco recompor os efetivos da Brigada Militar (BM), Polícia Civil (PC) Instituto-Geral de Perícias (IGP) e Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), qualificando e valorizando a atividade-fim e liberando recursos humanos para as atividades operacionais, estão sendo aplicados R$ 76.908.190,65. As metas estabelecidas prevêem a nomeação de 17.256 servidores nos órgãos Vinculados da SSP/RS, o que representa, com base nos efetivos existentes em dezembro de 2007, um acréscimo da ordem de 56% na Brigada Militar e na Polícia Civil e de 45% na Susepe e no IGP.

No projeto de Renovação da Frota de Veículos, que objetiva qualificar a frota de veículos operacionais da SSP e vinculadas, proporcionando uma renovação que se traduz em melhoria da infra-estrutura oferecida e a valorização dos servidores da Segurança Pública, a previsão de investimentos é de R$ 74.616.200,00. A meta estabelecida é da incorporação de até 2 mil veículos zero quilômetro a serem distribuídos nos órgãos vinculados da SSP. No projeto de Ampliação de Vagas Prisionais estão previstos recursos de R$ 245 milhões e a meta estabelecida é de geração de 9.500 vagas prisionais, quer através de ações de construção de novos estabelecimentos, quer através de ações de recuperação e ampliação de vagas existentes.

No Recomeçar, hoje também integrado ao Estruturante Nossas Cidades, o objetivo é desenvolver e implantar ações de educação, saúde, capacitação e atividade profissional, esporte e cultura, bem como da sistemática assistência jurídica, psicológica e social, visando a ressocialização do preso. Estão sendo aplicados R$ 3.980.000,00 e as metas estabelecidas prevêem o atendimento de 5 mil apenados e 320 de seus dependentes, sendo que a meta de instalação de Equipes de Saúdes Prisionais, em número de 32, repercutirá no atendimento de saúde para 16 mil detentos.

Já o projeto de Modernização dos Sistemas de Inteligência objetiva buscar o pleno atendimento das demandas do sistema de inteligência de segurança pública, por meio de funcionalidades técnicas e operacionais que atendam as novas necessidades, garantindo a implementação de mecanismos que assegurem a autenticidade, a confidencialidade, a integridade, a disponibilidade e o não repúdio dos conhecimentos produzidos. Neste projeto estão sendo aplicados R$ 28.294.080,30 com as metas estabelecidas prevendo o atendimento das demandas das agências de inteligência e das corregedorias, visando à antecipação aos atos delituosos. Para a ação de Reforma de Prédios da BM e PC o foco está na melhoria da infraestrutura física oferecida, com a valorização dos servidores e a qualificação dos serviços prestados à sociedade gaúcha. Estão previstos investimentos da ordem R$ 40 milhões.

Conferência Estadual antecede debate nacional

Coordenada pelo Secretário-Adjunto da SSP, Rubens Edison Pinto, a Conferência Estadual da Segurança Pública está distribuida em sete eixos temáticos de discussão e segue durante a manhã e tarde de sábado (04), encerrando-se às 13h do domingo (05).

A Conferência gaúcha é a etapa que antecede à 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (Conseg), que acontecerá em Brasília, no período de 27 a 30 de agosto do corrente ano. Os princípios e diretrizes definidos pela Conferência Estadual serão encaminhados para a Conseg e tem como meta mobilizar todos os segmentos sociais, a fim de que, juntos, dêem sua contribuição para um plano mais efetivo ao setor – dentro dos anseios da população e de acordo com a realidade de cada região brasileira.

Ao final da Conseg será definida, ainda, a reestruturação do Conselho Nacional de Segurança Pública (Conasp) – composto em boa parte por gestores do Ministério da Justiça. A mudança visa abrir mais espaço para a participação de representantes das comunidades. A 1ª Conseg inclui etapas municipais (de março a maio) e estaduais (em junho e julho). Maiores informações podem ser obtidas no www.conseg.gov.br .

Dia dos Bombeiro

Secretário Goularte participa de evento alusivo ao Dia do Bombeiro
02/07/2009 13:45

Nesta quinta-feira (02/7), o 1º Comando Regional de Bombeiros realizou festividades para celebrar o Dia do Bombeiro. As comemorações se iniciaram com um café da manhã no Hotel Sheraton, em Porto Alegre, com a presença do secretário da Segurança Pública do Estado, Edson Goularte. Logo após, às 10h, na sede do 1º CRB, na Capital, ocorreu a formatura geral alusiva ao Dia do Bombeiro.

Estiveram presentes, o subcomandante-geral da Brigada Militar, coronel Lauro Binsfeld; o juiz da Justiça Militar do Estado, coronel Paulo Roberto Mendes Rodrigues; o diretor do Departamento de Ensino, coronel Sérgio Pastl; o comandante do Comando dos Bombeiros, coronel Luiz Fernando Puhl; o diretor do Departamento de Logística e Patrimônio, tenente-coronel José Monir Borba; o secretário municipal da Defesa Civil, Léo Antônio Bulling; o capelão da Brigada Militar, padre Jacques Rodrigues; entre outras autoridades civis e militares.

Na formatura, o tenente RR Felipe Lopes Rodrigues e o 2º sargento RR Almiro Armani foram homenageados com a entrega de mimos.

Fonte: Ascom/ BM

Investigação na morte Michael Jackson


Agência Antidrogas se soma à investigação da morte de Michael
Qui, 02 Jul, 02h30



Los Angeles (EUA), 2 jul (EFE).- A Agência Antidrogas Americana (DEA, na sigla em inglês) vai ajudar a Polícia de Los Angeles na investigação da morte de Michael Jackson, informou hoje a imprensa local.

PUBLICIDADE

A participação da DEA reforça a hipótese de que a morte de Michael poderia estar relacionada com o consumo de narcóticos.


A Polícia de Los Angeles requisitou embalagens com medicamentos com prescrição médica da casa do "rei do pop" e, segundo o site sobre celebridades "TMZ", entre os remédios foi encontrada uma forte substância anestésica.


Um dos possíveis efeitos secundários desse medicamento seria uma repentina parada cardíaca, até agora a única explicação da morte do cantor.


Além disso, existe a especulação de que o corpo de Michael Jackson tinha diversas marcas de injeções.


Mas para confirmar essas hipóteses será preciso esperar pelo resultado dos exames toxicológicos realizados, junto com as autópsias do corpo do cantor. EFE

Fonte: Yahoo

Corinthians Campeão


Após título, Ronaldo sugere renovação com Corinthians
02 de Julho de 2009 00:41 77 Recomendações Recomendar Comentar
Motivado pelo título da Copa do Brasil, conquistado na noite desta quarta-feira, Ronaldo já deu mostras de que deve renovar contrato para seguir no Corinthians em 2010, quando o time disputará a Copa Libertadores no ano de seu centenário.


"Temos tudo para seguir nesse caminho. Estou em um grupo fantástico, que me recebeu de braços abertos. A minha volta ao futebol foi fantástica, não poderia imaginar que seria tão boa", afirmou o atacante, que conquistou o seu segundo título pelo time ao empatar com o Internacional, no Beira-Rio.


Com os troféus do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, Ronaldo disse estar satisfeito com seu primeiro semestre no clube. "A emoção é muito grande porque conseguimos o nosso principal objetivo do ano. Esse grupo deu grande demonstração de garra, união e disposição tática. Esse time mereceu essa vitória".


O atacante comemorou o empate por 2 a 2, que garantiu o título ao Corinthians, mas lamentou o tumulto no segundo tempo, que levou à expulsão do meia D'Alessandro. "Foi uma grande final. Um pouco lamentável por causa da provocação. Mas isso não tira o brilho de nossa vitória".
Fonte: Yahoo