Rádio WNews

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Sumak Yawar do Equador em Vacaria RS


Sangue Bom do Equador Faz Show na Praça de Vacaria RS







Sumak Yawar do Equador que chama sangue bom se apresentou no praça Daltro Filho de Vacaria Rs
Confira o video no http://www.youtube.com/jornalnegritude

Ninguém quer Ser Negro no Brasil


'Ninguém quer ser negro no Brasil', diz Milton Gonçalves a jornal

Ator interpreta presidente da república no filme 'Segurança Nacional', que estreia em maio

Do EGO, em São Paulo



Milton Gonçalves e Antonio Pitanga (arquivo) (Foto: Philippe Lima /Ag. News)

O ator Milton Gonçalves, que interpreta Ernesto Dantas, presidente da República negro no filme 'Segurança Nacional', falou sobre preconceito racial em entrevista à "Folha de São Paulo" desta quarta, 7.

Para o ator do longa - com direção de Roberto Carminati e estreia prevista para maio - o preconceito está arraigado no comportamento dos próprios negros. "Ninguém quer ser negro no Brasil, esse é o problema", diz ele.

Sobre a possibilidade de um dia a realidade imitar a ficção e um negro ocupar a presidência do Brasil, Milton ainda é incrédulo. "Se aparecer um, trabalho para ele de graça. Mas vai demorar um pouco. O país tem uma série de preconceitos, dentre eles o racial, que é muito incômodo. Todo mundo diz que tem um avô negro, mas na hora 'h'..."

Para Milton, apesar da diversidade no país, o Brasil é racista, sim. E a mudança nesta visão ainda demora. "Essa questão é profunda. Está na alma escravista brasileira, na disputa de pedacinho de pão, de coisas mínimas. A única salvação, e isso vai demorar, é e-du-ca-ção para todos", afirmou ele.
Fonte: Gazeta Web

News Negro

'Ninguém quer ser negro no Brasil', diz Milton Gonçalves a jornal
Gazeta de Alagoas
O ator Milton Gonçalves, que interpreta Ernesto Dantas, presidente da República negro no filme 'Segurança Nacional', falou sobre preconceito racial em ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Entidades cadastram portadores de anemia falciforme
Jornal Agora
O Conselho Municipal de Desenvolvimento Social e Cultura da Comunidade Negra juntamente com o Sindicato dos Portuários do Rio Grande ea Associação dos ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

África do Sul: negros não têm intenção de agredir brancos
AFP
"Todas as afirmações, segundo as quais a população negra teria a intenção de agredir outros grupos raciais, em particular nossos compatriotas brancos, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Tensão cresce após morte de líder radical sul-africano
Estadão
Terreblanche era um líder radical, condenado por agredir tão violentamente um homem negro que ele ficou com problemas mentais. O assassinato dele trouxe ...
Veja todos os artigos sobre este tópico


Prefeitura e Movimento Negro realizaram aula inaugural
Olhar Direto
O curso é oferecido de graça pela prefeitura de Rondonópolis em parceria com o Movimento Negro. Em 2009, 400 alunos foram matriculados, destes 120 passaram ...
Veja todos os artigos sobre este tópico



|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
HEITOR (((((º_º))))) CARLOS
http://portodoscasa is.blogspot. com/

Sinditestrs

Mensagem original
De: SINDITESTRS < sinditestrs@sinditestrs.org.br >
Para:
Assunto: ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA - 10.04.2010
Enviada: 07/04/2010 17:27

EDITAL DE CONVOCAÇÃO
TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO
Assembléia Geral Extraordinária - dia 10/04/2010 - Sábado

O Sindicato dos Técnicos em Segurança do Trabalho do Estado do Rio Grande do Sul, vêm através do presente edital, de acordo com as disposições estatutárias e legais atinentes, por seu presidente, convocar os integrantes da categoria profissional que trabalham em sua base territorial - Estado do Rio Grande do Sul, exceto o município de Caxias do Sul, para participarem de Assembléia Geral Extraordinária, a ser realizada no seguinte dia e local:

DIA: 10/04/2010 - Sába do
LOCAL: ASERGHC - Associação dos Servidores do Grupo Hospitalar Conceição
ENDEREÇO: Rua Marco Polo 93 - Bairro Cristo Redentor (atrás do Hospital Conceição) - PORTO ALEGRE


Com início às 09:30h em primeira chamada e às 10:00h em segunda e última chamada, para deliberar sobre:

ORDEM DO DIA:
a) Interesse da categoria em revisar total ou parcialmente e/ou fixar normas coletivas de trabalho, através de acordos e/ou convenções coletivas de trabalho ou mesmo de solução judicial;
b) Definição e aprovação da pauta de reivindicações;
c) Concessão de poderes à diretoria da entidade para realizar tratativas negociais com vistas à realização de acordos e/ou convenções coletivas de trabalho;
d) Caso sejam frustradas, no todo ou em parte, as tratativas negociais, concessão de poderes para ajuizamento de dissídios coletivos - revisionais ou originários - perante o Tribunal Regional do Trabalho, com vistas ao deferimento dos pedidos formulados pela categoria;
e) Deliberação acerca da conveniência, ou não, de fixação da contribuição assistencial em favor da entidade e definição de valor;
f) Assuntos gerais.


Porto Alegre, 24 de março de 2010.



Carlos Alberto do Nascimento - Presidente

SINDITESTRS - Cidadania o tempo todo!

Seminário da Saúde


Sossella: seminário resulta em manifesto com reivindicações que beneficiam saúde e meio ambiente



A realização do seminário estadual de saúde e meio ambiente, promovido nesta quarta-feira (7) na Assembleia Legislativa, numa iniciativa da Comissão de Saúde e Meio Ambiente com apoio de diversas entidades, resultou na elaboração de um manifesto que será encaminhado ao Governo Federal, às autoridades do setores de saúde e meio ambiente, e aos candidatos ao cargo do Governo do Estado.



O seminário, coordenado pelo presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente, deputado Gilmar Sossella (PDT), teve duração aproximada de oito horas e debateu temas importantes, entre os quais: a organização da rede de atenção à saúde; os problemas, perspectivas e solução do SUS; Emenda Constitucional 29; PAB estadual e saúde ambiental.



O manifesto aprovado pelos participantes do seminário reúne um conjunto de reivindicações que visa flexibilizar a lei de responsabilidade fiscal, promover a legalidade na contratação de equipes de profissionais de saúde, ampliar o orçamento da saúde, melhorar o atendimento na central de regulação do município de Porto Alegre, regular o serviços especializados do SUS nas macrorregiões, facilitar ao acesso aos serviços de média e alta complexidade, promover a regulamentação da EC 29, incluir a educação ambiental no currículo escolar e promover a saúde ambiental.



O seminário “Saúde do planeta, qualidade de vida do ser humano: construindo o SUS que queremos”, reuniu deputados estaduais e federais, prefeitos, vereadores, secretários municipais, administradores de hospitais, sindicalistas, acadêmicos e usuários do Sistema Único do Saúde.



Na avaliação do presidente Sossella a realização do seminário foi de grande importância, pois debateu solução para problemas que afetam todas as formas de vida do planeta e a qualidade de vida do cidadão.



Veja o teor das reivindicações:



a) Buscar a flexibilização da Lei de Responsabilidade Fiscal em relação a Saúde e Educação para possibilitar a contração de equipes multiprofissionais principalmente ESF, Agentes de Saúde e endemias, a partir da necessidade populacional do município. Que a Saúde e Educação sejam considerados investimentos e não gastos



b) Buscar junto ao Tribunal de Contas do Estado um entendimento em relação as formas de contratação dos agentes comunitários de saúde, ESF, agentes de saúde e endemias, e a legalidade dos processos seletivos



c) Rever a questão das fundações públicas de saúde



d) Formar um grupo de parlamentares, dirigentes de entidades, dirigentes dos conselhos e dirigentes dos poderes constituídos para junto com o governo do estado melhorar o orçamento da saúde



e) Melhorar o atendimento na Central de Regulação do Município de Porto Alegre



f) Implementar com urgência o complexo regulador nas sete macrorregiões de saúde



g) Aprimorar o fluxo e o facilitar o acesso das pessoas a média e alta complexidade



h) Reivindicar para que os demais entes federados (Estado e União), a exemplo do que fazem os municípios, cumpram com os percentuais mínimos definidos na EC 29



i) Sensibilizar o Governo Federal e o Congresso Nacional para concluir o processo de regulamentação da EC 29



j) Implementar o PAB/Estadual



k) Fazer com que a Saúde Ambiental seja pautada nos debates do Fórum Democrático da Assembléia Legislativa, e o tema seja acolhido pela secretaria estadual de Educação e as secretarias municipais de educação, para inclusão no currículo escolar



l) Pautar e divulgar as diretrizes da 1ª Conferência Nacional de Saúde Ambiental





Foto: Walter Fagundes

Prefeitura de Porto Alegre


cidade vista do alto. Imagens do aerolevantamento serão base para mapeamento digital de Porto Alegre


Notícias


A MANCHETE
Cais da Usina será recuperado para receber barcos de turismo
DESTAQUES
Pesquisa revela perfil dos freqüentadores do Brique
Fortunati apresenta melhorias da Capital para a Copa
Aerolevantamento começa em maio
Guarda responsável de animais será ensinada em sala de aula
EVENTOS
Curso capacita para a prevenção ao uso de drogas
Professores debatem línguas estrangeiras
MAIS SERVIÇOS
ITBI reduzido para Sistema Hipotecário e consórcios
Obras do Pisa causam desvios em linhas de ônibus e lotações
Idosos podem cadastrar-se para uso de vagas reservadas na Área Azul
PREVISÃO DO TEMPO
Conheça a previsão para os próximos dias
TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
VEJA PAUTAS PARA AMANHÃ
Confira as atividades da prefeitura previstas para 08 de abril



Notícias da prefeitura na imprensa

Clique nos links abaixo para ter acesso a todas as notícias sobre a prefeitura veiculadas em jornal, TV, rádio e Internet:

Notícias em Jornal Notícias em TV Notícias em Rádio Notícias na Internet




Todas as Notícias

A MANCHETE
Cais da Usina será recuperado para receber barcos de turismo
O antigo porto da Usina do Gasômetro voltará a ser um local adequado para chegadas e partidas de barcos. Segundo projeto da Smov, a região no entorno será reurbanizada, será feito um muro de pedra revestido de concreto, além de atracadouros em concreto pré-moldado. A secretaria publicou hoje edital para contratação dessa obra e de outra, também na orla, que prevê a construção de um trapiche em Ipanema. A estrutura terá 50 metros de comprimento e quatro metros de largura. As ações são resultado de parceria entre a Smov e a Secretaria do Turismo. Leia mais...

DESTAQUES
Pesquisa revela perfil dos freqüentadores do Brique
O levantamento identificará a procedência do público, freqüência ao local, setores mais visitados, pontos fortes e fracos da tradicional feira de artesanato e de antiguidades da cidade. No domingo, 11, começa a aplicação dos questionários por orientadores do Serviço de Atenção ao Turista, que estarão identificados por crachás e camisetas azuis. Os trabalhos seguem nos dias 18 e 25 de abril, e 2 de maio. O resultado servirá de base para a qualificação do espaço como atrativo turístico. Leia mais...


Aerolevantamento começa em maio

Os primeiros voos para o novo mapeamento digital da cidade deverão começar em 50 dias, dependendo das condições climáticas. Hoje, foi assinada a ordem de início do contrato de licitação. O trabalho será feito por um consórcio integrado por empresas de Porto Alegre, Curitiba e São Paulo. Com as informações a serem captadas, as ferramentas de geoprocessamento poderão gerar mapas por assunto, como escolas, postos de saúde, paradas de ônibus, vegetação e hidrografia. O último sobrevoo completo na Capital foi realizado em 1982. Leia mais...


Fortunati apresenta melhorias da Capital para a Copa
As transformações da cidade para o megaevento foram mostradas hoje pelo prefeito José Fortunati no Encontro com Mantenedores, realizado pelo Convention Bureau. Fortunati falou sobre os principais projetos de mobilidade urbana, como a ampliação da Avenida Tronco, duplicação da Beira Rio e Padre Cacique e Portais da Cidade. Na área de saneamento, o prefeito destacou o Socioambiental, que visa a ampliar a capacidade de tratamento de esgotos dos atuais 27% para 77% até 2014. “Estamos qualificando Porto Alegre para este evento. Temos obstáculos e dificuldades, porém vamos vencê-los juntos”, garantiu. Leia mais...

Guarda responsável de animais será ensinada em sala de aula
Os coordenadores pedagógicos da rede municipal participarão amanhã do seminário Uma Educação Humanitária, que abordará temas referentes à guarda responsável dos animais. O evento ocorrerá das 13h30 às 17h30, no auditório da Smed, com a presença do prefeito José Fortunati. Durante o encontro, será lançada a Cartilha da Coordenadoria Multidisciplinar de Políticas Públicas para Animais Domésticos. A publicação busca estimular a inserção de questões ligadas à temática animal em sala de aula. Segundo Fortunati, o material aborda itens que deverão ser trabalhados para sensibilizar e informar os alunos sobre os direitos (morais) dos animais. Leia mais...

EVENTOS
Professores debatem línguas estrangeiras
O 5º Encontro de Professores de Línguas Estrangeiras da Capital vai analisar o resultado das discussões realizadas nos últimos cinco anos a respeito do referencial curricular da área. As primeiras atividades ocorrerão amanhã, das 10h às 14h e das 14h às 18h, no Santander Cultural. "No primeiro semestre, teremos encontros regionalizados e, no segundo, por especificidade da língua", explica Joice Armani Galli, coordenadora do evento. Leia mais...


Curso capacita para a prevenção ao uso de drogas

Podem participar professores da rede pública municipal, em especial da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Denominado "Crack nem pensar. Juventude Ligada na vida", o curso busca preparar os professores para combater o uso do crack que está chegando às salas de aula. "O combate deve começar na escola", diz o secretário muncipal da Juventude, Alexandre Rambo. Os encontros ocorrem às sextas-feiras a partir de 9 de abril, das 19h às 22h, em quatro escolas do município. Leia mais...
MAIS SERVIÇOS
ITBI reduzido para Sistema Hipotecário e consórcios


Quem adquirir imóveis com financiamento pelo Sistema Hipotecário ou consórcios passa a ser beneficiado com a alíquota de 0,5% para o Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis, em vez dos 3% cobrados anteriormente. Já a isenção do tributo, na primeira aquisição, passa a valer para todos os imóveis destinados a famílias de baixa renda construídos por meio de programas governamentais. Leia mais...

Idosos podem cadastrar-se para uso de vagas reservadas na Área Azul

Sinalizadas com placas e pinturas na via, 5% das vagas nos estacionamentos da Área Azul da Capital foram reservadas a condutores com mais de 60 anos. Esse público já pode fazer o cadastramento para obter a carteira que garante o benefício. As inscrições devem ser feitas no Atendimento ao Cidadão da EPTC, que fica na Av. Ipiranga, 1.138. A carteira, no entanto, não isenta do pagamento, que só é garantida a deficientes físicos credenciados pela Secretaria de Acessibilidade. Leia mais...

Obras do Pisa causam desvios em linhas de ônibus e lotações
Devido a obras de rede de esgoto sanitário do Projeto Socioambiental (Pisa), foi interrompido hoje o trânsito na rua Florinha, entre a av. Cavalhada e a rua Campos Velho, e na rua Canela/Arroio Grande, entre a rua Gaurama e a av. Otto Niemeyer. Os bloqueios ocorrem até 7 de maio, das 9h às 17h. Confira os desvios para os veículos, ônibus e lotações

PREVISÃO DO TEMPO
Conheça a previsão para os próximos dias
Clique aqui

TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
Clique aqui

VEJA PAUTAS PARA AMANHÃ
Confira as atividades da prefeitura previstas para 08 de abril
Clique aqui




Editado pela Supervisão de Comunicação Social
E-mail - Telefones (51)3289.3900 / (51)3289.3932 / (51)3289.3926
Newsletter desenvolvida pela PROCEMPA.

Jantar 101 anos do Inter


Imprensa: credenciamento para jantar dos 101 anos do Inter
--------------------------------------------------------------------------------


O Internacional completou 101 anos de história no último domingo (04/04) e a festividade de aniversário promete ser eletrizante. A Comissão Organizadora informa que o festejo do Clube ocorrerá no próximo dia 09 de abril.

Neste dia 9 de abril o Sport Club Internacional comemora seu aniversário de 101 anos, completados no último dia 4, em grande jantar no Complexo Beira-Rio. A cerimônia ocorrerá no Centro de Eventos Pres. Arthur Dallegrave, a partir das 20h30. O credenciamento exclusivo para a imprensa deve ser realizado por meio do e-mail credenciamento@internacional.com.br até esta sexta-feira (09/04), às 14h. Os sócios já podem comprar seu ingresso, clique aqui e saiba mais!

As credenciais serão entregues a partir das 20h no próprio Centro de Eventos.

SERVIÇO:
O quê: Credenciamento
Evento: Jantar de aniversário de 101 anos do S.C. Internacional
Prazo: até sexta-feira (09/04), 14h
Email: credenciamento@internacional.com.br
Entrega de credenciais: sexta-feira (09/04), a partir das 20h.

Os Dez Mandamentos

Os Dez Mandamentos
Os Mandamentos abaixo elencados têm um denominador comum: todos já foram experimentados e estão sendo aplicados em diversas regiões do mundo, setores ou instâncias de atividade. São iniciativas que deram certo, e cuja generalização, com as devidas adaptações e flexibilidade em função da diversidade planetária, é hoje viável. O artigo é de Ladislau Dowbor, economista, professor na PUC-SP. em artigo publicado pela Carta Maior, 07-04-2010.

Eis o artigo.

Como sociedade, desejamos não somente sobreviver, mas viver com qualidade de vida, e porque não, com felicidade. E isto implica elencarmos de forma ordenada os resultados mínimos a serem atingidos, com os processos decisórios correspondentes. Os Mandamentos abaixo elencados têm um denominador comum: todos já foram experimentados e estão sendo aplicados em diversas regiões do mundo, setores ou instâncias de atividade. São iniciativas que deram certo, e cuja generalização, com as devidas adaptações e flexibilidade em função da diversidade planetária, é hoje viável. Não temos a ilusão relativamente à distância entre a realidade política de hoje e as medidas sistematizadas abaixo. Mas pareceu-nos essencial, de toda forma, elencar de forma organizada as medidas necessárias, pois ter um norte mais claro ajuda na construção de uma outra governança planetária. Não estão ordenadas por ordem de importância, pois a maioria tem implicações simultâneas e dimensões interativas. Mas todos os mandamentos deverão ser obedecidos, pois a ira dos elementos nos atingirá a todos, sem precisar esperar a outra vida.

Considerando que a obediência à versão original dos Dez Mandamentos foi apenas aleatória, desta vez o Autor teve a prudência de acrescentar a cada Mandamento uma nota de explicação, destinada em particular aos impenitentes.

I – Não comprarás os Representantes do Povo

Resgatar a dimensão pública do Estado: Como podemos ter mecanismos reguladores que funcionem se é o dinheiro das corporações a regular que elege os reguladores? Se as agências que avaliam risco são pagas por quem cria o risco? Se é aceitável que os responsáveis de um banco central venham das empresas que precisam ser reguladas, e voltem para nelas encontrar emprego?

Uma das propostas mais evidentes da última crise financeira, e que encontramos mencionada em quase todo o espectro político, é a necessidade de se reduzir a capacidade das corporações privadas ditarem as regras do jogo. A quantidade de leis aprovadas no sentido de reduzir impostos sobre transações financeiras, de reduzir a regulação de banco central, de autorizar os bancos a fazerem toda e qualquer operação, somado com o poder dos lobbies financeiros tornam evidente a necessidade de se resgatar o poder regulador do estado, e para isto os políticos devem ser eleitos por pessoas de verdade, e não por pessoas jurídicas, que constituem ficções em termos de direitos humanos. Enquanto não tivermos financiamento público das campanhas, políticas que representem os interesses dos cidadãos, prevalecerão os interesses econômicos de curto prazo, os desastres ambientais e a corrupção.

II – Não Farás Contas erradas

As contas têm de refletir os objetivos que visamos. O PIB indica a intensidade do uso do aparelho produtivo, mas não nos indica a utilidade do que se produz, para quem, e com que custos para o estoque de bens naturais de que o planeta dispõe. Conta como aumento do PIB um desastre ambiental, o aumento de doenças, o cerceamento de acesso a bens livres. O IDH já foi um imenso avanço, mas temos de evoluir para uma contabilidade integrada dos resultados efetivos dos nossos esforços, e particularmente da alocação de recursos financeiros, em função de um desenvolvimento que não seja apenas economicamente viável, mas também socialmente justo e ambientalmente sustentável. As metodologias existem, aplicadas parcialmente em diversos países, setores ou pesquisas.

A ampliação dos indicadores internacionais como o IDH, a generalização de indicadores nacionais como os Calvert-Henderson Quality of Life Indicators nos Estados Unidos, as propostas da Comissão Stiglitz/Sen/Fitoussi, o movimento FIB – Felicidade Interna Bruta – todos apontam para uma reformulação das contas. A adoção em todas as cidades de indicadores locais de qualidade de vida – veja-se os Jacksonville Quality of Life Progress Indicators – tornou-se hoje indispensável para que seja medido o que efetivamente interessa: o desenvolvimento sustentável, o resultado em termos de qualidade de vida da população. Muito mais do que o produto (output), trata-se de medir o resultado (outcome).

III – Não Reduzirás o Próximo à Miséria

Algumas coisas não podem faltar a ninguém. A pobreza crítica é o drama maior, tanto pelo sofrimento que causa em si, como pela articulação com os dramas ambientais, o não acesso ao conhecimento, a deformação do perfil de produção que se desinteressa das necessidades dos que não têm capacidade aquisitiva. A ONU calcula que custaria 300 bilhões de dólares (no valor do ano 2000) tirar da miséria um bilhão de pessoas que vivem com menos de um dólar por dia. São custos ridículos quando se considera os trilhões transferidos para grupos econômicos financeiros no quadro da última crise financeira. O benefício ético é imenso, pois é inaceitável morrerem de causas ridículas 10 milhões de crianças por ano. O benefício de curto e médio prazo é grande, na medida em que os recursos direcionados à base da pirâmide dinamizam imediatamente a micro e pequena produção, agindo como processo anticíclico, como se tem constatado nas políticas sociais de muitos países. No mais longo prazo, será uma geração de crianças que terão sido alimentadas decentemente, o que se transforma em melhor aproveitamento escolar e maior produtividade na vida adulta. Em termos de estabilidade política e de segurança geral, os impactos são óbvios. Trata-se do dinheiro mais bem investido que se possa imaginar, e as experiências brasileira, mexicana e de outros países já nos forneceram todo o know-how correspondente. A teoria tão popular de que o pobre se acomoda se receber ajuda, é simplesmente desmentida pelos fatos: sair da miséria estimula, e o dinheiro é simplesmente mais útil onde é mais necessário.

IV – Não Privarás Ninguém do Direito de Ganhar o seu Pão

Universalizar a garantia do emprego é viável. Toda pessoa que queira ganhar o pão da sua família deve poder ter acesso ao trabalho. Num planeta onde há um mundo de coisas a fazer, inclusive para resgatar o meio ambiente, é absurdo o número de pessoas sem acesso a formas organizadas de produzir e gerar renda. Temos os recursos e os conhecimentos técnicos e organizacionais para assegurar, em cada vila ou cidade, acesso a um trabalho decente e socialmente útil. As experiências de Maharashtra na Índia demonstraram a sua viabilidade, como o mostram as numerosas experiências brasileiras, sem falar no New Deal da crise dos anos 1930. São opções onde todos ganham: o município melhora o saneamento básico, a moradia, a manutenção urbana, a policultura alimentar. As famílias passam a poder viver decentemente, e a sociedade passa a ser melhor estruturada e menos tensionada. Os gastos com seguro-desemprego se reduzem. No caso indiano, cada vila ou cidade é obrigada a ter um cadastro de iniciativas intensivas em mão de obra.

Dinheiro emprestado ou criado desta forma representa investimento, melhoria de qualidade de vida, e dá excelente retorno. E argumento fundamental: assegura que todos tenham o seu lugar para participar na construção de um desenvolvimento sustentável. Na organização econômica, além do resultado produtivo, é essencial pensar no processo estruturador ou desestruturador gerado. A pesca oceânica industrial pode ser mais produtiva em volume de peixe, mas o processo é desastroso, tanto para a vida no mar como para centenas de milhões de pessoas que viviam da pesca tradicional. A dimensão de geração de emprego de todas as iniciativas econômicas tem de se tornar central. Assegurar a contribuição produtiva de todos, ao mesmo tempo que se augmenta gradualmente o salário mínimo e se reduz a jornada, leva simplesmente a uma prosperidade mais democrática.

V – Não Trabalharás Mais de Quarenta Horas

Podemos trabalhar menos, e trabalharemos todos, com tempo para fazermos mais coisas interessantes na vida. A sub-utilização da força de trabalho é um problema planetário, ainda que desigual na sua gravidade. No Brasil, conforme vimos, com 100 milhões de pessoas na PEA, temos 31 milhões formalmente empregadas no setor privado, e 9 milhões de empregados públicos. A conta não fecha. O setor informal situa-se na ordem de 50% da PEA. Uma imensa parte da nação “se vira” para sobreviver. No lado dos empregos de ponta, as pessoas não vivem por excesso de carga de trabalho. Não se trata aqui de uma exigência de luxo: são incontáveis os suicídios nas empresas onde a corrida pela eficiência se tornou simplesmente desumana. O stress profissional está se tornando uma doença planetária, e a questão da qualidade de vida no trabalho passa a ocupar um espaço central. A redistribuição social da carga de trabalho torna-se hoje uma necessidade. As resistências são compreensíveis, mas a realidade é que com os avanços da tecnologia os processos produtivos tornam-se cada vez menos intensivos em mão de obra, e reduzir a jornada é uma questão de tempo. Não podemos continuar a basear o nosso desenvolvimento em ilhas tecnológicas ultramodernas enquanto se gera uma massa de excluídos, inclusive porque se trata de equilibrar a remuneração e, consequentemente, a demanda. A redução da jornada não reduzirá o bem estar ou a riqueza da população, e sim a deslocará para novos setores mais centrados no uso do tempo livre, com mais atividades de cultura e lazer. Não precisamos necessariamente de mais carros e de mais bonecas Barbie, precisamos sim de mais qualidade de vida.

VI – Não Viverás para o Dinheiro

A mudança de comportamento, de estilo de vida, não constitui um sacrifício, e sim um resgate do bom senso. Neste planeta de 7 bilhões de habitantes, com um aumento anual da ordem de 75 milhões, toda política envolve também uma mudança de comportamento individual e da cultura do consumo. O respeito às normas ambientais, a moderação do consumo, o cuidado no endividamento, o uso inteligente dos meios de transporte, a generalização da reciclagem, a redução do desperdício – há um conjunto de formas de organização do nosso cotidiano que passa por uma mudança de valores e de atitudes frente aos desafios econômicos, sociais e ambientais.

No apagão energético do final dos anos 90 no Brasil, constatou-se como uma boa campanha informativa, o papel colaborativo da mídia, e a punição sistemática dos excessos permitiu uma racionalização generalizada do uso doméstico da energia. Esta dimensão da solução dos problemas é essencial, e envolve tanto uma legislação adequada, como sobretudo uma participação ativa da mídia.

Hoje 95% dos domicílios no Brasil têm televisão, e o uso informativo inteligente deste e de outros meios de comunicação tornou-se fundamental. Frente aos esforços necessários para reequilibrar o planeta, não basta reduzir o martelamento publicitário que apela para o consumismo desenfreado, é preciso generalizar as dimensões informativas dos meios de comunicação. A mídia científica praticamente desapareceu, os noticiários navegam no atrativo da criminalidade, quando precisamos vitalmente de uma população informada sobre os desafios reais que enfrentamos. A pergunta a se fazer a cada ato de conusmo, não é só se “é bom para mim”, mas se é bem para o planeta e o bem comum, e buscar um equilíbrio razoável. A opção individual é essencial, mas não suficiente.

Grande parte da mudança do comportamento individual depende de ações públicas: as pessoas não deixarão o carro em casa (ou deixarão de tê-lo) se não houver transporte público, não farão reciclagem se não houver sistemas adequados de coleta. Precisamos de uma política pública de mudança do comportamento individual.

VII – Não Ganharás Dinheiro com o Dinheiro dos Outros

Racionalizar os sistemas de intermediação financeira é viável. A alocação final dos recursos financeiros deixou de ser organizada em função dos usos finais de estímulo e orientação de atividades econômicas e sociais, para obedecer às finalidades dos próprios intermediários financeiros. A atividade de crédito é sempre uma atividade pública, seja no quadro das instituições públicas, seja no quadro dos bancos privados que trabalham com dinheiro do público, e que para tanto precisam de uma carta-patente que os autorize a ganhar dinheiro com dinheiro dos outros. A recente crise financeira de 2008 demonstrou com clareza o caos que gera a ausência de mecanismos confiáveis de regulação no setor. Nas últimas duas décadas, temos saltado de bolha em bolha, de crise em crise, sem que a relação de forças permita a reformulação do sistema de regulação em função da produtividade sistêmica dos recursos. Enquanto não se gera uma relação de forças mais favorável, precisamos batalhar os sistemas nacionais de regulação financeira. O dinheiro não é mais produtivo onde rende mais para o intermediário: devemos buscar a produtividade sistêmica de um recurso que é público.

A Coréia do Sul abriu recentemente um financiamento de 36 bilhões de dólares para financiar transporte coletivo e alternativas energéticas, gerando com isto 960 mil empregos. O impacto positivo é ambiental pela redução de emissões, é anti-cíclico pela dinamização da demanda, é social pela redução do desemprego e pela renda gerada, é tecnológico pelas inovações que gera nos processos produtivos mais limpos. Tem inclusive um impacto raramente considerado, que é a redução do tempo vida que as pessoas desperdiçam no transporte. Trata-se aqui, evidentemente, de financiamento público, pois os bancos comerciais não teriam esta preocupação, nem esta visão sistêmica. (UNEP,Global Green New Deal, 2009). Em última instância, os recursos devem ser tornados mais acessíveis segundo que os objetivos do seu uso sejam mais produtivos em termos sistêmicos, visando um desenvolvimento mais inclusivo e mais sustentável. A intermediação financeira é um meio, não é um fim.

Particular atenção precisa ser dada aos intermediários que ganham apenas nos fluxos entre outros intermediários – com papéis que representam direitos sobre outros papéis – e que têm tudo a ganhar com a maximização dos fluxos, pois são remunerados por comissões sobre o volume e ganhos, e geram portanto volatilidade e pro-ciclicidade, com os monumentais volumes que nos levaram por exemplo a valores em derivativos da ordem de 863 trilhões de dólares em junho de 2008, 15 vezes o PIB mundial. A intermediação especulativa – diferentemente das intermediação de compras e vendas entre produtores e utilizadores finais – apenas gera uma pirâmide especulativa e insegurança, além de desorganizar os mercados e as políticas econômicas (1).

VIII – Não Tributarás Boas Iniciativas

A filosofia do imposto, de quem se cobra, e a quem se aloca, precisa ser revista. Uma política tributária equilibrada na cobrança, e reorientada na aplicação dos recursos, constitui um dos instrumentos fundamentais de que dispomos, sobretudo porque pode ser promovida por mecanismos democráticos. O eixo central não está na redução dos impostos, e sim na cobrança socialmente mais justa e na alocação mais produtiva em termos sociais e ambientais. A taxação das transações especulativas (nacionais ou internacionais) deverá gerar fundos para financiar uma série de políticas essenciais para o reequilíbrio social e ambiental. O imposto sobre grandes fortunas é hoje essencial para reduzir o poder político das dinastias econômicas (10% das famílias do planeta é dono de 90% do patrimônio familiar acumulado no planeta). O imposto sobre a herança é fundamental para dar chances a partilhas mais equilibradas para as sucessivas gerações. O imposto sobre a renda deve adquirir mais peso relativamente aos impostos indiretos, com alíquotas que permitam efetivamente redistribuir a renda. É importante lembrar que as grandes fortunas do planeta em geral estão vinculadas não a um acréscimo de capacidades produtivas do planeta, e sim à aquisição maior de empresas por um só grupo, gerando uma pirâmide cada vez mais instável e menos governável de propriedades cruzadas, impérios onde a grande luta é pelo controle do poder financeiro, político e midiático, e a apropriação de recursos naturais.

O sistema tributário tem de ser reformulado no sentido anti-cíclico, privilegiando atividades produtivas e penalizando as especulativas; no sentido do maior equilíbrio social ao ser fortemente progressivo; e no sentido de proteção ambiental ao taxar emissões tóxicas ou geradoras de mudança climática, bem como o uso de recursos naturais não renováveis (2).

O poder redistributivo do Estado é grande, tanto pelas políticas que executa – por exemplo as políticas de saúde, lazer, saneamento e outras infra-estruturas sociais que melhoram o nível de consumo coletivo – como pelas que pode fomentar, como opções energéticas, inclusão digital e assim por diante. Fundamental também é a política redistributiva que envolve política salarial, de previdência, de crédito, de preços, de emprego.

A forte presença das corporações junto ao poder político constitui um dos entraves principais ao equilíbrio na alocação de recursos. O essencial é assegurar que todas as propostas de alocação de recursos sejam analisadas pelo triplo enfoque econômico, social e ambiental. No caso brasileiro, constatou-se com as recentes políticas sociais (“Bolsa-Família”, políticas de previdência etc.) que volumes relativamente limitados de recursos, quando chegam à “base da pirâmide”, são incomparavelmente mais produtivos, tanto em termos de redução de situações críticas e consequente aumento de qualidade de vida, como pela dinamização de atividades econômicas induzidas pela demanda local. A democratização aqui é fundamental. A apropriação dos mecanismos decisórios sobre a alocação de recursos públicos está no centro dos processos de corrupção, envolvendo as grandes bancadas corporativas, por sua vez ancoradas no financiamento privado das campanhas.

IX – Não Privarás o Próximo do Direito ao Conhecimento

Travar o acesso ao conhecimento e às tecnologias sustentáveis não faz o mínimo sentido. A participação efetiva das populações nos processos de desenvolvimento sustentável envolve um denso sistema de acesso público e gratuito à informação necessária. A conectividade planetária que as novas tecnologias permitem constitui uma ampla via de acesso direto. O custo-benefício da inclusão digital generalizada é simplesmente imbatível, pois é um programa que desonera as instâncias administrativas superiores, na medida em que as comunidades com acesso à informação se tornam sujeitos do seu próprio desenvolvimento. A rapidez da apropriação deste tipo de tecnologia até nas regiões mais pobres se constata na propagação do celular, das lan houses mais modestas. O impacto produtivo é imenso para os pequenos produtores que passam a ter acesso direto a diversos mercados tanto de insumos como de venda, escapando aos diversos sistemas de atravessadores comerciais e financeiros. A inclusão digital generalizada é um destravador potente do conjunto do processo de mudança que hoje se torna indispensável.

O mundo frequentemente esquece que 2 bilhões de pessoas ainda cozinham com lenha, área em que há inovações significativas no aproveitamento calórico por meio de fogões melhorados. Tecnologias como o sistema de cisternas do Nordeste, de aproveitamento da biomassa, de sistemas menos agressivos de proteção dos cultivos etc., constituem um vetor de mudança da cultura dos processos produtivos. A criação de redes de núcleos de fomento tecnológico online, com ampla capilaridade, pode se inspirar da experiência da Índia, onde foram criados núcleos em praticamente todas as vilas do país. O World Economic and Social Survey 2009 é particularmente eloquente ao defender a flexibilização de patentes no sentido de assegurar ao conjunto da população mundial o acesso às informações indispensáveis para as mudanças tecnológicas exigidas por um desenvolvimento sustentável.

X – Não Controlarás a Palavra do Próximo

Democratizar a comunicação tornou-se essencial. A comunicação é uma das áreas que mais explodiu em termos de peso relativo nas transformações da sociedade. Estamos em permanência cercados de mensagens. As nossas crianças passam horas submetidas à publicidade ostensiva ou disfarçada. A indústria da comunicação, com sua fantástica concentração internacional e nacional - e a sua crescente interação entre os dois níveis - gerou uma máquina de fabricar estilos de vida, um consumismo obsessivo que reforça o elitismo, as desigualdades, o desperdício de recursos como símbolo de sucesso. O sistema circular permite que os custos sejam embutidos nos preços dos produtos que nos incitam a comprar, e ficamos envoltos em um cacarejo permanente de mensagens idiotas pagas do nosso bolso. Mais recentemente, a corporação utiliza este caminho para falar bem de si, para se apresentar como sustentável e, de forma mais ampla, como boa pessoa. O espectro eletromagnético em que estas mensagens navegam é público, e o acesso a uma informação inteligente e gratuita para todo o planeta, é simplesmente viável. Expandindo gradualmente as inúmeras formas alternativas de mídia que surgem por toda parte, há como introduzir uma cultura nova, outras visões de mundo, cultura diversificada e não pasteurizada, pluralismo em vez de fundamentalismos religiosos ou comerciais.

O fato que mais inspira esperança é a multiplicação impressionante de iniciativas nos planos da tecnologia, dos sistemas de gestão local, do uso da internet para democratizar o conhecimento, da descoberta de novas formas de produção menos agressivas, de formas mais equilibradas de acesso aos recursos. O Brasil neste plano tem mostrado que começar a construir uma vida mais digna para o “andar de baixo”, para os dois terços de excluídos, não gera tragédias para os ricos. Inclusive, numa sociedade mais equilibrada, todos passarão a viver melhor. Tolerar um mundo onde um bilhão de pessoas passam fome, onde 10 milhões de crianças morrem anualmente de causas ridículas, e onde se dilapidam os recursos naturais das próximas gerações, em proveito de fortunas irresponsáveis, já não é possível.

Nesta época interativa, o Altíssimo declarou-se disposto a considerar outros Mandamentos. Sendo o Secretariado do Altíssimo hoje bem equipado, os que por acaso tenham sugestões ou necessitem consultar documentos mais completos, poderão se instruir com outros Assessores, em linha direta sob www.criseoportunidade.wordpress.com. Críticas, naturalmente, deverão ser endereçadas a Instâncias Superiores. Apreciações positivas e sugestões de outros Mandamentos poderão ser enviadas ao blog acima citado, ou no e-mail ladislau@dowbor.org

Notas:

(1) BIS Quarterly Review, December 2008, Naohiko Baba et al., www.bis.org/publ/qtrpdf/r_qt0812b.pdf p. 26: “In November, the BIS released the latest statistics based on positions as at end-june 2008 in the global over-the-counter (OTC) derivatives markets. The notional amounts outstanding of OTC derivatives continued to expand in the first half of 2008. Notional amounts of all types of OTC contracts stood at $863 trillion at the end of June, 21% higher than six months before”. São 863 trilhões de dólares de derivativos emitidos, frente a um PÌB mundial de cerca de 60 trilhões.

(2) Susan George traz uma ilustração convincente: um bilionário que aplica o seu dinheiro com uma conservadora remuneração de 5% ao ano, aumenta a sua fortuna em 137 mil dólares por dia. Taxar este tipo de ganhos não é “aumentar os impostos”, é corrigir absurdos.

Editorial de Opinião

* Essa semana foi uma semana complicada, até discriminação social contra uma moça que varre a rua em nossa cidade aconteceu. Uma pessoa conhecida o Possamai que foi filiado ao PT e jogou futsal em nossa cidade faleceu ontem de uma enfermidade grave. Um rapaz conhecido uma pessoa alegre e calma foi assassinado próximo a Estação Rodoviária de Vacaria. A nossa cidade está violenta, intolerante, tudo é motivo para brigar e agressões físicas a até levar a morte uma pessoa, marginais que deveriam estar numa jaula no Presidio estão soltos pondo em risco a vida das pessoas de bem de Vacaria. Infelizmente a legislação brasileira é frouxa e advogados mau caráter que defendem bandidos encontram brechas nas leis. Precisamos debater e refletir a sociedade vacariana.
Paulo Furtado
Editor
http://www.twitter.com/jornalnegritude

Pelotas Elimina o Grêmio



09 de abril de 2010 | N° 16300AlertaVoltar para a edição de hojeGRÊMIO
Pelotas elimina o Grêmio
O favoritismo escancarado fez mal ao Grêmio. Com uma apatia que lembrou suas primeiras partidas no Gauchão, o time viu desmonorar ontem, na derrota por 2 a 1 para o Pelotas, uma invencibilidade de 51 jogos no Estádio Olímpico. A pior consequência, no entanto, foi a queda nas quartas de final da Taça Fábio Koff.

Vencedor do primeiro turno, terá agora que aguardar por seu adversário na decisão do Gauchão, dias 25 de abril e 2 de maio.

Desde o início do jogo, faltou concentração ao Grêmio. O time errou passes em demasia e não teve a mesma vibração de outras partidas. Silas foi o primeiro a perceber isso. Quando Edilson errou uma virada de jogo e seu passe saiu pela lateral, o técnico abriu os braços, esbravejou, e cobrou maior seriedade.

As primeiras chances para marcar foram do Pelotas. Aos 12 minutos, Alex Dias chegou atrasado em cruzamento de Maicon Sapucaia. Aos 31, Tiago Duarte cruzou do lado direito e Bruno Salvador errou em bola. Nos dois lances, a zaga já estava vencida.

A estratégia de Beto Almeida funcionava. Jucemar e Gavião, projetados no campo do Grêmio, impediam os avanços de Willian Magrão e Douglas e retiravam a criatividade do time. O experiente Maurinho aproveitava os espaços vazios para investir pelo lado direito e criar situações de perigo. Na única resposta do Grêmio, Fábio Santos errou em bola, dentro da área.

A impaciência da torcida se traduzia em vaias a Edilson e Ferdinando, em cenas que lembravam os primeiros jogos do time no Gauchão.

Pouco a pouco, a falta de qualidade passou a ser compensada por uma maior aplicação. Isso resultou um leve crescimento do Grêmio em campo.

Aos 43 minutos, a arbitragem deixou de marcar pênalti de Jonathas Costa sobre Jonas. Já nos acréscimos, após um bate boca de Jonas com os zagueiros, Bergson cruzou rasteiro e Maylson, sem marcação, fez 1 a 0. Foi seu nono gol na temporada. O Pelotas protestou, alegando toque de Bergson no início do lance.

– Tivemos um segundo de desconcentração e tomamos o gol – lamentou Beto Almeida.

A apatia do Grêmio prosseguiu no segundo tempo. O time demorou 13 minutos para criar sua primeira situação de gol, em cabeceio de Jonas. Para piorar, sofreu o empate, em pênalti inexplicável cometido por Victor e convertido por Tiago Duarte, numa cobrança com paradinha que enganou o goleiro.

Aos 33 minutos, novo pênalti, desta vez de Mário Fernandes sobre Clodoaldo. Tiago Duarte, desta vez sem paradinha, acertou de novo a cobrança e colocou o Pelotas na semifinal contra o São José.

– Pegou na perna dele, foi pênalti – confessou o zagueiro Mário Fernandes, desautorizando as reclamações dos demais jogadores contra a arbitragem.

Para completar uma noite ruim, Douglas chutou a bola sobre o auxiliar João Lúcio Júnior e foi expulso. Cumprirá suspensão no primeiro jogo da final do Gauchão.

ZEROHORA.COM

> Confira a cobertura completa de Grêmio x Pelotas

luis.benfica@zerohora.com.br


LUÍS HENRIQUE BENFICA
Fonte: Zero Hora

Tragédia no Rio de Janeiro


TRAGÉDIA NO RIO
Dramas sob a lama e o lixo
Os relatos de quem sofreu com o rio de terra, água e detritos que deslizou em Niterói e deixou rastro de 200 desaparecidosUma cicatriz barrenta escalavrada no morro esperava ontem à tarde pelo confeiteiro Jorge Luís da Silva, 29 anos. Ele viera às pressas, alarmado pelas notícias. Deparou com a pasta mole das toneladas de lama que havia escorrido encosta abaixo. Engolidos por ela, casas, igreja, creche, restaurantes, estabelecimentos comerciais e os corpos de cerca de 200 moradores – entre eles, o de sua filha Taiane, 13 anos.

– Ela estava cheia de sonhos. Agora, está debaixo do lixo – desesperou-se.

Taiane morreu com a mãe, a avó e mais três familiares no Morro do Bumba, a montanha de lixo que explodiu e desabou em Niterói na noite de quarta-feira, sepultando em detritos uma comunidade inteira e adicionando uma tragédia ainda maior à tragédia das águas que o Rio de Janeiro já vivia. Até a noite de ontem, a contabilidade oficial no Estado era de 179 mortes, 105 delas em Niterói.

O deslizamento mais mortal dos muitos que ocorreram desde a terça-feira, quando os fluminenses começaram a viver a maior chuva da sua história, foi também o mais previsível. O Bumba era uma bomba. Aterro sanitário entre 1970 e 1985, recebeu toneladas de lixo em seu platô, que elevaram em alguns metros a sua altitude. Foi sobre esse terreno insalubre e frágil que mais de uma centena da famílias construiu suas casas, suas vidas – e também suas mortes. Ignorados, bolsões de gás metano gerados pela decomposição da imundície escondiam-se alguns centímetros abaixo das ruas. Na noite de quarta, quando o solo frágil começou a ceder por causa da chuva, o gás escapou e provocou explosões. As explosões serviram de combustível para o processo de desabamento, que engolfou cerca de 50 casas.

– Trata-se de um terreno insalubre que nunca deveria ter sido ocupado – afirmou a secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos.

Entre as centenas de sobreviventes que passaram o dia no morro à espera de alguma notícia sobre parentes soterrados, a estudante Gisele Barbosa, 27 anos, recordava os momento de terror da véspera. Ela estava dentro de casa com o filho de quatro anos quando o marido chegou, gritando que havia uma avalancha. Ele ouviu um estrondo e conseguiu avistar uma onda de barro rolando desde o alto. Pulou uma escada com o filho e correu pela rua, enquanto as casas ao redor desapareciam.

– Parecia um filme de terror. As pessoas começavam a gritar e, em instantes, eram levadas pela terra. Gritavam, morriam. Gritavam, morriam.

Cerca de 300 bombeiros, policiais militares, operadores de máquinas e agentes da Força Nacional passaram a madrugada e o dia garimpando os moradores, agora silentes e irreconhecíveis, sob a lama e o lixo. Até o final do dia, algumas vezes debaixo de chuva forte, haviam localizado apenas 15 corpos: cinco mulheres, seis homens, uma criança e três não identificados. O governador Sérgio Cabral afirmou que essa contabilidade dolorosa deve se estender por duas semanas, tempo que será necessário para resgatar todos os cadáveres do meio das toneladas de lama. O trabalho será ininterrupto – à noite, ocorrerá com o auxílio de canhões de luz. Será um esforço sem compensações. Não há esperança de encontrar sobreviventes.

– Nós, bombeiros militares, dizemos sempre que trabalhamos pensando que vamos encontrar pessoas vivas. Mas nesta situação é difícil. Não há a menor condição das pessoas saírem com facilidade. Temos muito pouca esperança – avisou já no começo do dia o subcomandante do Corpo de Bombeiros, coronel José Paulo Miranda.

Apesar da inutilidade da esperança, a moradora Aline Carvalho, 28 anos, não resistiu quando o corpo de sua cunhada apareceu entre os que foram encontrados pelo bombeiros. Passou mal e teve de ser socorrida. Perto dela, Therezinha Maria Teixeira, de 65 anos, fazia vigília pelo sobrinho de cinco anos desaparecido, esperando o milagre.

– Enquanto há vida, há esperança. É difícil, mas não é impossível encontrá-lo com vida – dizia.

Na segunda-feira, 48 horas antes da catástrofe, duas casas já haviam desabado no morro após um deslizamento. Cinco pessoas morreram, e a Defesa Civil pediu a moradores das imediações para deixar seus lares por causa do perigo. Em consequência, pelo menos 30 resolveram procurar hospedagem em um lugar que imaginavam seguro: a casa de vizinhos no alto do morro.

Agora estão no meio do barro.



Multimídia

Grêmio Perde para o Pelotas


Mário Fernandes confessa que cometeu pênalti
9 de abril de 2010 | Categorias: 1



Eu já tinha escrito que um erro de arbitragem tirara o Grêmio da decisão quando Mário Fernandes, na Gaúcha, confirmou que cometeu o pênalti que eu juraria não ter acontecido. Só restou-me a tarefa de reescrever o texto, registrando a surpreendente confissão do zagueiro. Fato incontestável foi a fraca atuação do Grêmio. Poucas vezes o time errou tantos passes. Douglas teve a sua pior atuação com a camisa do Grêmio. Culminou a péssina jornada com a sua expulsão.Desta vez, Silas também pecou quando substituiu Maylson, sempre uma chance de gol, para colocar o improdutivo Leandro. Por fim, não se deve esquecer a qualidade do Pelotas e, principalmente, a inteligente orientação de Beto Almeida. Acabou a invencibilidade no Olímpico. Está dando tudo certo para o Inter.

Videoteca

É o endereço abaixo não é um filme; é uma videoteca que estou organizando, que já tem vários filmes para acesso.
http://videotecavir tualbnm.blip. tv/

Armazém Memória - Videoteca Virtual Brasil Nunca Mais.

O Armazém Memória através da Videoteca Virtual busca agregar ao Centro de Referência Virtual Brasil Nunca Mais a memória dos registros em vídeo dispersas em nosso país, como parte importante nos processos de educação para a cidadania e para a cultura do NUNCA MAIS no Brasil.

Um dos eixos da formação da sociedade se dá pela troca de experiência entre as gerações e os documentários reunidos cumprem o papel de facilitar este diálogo. Estamos desenvolendo um projeto que será realizado na 2ª etapa do Memórias Reveladas para incorporar à Videoteca Virtual um volume significativo de filmes produzidos sobre o período da ditadura militar, já mapeados e reunidos em inúmeros catálogos produzidos por centros de documentação populares espalhados pelo Brasil.

Buscamos junto aos diretores e produtores a adesão ao projeto para que suas produções estejam acessíveis de forma universal, livre e gratuita através deste canal, fazendo com que o material disponível entre nas salas de aula das escolas públicas e privadas, dos ensinos fundamental e médio, para que efetivamente possamos ter os valores dos direitos humanos e da democracia presentes na formação dos brasileiros.

Participe conosco desta construção pedagógica, divulgue a
Videoteca Virtual Brasil Nunca Mais em suas redes e fundamentalmente, leve-a às salas de aula.


Marcelo Zelic
Vice-presidente do Grupo Tortura Nunca Mais-SP e membro da Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo
Coordenador do Projeto Armazém Memória
(11) 3052-2141
(11) 9206-9284
www.armazemmemoria. com.br



__._,_.___
| através de email | Responder através da web | Adicionar um novo tópico
Mensagens neste tópico (1)
Atividade nos últimos dias:
__,_._,___

-----Anexo incorporado-----


_______________________________________________
Cartaoberro mailing list
Cartaoberro@serverlinux.revistaoberro.com.br
http://serverlinux.revistaoberro.com.br/mailman/listinfo/cartaoberro

Prefeitura de Porto Alegre RS



Imagem do Dia
Foto: Ricardo Stricher / Arquivo PMPA

Aluga-se. Pessoas ou empresas podem participar da licitação para uso do espaço à beira do lago


Notícias


A MANCHETE
Postos abrem sábado para vacinar contra gripe A
DESTAQUES
Redenção terá feira de saúde no domingo
Smam abre concorrência para uso do Café da Redenção
Escola Campos do Cristal recebe obras
Idosos realizam ações educativas do Novo Sinal
EVENTOS
Smam forma ecoeducadores
Curso capacita para a prevenção ao uso de drogas
Cinema como matéria de aula
Farra de Teatro volta à Usina
Estúdio Multimeios abre inscrições para oficinas
PREVISÃO DO TEMPO
Conheça a previsão para os próximos dias
TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
VEJA PAUTAS PARA AMANHÃ
Confira as atividades da prefeitura previstas para 09 de abril



Notícias da prefeitura na imprensa

Clique nos links abaixo para ter acesso a todas as notícias sobre a prefeitura veiculadas em jornal, TV, rádio e Internet:

Notícias em Jornal Notícias em TV Notícias em Rádio Notícias na Internet




Todas as Notícias

A MANCHETE
Postos abrem sábado para vacinar contra gripe A
Neste sábado, 10, serão imunizadas pessoas saudáveis com idade entre 20 e 29 anos, pessoas de até 60 anos com doenças crônicas (obesidade mórbida, doenças respiratórias e cardíacas, imunodeprimidos, diabetes, doenças hepáticas, renais e hematológicas), crianças entre seis meses e dois anos, gestantes e população indígena. Os postos estarão abertos das 8h às 17h. Desde 8 de março, quando começou a campanha de vacinação contra a gripe H1N1, a Secretaria de Saúde imunizou 105.094 pessoas na Capital. Leia mais...


DESTAQUES
Redenção terá feira de saúde no domingo
Em diversas tendas distribuídas no parque, os frequentadores serão informados sobre ações de prevenção e cuidados com a saúde. Também vão conhecer a campanha "Atitude - Só Quem Sabe Pode Tratar", que incentiva o teste para HIV. Os técnicos da Secretaria de Saúde vão prestar orientação nutricional para crianças e adultos, explicando sobre a Anemia Ferropriva. Além da feira, estão programados passeio ciclístico, apresentação de capoeira e dança. O evento ocorre das 9h às 16h, em comemoração ao Dia Mundial da Saúde. Leia mais...


Smam abre concorrência para uso do Café da Redenção
Pessoas físicas e jurídicas podem participar da disputa pelo uso do café situado no extremo norte do lago. A documentação e as propostas serão recebidas no dia 4 de maio, às 15h, na avenida Carlos Gomes, 2120, sala 200. Com preço mínimo mensal de R$ 3,5 mil, o pagamento será recolhido por meio de Documento de Arrecadação Municipal para o Fundo Pró-Defesa do Meio Ambiente. A concorrência, do tipo maior oferta, refere-se ao uso da edificação exclusivamente para exploração dos serviços de cafeteria, predominantemente no período diurno. Leia mais...

Idosos realizam ações educativas do Novo Sinal
O gesto de estender a mão para realizar a travessia em faixas sem semáforos acaba de ganhar outro grupo de multiplicadores: os idosos. Cerca de 70 pessoas da terceira idade, que integram o Grupo de Apoio a Idosos do Hospital Conceição, são os novos entusiastas da campanha. Até a metade do ano, eles realizarão ações educativas em vias da Zona Norte. "Eles transmitem muita alegria. São pessoas de bem com a vida. O trânsito, se depender deles, será muito mais civilizado", afirma José Padilha, coordenador da Assessoria de Educação para o Trânsito da EPTC. Leia mais...

Escola Campos do Cristal recebe obras
O termo de início das obras será assinado amanhã, às 10h30, pelo prefeito José Fortunati. Orçado em R$ 319 mil, o projeto inclui a reforma de duas quadras e da cobertura de uma delas, além da construção de um muro. A Campos do Cristal atende 554 alunos do bairro Vila Nova. Leia mais...

EVENTOS
Smam forma ecoeducadores

Mais uma edição do curso para formação de professores ecoeducadores ocorrerá na segunda-feira, 12, a partir das 9h, na Reserva Biológica do Lami José Lutzenberger. Dirigido a profissionais e acadêmicos de diferentes áreas, o encontro aborda questões relativas à importância das áreas protegidas e das unidades de conservação para a conservação da biodiversidade local. As inscrições são gratuitas podem ser feitas pelo e-mail reservalami@smam.prepoa.com.br. Leia mais...

Curso capacita para a prevenção ao uso de drogas

Podem participar professores da rede pública municipal, em especial da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Denominado "Crack nem pensar. Juventude Ligada na vida", o curso busca preparar os professores para combater o uso do crack, que está chegando às salas de aula. "O combate deve começar na escola", diz o secretário muncipal da Juventude, Alexandre Rambo. Os encontros ocorrem às sextas-feiras a partir de amanhã, das 19h às 22h, em quatro unidades de ensino do município. Leia mais...
Farra de Teatro volta à Usina

Inspirada na Farra dos Atores criada pelo falecido diretor carioca Márcio Vianna, a Farra de Teatro é um gigantesco evento em lugar público. É uma maratona que começa com os ensaios de um espetáculo de teatro, nos dias 16, 17, 18, 19 e 20 de abril, das 15h às 19h30, e culmina na apresentação, em 21 de abril, a partir das 14h, sempre no estacionamento da Usina do Gasômetro. Para participar, basta comparecer aos ensaios. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail depositodeteatro@pop.com.br. Leia mais...

Cinema como matéria de aula
Professores municipais serão capacitados para ensinar a linguagem audiovisual nas escolas. No sábado, 120 educadores participam do Curso Intensivo de Cinema e Educação, ministrado pela professora e cineasta paulista Moiro Toledo. O encontro será das 9h às 18h, na Usina do Gasômetro. O evento dá a largada às ações previstas para 2010 no Programa de Alfabetização Audiovisual, entre as quais está o Festival Escolar de Cinema Brasileiro, programado para outubro. Leia mais...

Estúdio Multimeios abre inscrições para oficinas
As oficinas de hip hop, teatro e violão do Estúdio Multimeios da Restinga estão com inscrições abertas. Dirigidas a adolescentes e adultos de 14 a 26 anos, as oficinas têm vagas limitadas. Interessados podem se inscrever no estúdio, localizado na rua Ricardo Leônidas Ribas, 75 - Parque Industrial da Restinga - telefones 3261-5041 e 3289-6498, ou na Secretaria de Direitos Humanos, na rua João Alfredo, 607, sala 304, Cidade Baixa. Leia mais...


PREVISÃO DO TEMPO
Conheça a previsão para os próximos dias
Clique aqui

TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
Clique aqui

VEJA PAUTAS PARA AMANHÃ
Confira as atividades da prefeitura previstas para 09 de abril
Clique aqui




Editado pela Supervisão de Comunicação Social
E-mail - Telefones (51)3289.3900 / (51)3289.3932 / (51)3289.3926
Newsletter desenvolvida pela PROCEMPA.

Grêmio perde Invencibilidadeno Olimpico


Grêmio cai no Olímpico

Tiago Duarte (ao centro) comemora com Sotilli: Pelotas fez 2 a 1, dois gols de penalidade
Crédito: fabiano do amaral
Tiago Duarte (ao centro) comemora com Sotilli: Pelotas fez 2 a 1, dois gols de penalidade
Crédito: fabiano do amaral
CARLOS CORRÊA | carlos.correa@correiodopovo.com.br

Eram 51 jogos invictos no Olímpico. O Grêmio vinha de 15 vitórias consecutivas. O Pelotas terminou com tudo isso e tornou-se a surpresa das quartas de final do Gauchão. Ontem, venceu de virada por 2 a 1, eliminou o Tricolor da Taça Fábio Koff.

Os números imensamente superiores do Grêmio na competição de nada adiantaram para a equipe de Silas. A marcação eficiente do Pelotas fazia ser difícil acreditar que os dois times tinham campanhas tão díspares dentro do Campeonato Gaúcho. Os comandados de Beto Almeida anulavam toda e qualquer articulação de jogadas no meio de campo tricolor, restando apenas os lançamentos de longa distância de Douglas. Como tanto Fábio Santos quanto (principalmente) Edílson não estavam em jornadas inspiradas, era pouco.

O mais surpreendente, no entanto, não era a capacidade defensiva do Pelotas, que de certa forma era esperada, mas sim os avanços do time do Sul do Estado. Enquanto o Grêmio levou mais de meia hora para criar uma situação de gol, os pelotenses perderam no mesmo intervalo de tempo pelo menos três chances claras de marcar.

Demorou, mas aos poucos o Tricolor organizou-se melhor em campo e assim construiu a vantagem. Primeiro, no entanto, o árbitro Fabrício Neves Corrêa deixou de marcar pênalti em Jonas, empurrado por Jonatas Costa aos 43 minutos. Aos 47, enfim, o gol gremista. Bergson chutou com força da ponta direita para o centro da área. A bola passou por todo mundo, mas na segunda trave estava bem posicionado Maylson, que empurrou para as redes.

O Pelotas não se entregou e seguiu tentando o ataque. Acabou recompensado por um pênalti de Victor em Tiago Duarte aos 20 minutos. O próprio atacante cobrou com paradinha e tudo mais e confirmou o 1 a 1. Ninguém, no Olímpico, porém previa o que estava por vir. O estádio calou aos 32, quando Mário Fernandes fez pênalti em Sotilli. Tiago Duarte foi lá de novo e virou a partida, decretando a maior surpresa de toda a Taça Fábio Koff.

GRÊMIO 1 X 2 PELOTAS

Grêmio: Victor; Edílson, Mário, Rodrigo e Fábio Santos; Ferdinando, Willian Magrão, Maylson (Leandro) e Douglas; Bergson (Hugo) e Jonas. Técnico: Silas

Pelotas: Jonatas; Jonas, B. Salvador e Jonatas Costa; Maurinho, Gavião, Jucemar (Maurício), Maicon Sapucaia e Pedro (Clodoaldo); Tiago Duarte e Alex Dias (Sotilli). Técnico: Beto Almeida.

Árbitro: Fabrício Neves Corrêa.

C. amarelos: W. Magrão, Mário e Victor (G).

Expulsão: Douglas (G).

Gols: Maylson (47'' do 1º T) (G); T. Duarte (21'' e 33 do 2º T) (P).








--------------------------------------------------------------------------------

ESPORTES > esportes@correiodopovo.com.br

Pânico no Rio de Janeiro


Ressaca assustadora
Pânico e mortes no morro

Ondas gigantescas, de mais de 5 metros, e uma violenta ressaca atingiram ontem a praia de Copacabana. Moradores da região ficaram apavorados e temerosos de novos problemas. Em outros locais, a água invadiu ruas
Crédito: PAULO VITOR / AE / CP
Ondas gigantescas, de mais de 5 metros, e uma violenta ressaca atingiram ontem a praia de Copacabana. Moradores da região ficaram apavorados e temerosos de novos problemas. Em outros locais, a água invadiu ruas
Crédito: PAULO VITOR / AE / CP


A avalanche de terra, lama e a enxurrada no morro do Bumba, em Niterói, na região Metropolitana do Rio, soterrou dezenas de casas na noite de quarta-feira. Ontem foi um dia de muito trabalho no local e também de pânico e drama de quem tem amigos e familiares soterrados na área que era um lixão no passado. De acordo com o Corpo de Bombeiros, mais de 200 pessoas podem estar nos escombros do deslizamento. Para evitar novos problemas, a Defesa Civil de Niterói interditou 60 casas que ficaram de pé na área. A decisão foi tomada após técnicos do órgão vistoriarem a região. A cidade é a que registra o maior número de vítimas: 99. O prefeito de Niterói, Jorge Roberto Silveira, decretou estado de calamidade pública no município. A tragédia do Rio já tem mais de 180 mortos.
Fonte: Correio do Povo

Piratini


Pesquisa
Laboratório de Biossegurança leva o RS à liderança na exportação de carne
Yeda autorizou a abertura da licitação para investimentos de R$ 17 milhões nas obras de ampliação do Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor, em Eldorado do Sul. Interior
Santo Antônio da Patrulha agradece à Yeda por obras e cedência de prédios
Governadora assinou, nesta quinta-feira (8), na sede da prefeitura, a cessão de área do antigo presídio da cidade e de unidades do prédio da extinta Caixa Econômica Estadual. Executivo
Governadora conduz reunião com secretários e destaca modelo de gestão
Yeda reiterou orientações e diretrizes de planejamento e gestão da administração estadual, em sua agenda de trabalho com o novo secretariado. Ação Solidária
Gestores de Saúde participam de oficina sobre hepatites realizada pelo Estado em parceria com a Famurs
Cerca de 140 profissionais da área da Saúde, de diversos municípios gaúchos, reuniram-se nesta quinta-feira para discutir a proposições do Governo, através do Comitê de Ação Solidária, para o enfrentamento desta doença. Fazenda
Calendário do IPVA 2010 tem vencimentos nesta sexta-feira
Imposto pode ser pago nas agências ou terminais de autoatendimento dos bancos Banrisul e Bradesco e para correntistas, no Banco do Brasil . Defesa Civil
Yeda oferece ajuda às vítimas no Rio de Janeiro
Uma equipe fluminense virá ao Rio Grande do Sul, nos próximos dias, para acertar o apoio que será disponibilizado pelo Governo gaúcho.

Grêmio fora da Decisão do Segundo Turno


Dois gols derrubam números do Grêmio
Tricolor perde invencibilidade de 572 dias no Olímpico e série de vitórias

Pelotas coloca fim à invencibilidade de 372 dias do Grêmio no Olímpico
Crédito: Jackson Zanini / Especial / CP
Pelotas coloca fim à invencibilidade de 372 dias do Grêmio no Olímpico
Crédito: Jackson Zanini / Especial / CP
Os dois gols de Tiago Duarte não colocaram fim na campanha do Grêmio na Taça Fábio Koff. Eles colocaram um ponto final em duas séries que os torcedores gremistas ostentavam com grande orgulho: a invencibilidade no Olímpico, que durava 51 partidas, e a série de vitórias consecutivas, que já estava em 15.

O Grêmio não sabia o que era perder em seus domínios há mais de um ano e meio. A última derrota havia acontecido diante do Goiás, por 2 a 1, no dia 13 de setembro de 2008, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Pelotas quebrou uma invencibilidade de 572 dias do Tricolor no Olímpico.

Não bastasse isso, terminou também com a sequência de vitórias seguidas. Eram 15, até então. Os triunfos aconteceram no Gauchão e na Copa do Brasil. A série iniciou em 7 de fevereiro, quando os comandados de Silas golearam o Universidade em casa, por 5 a 1.

Fonte: Correio do Povo

Caça-Níqueis

Força-tarefa da Polícia Civil e Ministério Público apreende 242 máquinas caça-níqueis
08/04/2010 23:45


Operação de combate aos jogos de azar da Força-tarefa da Polícia Civil e Ministério Público, cumprindo cinco mandados de busca e apreensão em diferentes locais de Porto Alegre, apreendeu nesta quinta-feira (08) 242 máquinas caça-níqueis. As máquinas foram apreendidas em cinco casas de jogos de azar, localizadas nos bairros São Geraldo e Jardim Botânico.

Na Rua Buarque de Macedo, bairro São Geraldo, foram apreendidas 105 máquinas. Na mesma Buarque de Macedo, mas em outro imóvel, foram apreendidas outras 39 máquinas. A ação ocorreu ainda na Rua Assis Brasil, resultando na apreensão de 25 equipamentos, bem como na Salvador França, 52 equipamentos apreendidos, e na Rua Chile, com a apreensão de 26 máquinas caça-níqueis. Também foram apreendidos documentos, móveis e computadores. Os proprietários das casas de jogos foram identificados e irão responder a Termo Circunstanciado.

A ação foi coordenada pela delegada Patrícia Tolotti, titular da 19ª Delegacia de Polícia, e pelo Promotor José Francisco Seabra Mendes Junior. De acordo com a delegada, responsável também pelo Projeto Alquimia, disse que as máquinas serão encaminhadas ao Projeto, onde serão transformadas em móveis e computadores destinados a entidades assistenciais.

Fonte: Ascom PC

Operação Esforço

Brigada Militar realiza operação Esforço Concentrado e prende 43 pessoas no RS
08/04/2010 23:53


Nesta quinta-feira (8), das 13h às 19h, a Brigada Militar desenvolveu em todo Estado a Operação Esforço Concentrado Fecha Quartel. As ações priorizaram a realização de barreiras de fiscalização nas vias urbanas, rurais e rodovias estaduais, objetivavam coibir furto, roubo e clonagem de veículos, tráfico de drogas, porte ilegal de armas, contrabando, homicídios e ocorrências envolvendo explosivos.

A Brigada Militar desencadeou as atividades em locais de grande fluxo de pessoas, próximos a estabelecimentos bancários, casas noturnas, restaurantes e clubes, áreas onde se registram altas taxas de criminalidade e entradas e saídas dos municípios.

Foram empregados na ação 1.692 policiais militares e 565 viaturas na ação, sendo fiscalizados 16.274 veículos e realizadas 352 barreiras policiais. Os resultados foram os seguintes:

AÇÕES TOTAL

Posse de Entorpecentes 5
Tráfico de Entorpecente 2
Total de Veículos Fiscalizados 16.274
Total de Veículos Autuados 179
Total de Veículos Recolhidos 46
CNH Apreendidas 8
Prisões Realizadas (Exceto Foragidos) 42
Foragido 1
Total de Prisões Realizadas 43
Armas Brancas 1
Armas de Fogo Apreendidas 3
Apreensão Maconha (Gr) 3,10
Apreensão Crack (Gr) 5,35
Apreensão de Munições 12
Apreensão de Espécie (R$) 96
Bares Fiscalizados 448
Casas Noturnas Fiscalizadas 15
Desmanches Fiscalizados 40
Art. 165 - Embriaguez 1
Barreiras Policiais Realizadas 352

Fonte: Ascom BM

Oriundi

--------------------------------------------------------------------------------
Itamaraty define regras para as eleições do Conselho de Representantes dos Brasileiros no Exterior [pt]
Observando as decisões tomadas na plenária da II Conferência “Brasileiros no Mundo”, o Itamaraty definiu as regras para a eleição do Conselho de Representantes dos Brasileiros no Exterior (CRBE). O processo eleitoral, cujo início está pr...
Clique aqui e leia a matéria completa...





Rede consular honorária, novos passaportes eletrônicos e proposta de integração [pt] [it]
Por Tarcísio Vasco Michelon* ...
Clique aqui e leia a matéria completa...





I cittadini italiani attualmente detenuti all'estero sono 2.772 [it]
Lo scorso anno sono stati 808 i casi di nuovi arresti o fermi di connazionali allʼestero registrati dagli Uffici consolari. Si tratta di um numero consistente, dovuto ad una casistica estremamente variegata. I reati più frequenti commessi dai nostri connazionali allʼestero s...
Clique aqui e leia a matéria completa...





12 milhões de ciganos continuam segregados e discriminados na Europa [pt] [it]
Os ciganos, a maior minoria étnica da União Europeia, continuam enfrentando a discriminação e a segregação de modo persistente. A Comissão Europeia instou os Estados-Membros, num relatório apresentado na quarta-feira (07), a utilizar o...
Clique aqui e leia a matéria completa...





I calchi: as vítimas de Pompéia expostas juntas pela primeira vez [pt] [it]
O Antiquarium Boscoreale, próximo a Pompéia, apresenta uma exposição denominada I calchi, cujos objetos à mostra são nada mais nada menos que as próprias vítimas da erupção do Vesúvio que destruiu Pompéia e ...
Clique aqui e leia a matéria completa...


Dieci consigli pratici per imparare o migliorare l’italiano da adulti (prima parte) [it]
Di Giorgio Massei* ...
Clique aqui e leia a matéria completa...


Bolsa de estudo de 8.000 mil euros: “Master in Relations with Eastern Countries”, na Universidade de Macerata [pt] [it]
A escola Edulingua de Castelraimondo, que colabora com o Centro de Relações Internacionais da Universidade de Macerata, informa que estão abertas as inscrições para uma bolsa de estudo no valor de 8.000 euros para o “Master in Relations with Eastern Countr...
Clique aqui e leia a matéria completa...


“Italia, ti voglio bene!” reúne 49 instituições brasileiras ligadas ao ensino do idioma italiano [pt] [it]
Instituições dos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso, Ceará, Pernambuco, Rondônia e Distrito Federal estão inscritas no concurso de redação “Italia, ti...
Clique aqui e leia a matéria completa...


Aberto edital da CE: Cooperação Academica Programa ALFA III [pt]
O segundo edital do Programa ALFA III , da Comissão Europeia, foi publicado em 26 de março de 2010 com prazo para apresentação de propostas até 25 de junho de 2010. As prioridades são a reforma e modernização da educação superi...
Clique aqui e leia a matéria completa...


Soggiorno di studio a Udine ai discendenti degli emigrati di origine friulana residenti all'estero [it]
L'Ente Friuli nel Mondo, in collaborazione con l'Università degli Studi di Udine, Centro Rapporti Internazionali, e grazie al sostegno della Regione Autonoma Friuli Venezia Giulia, Assessorato all'Istruzione, Cultura e Formazione Professionale, promuove la partecipazione ad un soggiorno di...
Clique aqui e leia a matéria completa...


Due settimane di studio per i giovani campani [it]
Risiedere all'estero da almeno tre anni, avere tra i 18 e i 25 anni e soprattutto possedere origini campane. Questi alcuni requisiti per partecipare alla selezione per il corso di italiano, di due settimane, che si svolgerà a luglio. L'iniziativa rientra tra gli interventi individuati dall...
Clique aqui e leia a matéria completa...


Câmara de Comércio Italiana do RS recebe visita do embaixador da Itália [pt]
O embaixador da Itália, Gherardo La Francesca, esteve reunido na Câmara de Comércio Italiana para o Rio Grande do Sul (CCIRS), na terça-feira (06). A visita integrou a programação oficial dele, em Porto Alegre, da qual também fizeram parte a Prefeit...
Clique aqui e leia a matéria completa...


RS deverá receber exposição de Leonardo Da Vinci [pt]
O Rio Grande do Sul deverá receber uma exposição das obras do pintor italiano Leonardo Da Vinci, em 2012, dentro dos festejos do Ano da Itália no Brasil. A comunicação veio do embaixador da Itália no Brasil, Gherardo La Francesca, que esteve reunid...
Clique aqui e leia a matéria completa...


7º Caminho do Imigrante com inscrições abertas: aquecendo para o ano da Itália no Brasil [pt]
Já estão abertas as inscrições para os interessados em participar do 7º Caminho do Imigrante. O evento, que acontece no dia 1º de maio, tem início na cidade de Santa Leopoldina e a chegada no centro da cidade de Santa Teresa. Ao todo, são 30Km d...
Clique aqui e leia a matéria completa...


Em BH, seleção de bailarinos para a ópera La Traviatta [pt]
A Fundação Clóvis Salgado, centro de produção, formação e difusão cultural de Minas Gerais, abre inscrições para seleção de bailarinos para a ópera La Traviata, que será apresentada e...
Clique aqui e leia a matéria completa...


Balletto dell´Esperia: Três obras-primas do balé do século XX por três coreógrafos contemporâneos [pt]
Memorial da América Latina, em São Paulo, com entrada franca ...
Clique aqui e leia a matéria completa...



Jornalismo feito com paixão
Giornalismo fatto con passione


www.oriundi.net

--------------------------------------------------------------------------------


Busca de certidões na Itália - Agenzia Brasitalia – Ricerche Genealogiche, Traduttori ed Interpreti
Agência dirigida por Imir Mulato, especializada em pesquisas genealógicas e busca de certidões na Itália para fins do reconhecimento da cidadania italiana. E-mail: imirmulato@agenziabrasitalia.it Site: http://www.agenziabrasitalia.it


EDULINGUA – Scuola di italiano per stranieri. Pacotes completos de férias de estudo em Castelraimondo, no coração da Itália
Certificação CILS da Universidade para Estrangeiros de Siena. Curso de quatro semanas inclui viagens a 15 cidades italianas, como Pisa, Lucca, Assis, Florença, Siena, Roma, Veneza, Nápoles, Pompéia. Alojamento em apartamentos duplos junto às instalações da escola. Info. Via E. Mattei, 33 – 62022 Castelraimondo (MC) ITALIA. Tel. +39 0737.642308 Fax. +39 0737.642494. info@edulingua.it – Skype: edulingua site: www.edulingua.it


--------------------------------------------------------------------------------

Negócios
Nuove imprese tecnologiche: una su cinque sceglie Milano [it]

Gastronomia
Arrosto di vietello farcito


Storie di Famiglia
Os Colombo [pt]

Ensino
Politécnico de Torino: um sonho que se realiza [pt]


Rotas Italianas
Macerata, em uma palavra: marcante [pt] [it]

Vinhos&Vini
Mantega anuncia na FIERGS selo para vinho [pt]


Cidadania Italiana
Legalizações de documentos para cidadania: uma sugestão construtiva [pt] [it]

Eventos
Centenário da Colônia Agrícola da Constança - 130 Anos da Imigração Italiana em Leopoldina


Artigos
Poemas de mármore. Michelangelo escultor e poeta nas Lezioni de Benedetto Varchi [pt]

Libro di Storia
Società Italiana Lavoro de Sousas: há 110 anos, difundindo a cultura, a história e as tradições italianas [pt]





--------------------------------------------------------------------------------

E-mails dos Leitores

Bom Dia a todos, gostaria de saber onde encontrar cursos de Monotipias na Italia, preços, cidade e alojamento, cursos de Italiano grátis pela Internet. Sou Italo-Brasileiro com cidadania e passaporte. Aguardo informações.
Beto Dezen - beto.zen@uol.com.br



Sou secretária do Círculo Italiano de Chapecó. Nosso Círculo conta com um Coral misto, a 4 vozes, em seu quinto ano de atividade. Estamos com dificuldades de conseguir partituras de canções folclóricas e modernas para prosseguir em nosso trabalho. Faço um apelo aos leitores desse importante informativo da Cultura Italiana que estejam em condições de enviar-nos partituras, como acima referido, que façam contato comigo ... [ clique aqui e leia na integra ]

Dalva - dalva@oestur.com.br



Prezados Senhores: Cidadania Italiana, Gostaria de ter informações sobre suprimentos. Tenho tido informações, não oficiais, dizendo que o consulado italiano NÂO aceitará nos processos de reconhecimento de cidadania, certidões supridas, quer sejam de nascimento e de casamento principalmente. É verdadeira essa informação?
Luiz Antonio Tesser - luiz.tesser@gmail.com


Clique aqui e leia mais mensagens dos leitores



O site ORIUNDI não se responsabiliza pelas informações publicadas na seção E-mail dos Leitores

Escreva para oriundi@oriundi.net e indique seus amigos para receber este informativo.
Clique aqui para suspender o recebimento do Informativo Oriundi.

Ruy Carlos Ostermann


Na próxima quinta-feira, dia 15 de abril, Ostermann recebe o jornalista e professor José Hildebrando Dacanal. Na canja musical, Dona Ivone Pacheco. É quinta que vem, às 19h30min, no StudioClio. Até lá!



Saiba um pouco mais

José Hidelbrando Dacanal nasceu em Catuípe, Rio Grande do Sul, em 1943. Formado em Letras Clássicas e Vernáculas e Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, é jornalista, professor e ensaísta há 40 anos.
Publicou mais de vinte obras sobre linguagem, literatura, história, política e economia. Entre elas destacam-se seis títulos clássicos em suas áreas: Nova Narrativa épica no Brasil (1973) e O romance de 30 (1982), obras de crítica literária; A nova classe e o governo PT no Rio Grande do Sul (1999) e Marx enganou Jesus... e Lula enganou os dois (2006), ensaios de sociologia e história sobre o Brasil recente; Eu encontrei Jesus - viagem às origens do Ocidente (2004), ensaio histórico sobre Jesus de Nazaré e o Cristianismo primitivo, e Manual de pontuação - teoria e prática (2007).

Canja musical

A grande dama do jazz, Dona Ivone Pacheco, encontrou-se com o piano pela primeira vez aos quatro anos. Aos oito começou a ter aulas com uma professora particular e aos 18 abandonou o instrumento para se casar e só retomou anos depois.
Dona Ivone viajou para Nova Orleans, nos Estados Unidos, cidade considerada o berço do jazz. Nas ruas desta cidade, em Nova York, Nova Jersey e na capital francesa, tocava acordeão nas ruas, para ver a reação das pessoas que eram pegas de surpresa pela música.
Nos anos 1980 começou a abrir as portas do porão da própria casa para receber amigos em sessões de improvisação que mais tarde vieram a se chamar Clube de Jazz de Porto Alegre (Take Five). O Clube consistia em um verdadeiro sarau, um palco livre, no qual aconteciam jam sessions, próprias do universo jazzístico. O Clube de Jazz de Dona Ivone Pacheco foi fundamental para a difusão deste tipo de música na capital gaúcha nos anos 1980.