Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Obras na Catedral de Vacaria RS

Nesta terça-feira, 25/05, a Caixa deve estar liberando os recursos para as obras no entorno da Catedral Nossa Senhora Oliveira. A expectativa é que já na próxima semana possa ser dado a ordem de início das reformas.
O Pároco, Monsenhor Germino Pagno destaca que a empresa responsável pela obra terá o prazo de 120 dias para a execução dos serviços. A expectativa é que as obras de restauração na parte interna da igreja sejam iniciadas no mês de outubro.

Rádio Fátima AM (Jornalismo), 21/05/2010, 10h12

Comando Geral Rádio Esmeralda FM

O radialista Betão Carneiro em seu programa Comando Geral afirmou que todos os setores de Vacaria RS tem espaço no seu programa. Mas é só na teoria pois na prática não é assim nós deste Blog nunca fomos convidados desde que retornamos de Porto Alegre em 2001 nunca foi nos dado espaço para nos manifestarmos e darmos a nossa opinião. Aliás nem precisamos temos o nosso próprio espaço que é esse Blog.

Pancadaria no jogo, Estudiantes 2 X 1 Internacional, goleiro Lauro é esp...

Governo Lança Plano Crack

Governo lança plano integrado de combate ao crack
Considerado uma situação crônica no país, sobretudo nos grandes centros urbanos, o governo federal decidiu combater de frente o problema do crack. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou nesta quinta (20) decreto que cria o Plano Integrado para Enfrentamento do Crack, prevendo o treinamento das equipes de saúde e tratamento dos usuários da droga, dando ênfase aos estudos sobre o crack.
Para viabilizar as atividades, o governo anuncia o investimento ainda este ano de R$ 410 milhões para o combate ao uso da droga no país. “Precisamos acabar com o ‘achismo’ e entender com precisão o problema do crack”, afirmou Lula.

O plano vai envolver treinamento de profissionais na rede pública de saúde e assistência social para atender os usuários e a família.

Permitirá a prevenção e o tratamento de usuários e a reinserção social. Além disso, contempla ações de caráter estruturante com estudo aprofundado e em conjunto com universidades e centros de pesquisa sobre os efeitos do uso da droga e seus efeitos econômicos.

Durante o ato da assinatura, Lula citou a elaboração de estudos aprofundados sobre as consequências do uso do crack e o impacto econômico, além do mapeamento das rotas do tráfico.

“Sabemos que não é uma droga de rico, é mais para pobre, e sabemos que ela está sendo utilizada nas pequenas cidades. É uma droga mais barata e está tendo um efeito devastador. Vamos tentar encontrar um jeito de jogar muito duro para combater o crack em parceria com os prefeitos. Queremos a participação das igrejas, dos sindicatos”, disse Lula, durante o anúncio.

Problema permeia outros extratos sociais

Em declaração dada ao Vermelho, o presidente do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Renato Rabelo, afirmou que o consumo do crack não é mais um problema apenas de uma camada social mais baixa. "Pelo seu baixo preço, esta droga ficou por muito tempo conhecida como algo utilizado somente por moradores de rua. Atualmente 40% dos usuários de crack são provenientes da classe média".

"Há uma década as estatísticas relatavam de cada 10 dependentes químicos que procuravam alguma internação em clínicas particulares, apenas dois eram viciados em crack. Hoje, nove são usuários desta droga. No SUS neste mesmo período de tempo, triplicou a assistência a este tipo de dependente: em 1999 eram 20% dos casos, hoje chega a 60%. Existe um apelo da sociedade no sentido de dar solução a este problema", afirmou.

O que é

Crack é uma droga fabricada a partir da mistura de cocaína com bicarbonato de sódio. Para consumi-la, o usuário queima a pedra e aspira a fumaça. É uma forma impura de cocaína e não um sub-produto.

O nome deriva do verbo "to crack", que em inglês significa "quebrar", devido aos pequenos estalidos produzidos pelos cristais (as pedras) ao serem queimados, como se estivessem sendo quebrados.

A fumaça produzida é aspirada e chega ao sistema nervoso central em dez segundos, porque a área de absorção pulmonar é grande. O efeito dura de três a dez minutos, com resultado mais intenso que o da cocaína. Ao passar o efeito, o usuário é acometido de depressão, tornando a consumir a droga para compensar o mal-estar, gerando intensa dependência.

De Brasília com informações do Blog do Planalto
Fonte: Destaque Vermelho

Homenagem a Scheila






msn: scheilasantossalazar@hotmail.com
A pαrte coloriidα dα suα vidα pretα e branca
posso não ser a MELHOR, mas com certeza faço a diferença
soυ mυito pαrα υns, poυco pαrα oυtros, mαs o sυficiente prα mim mesma !
• se todos qe falassem mal de mim soubessem oqe eu penso sobre eles;
falariam maiiiis maal ainda!
enquanto eles perdem tempo com isso, eu alcanço todos* os meus objetivos.
~ Porquê minhα imαgem é você qυem fαz, porém α minhα vidα soυ eυ qυem vivo.
menininha com defeitos e qualidades
, que não muda pra agradar a ninguém!
• сõмρlιсαdαα dєє мαιιs ραяα suα сαραсιdαdє dєє яαсιoсíиιõ !~
α menininha mulher que sabe oque quer (!)
αquelα que vosê nuncα serα (y)'
pode criticαr, eu sou o que sou, e não vou mudαr (66)
  ' { Pαlαvrαs Iludem ; αtitudes Proovαm }
Fonte: Orkut de Scheila


Scheila faleceu na cidade Vacaria RS assassinada pelo ex-marido. Scheila infelizmente foi vitima do machismo. Infelizmente uma jovem prematuramente perde sua vida, a conheci no telecentro municipal de nossa cidade. Era nossa amiga no orkut e leitora desde blog. Scheila siga em paz no paraiso, com certeza aqui na terra se fará justiça.

Destaque do Dia




Destaques do Dia
Yeda comemora a maior safra de grãos da história do RS
A governadora Yeda Crusius, recebeu do secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio, Gilmar Tietböhl, o resultado da supersafra de 24,373 milhões de toneladas o volume final da safra de grãos 2009/2010 do Rio Grande do Sul, um recorde na história da colheita de grãos no Estado.

Local: Porto Alegre - RS
Data: 20/05/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 34543

Yeda comemora a maior safra de grãos da história do RS
A governadora Yeda Crusius, acompanhada(esq/dir) do secretário da Fazenda, Ricardo Englert, do secretário do Desenvolvimento e dos Assuntos Internacionais, Josué Barbosa, do Chefe da Casa Civil, Bercílio Silva, e do secretário de Planejamento e Gestão, José Parode, recebeu do secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio, Gilmar Tietböhl, o resultado da supersafra um recorde na história da colheita de grãos no Estado.

Local: Porto Alegre - RS
Data: 20/05/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 34544

Governo do Estado anuncia supersafra durante coletiva à imprensa
O secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio,(Seappa) Gilmar Tietböhl(C), a presidenta da Emater/RS, Águeda Marcéi Mezomo, e o secretário adjunto da Seappa, Ony Lacerda(D), concedem entrevista coletiva à imprensa para o anúncio da supersafra de grãos 2009/2010 do Rio Grande do Sul, um recorde na história da colheita de grãos no Estado.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 20/05/2010
Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini
Código: 34545

Governo do Estado anuncia supersafra durante coletiva à imprensa
O secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio, Gilmar Tietböhl(Seappa), a presidenta da Emater/RS, Águeda Marcéi Mezomo, o assessor especial da direção da Emater/RS, o agrônomo Célio Colle(E) e o secretário adjunto da Seappa, Ony Lacerda(D), concedem entrevista coletiva à imprensa para o anúncio da supersafra de grãos 2009/2010 do Rio Grande do Sul, um recorde na história da colheita de grãos no Estado.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 20/05/2010
Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini
Código: 34546

Convite para a 2ª Expoaraçá, no município de Nova Araçá
A secretária Geral de Governo, Ana Pellini, acompanhada do secretário do Desenvolvimento e dos Assuntos Internacionais, Josué Barbosa(2ºesq/dir), e do secretário da Cultura, Cézar Prestes(C), recebe o convite para a 2ª Expoaraçá, no município de Nova Araçá.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 20/05/2010
Foto: Paula Fiori / Palácio Piratini
Código: 34549


Fonte: Palácio Piratini

Lixão nos Altos da Glória em Vacaria RS


Após denúncia prefeitura faz limpeza de área onde havia lixão clandestino


Lixão clandestino no Altos da Glória(foto:Rádio Fátima) Moradores do bairro Altos da Glória procuraram o Departamento de Jornalismo da Rádio Fátima, para reclamar sobre a criação de um lixão clandestino. A Unidade Móvel esteve no local nesta quarta-feira, 19/05, onde conferiu a situação. De acordo com os relatos todo o tipo de lixo estava sendo colocado no terreno onde será construída a praça do bairro, até mesmo sofás e restos de animais.
Ainda nessa quarta-feira, a Prefeitura de Vacaria, através do Departamento de Limpeza Urbana realizou o serviço de remoção do lixo e aterro e proibiu a colocação de restos de qualquer tipo de material no local. Denúncias podem ser feitas através do 3232-1291.

Clique aqui e confira as imagens do antes e depois.



Rádio Fátima AM (Jornalismo), 20/05/2010, 13h57

Grêmio Fora da Copa do Brasil



20 de maio de 2010 |
N° 16341AlertaVoltar para a edição de hoje
GRÊMIO
Santos derruba Grêmio na VilaUm mal começo de segundo tempo levou o Grêmio à derrota por 3 a 1 para o Santos, ontem, na Vila Belmiro, resultado que pôs fim ao sonho do pentacampeonato. A épica vitória gremista por 4 a 3, no Olímpico, ficará como uma lembrança de garra e determinação. Após a Copa da África, Santos e Vitória farão a final.

Antes de apresentar-se em campo, a rivalidade começou nas arquibancadas. O placar da Vila Belmiro anunciou a execução do hino nacional brasileiro. O estádio ficou calado, com os torcedores em pé, em respeito ao hino. No placar, imagens históricas do Santos de Pelé e Robinho.

Foi aí que os mais de 500 gremistas passaram a entoar o hino rio-grandense, enfurecendo os santistas.

Mas o que parecia aguerrimento da torcida local, traduziu-se em nervosismo. O Grêmio começou o jogo como se estivesse no Olímpico. Robinho, Ganso e Neymar, marcadíssimos, não conseguiam articular o ataque. Um pênalti não marcado sobre Neymar, logo a dois minutos, pareceu instabilizar os meninos da Vila. Tinham que assistir a Adilson, Magrão, Hugo, Douglas, Jonas e Borges caírem como uma praga sobre a área santista.

Aos 12 minutos, Pará quase marcou contra. A torcida nem respirou. Um minuto depois, o chute pela linha de fundo de Rodriguinho foi o mais próximo do gol que o dono da casa chegou. Ganso e André eram vistos a todo o momento na defesa. Até Robinho foi empurrado para trás e obrigado a buscar o jogo no próprio campo. Aos 22, Borges balançou a rede, por fora. E a ordem de Silas era marcar ao menos um gol. Tratava-se de um antídoto contra um possível gol santista.

E o Santos parecia refeito do susto inicial. Aos 30, Victor, que até então não havia sido obrigado a fardar-se de super-herói, jogou-se contra o pé de Neymar para evitar o primeiro gol do Santos. Mas o Grêmio mantinha-se seguro. Em seguida, Durval agarrou-se à camisa de Jonas até rasgá-la. Dentro da área. O árbitro nada marcou.

– Se a gente fizer um gol acaba o jogo – disse Silas, ao retornar do intervalo para o segundo tempo.

Mas o Santos tinha pressa. Até os gandulas começaram a entrar em campo para recolocar a bola em jogo. O Grêmio precisava se manter atento. O problema era que os heroicos 4 a 3 do Olímpico não resistiriam a uma simples derrota por 1 a 0. E o Santos voltou do vestiário disposto a jogar a sua primeira final de Copa do Brasil. Aos seis minutos, Robinho viu Victor defender seu chute à queima-roupa. Na sequência, Ganso acertou um chutaço no ângulo: Santos 1 a 0.

O Grêmio do segundo tempo não era nem sombra do time organizado da primeira etapa. O gol acalmou o Santos, tornando o Grêmio ansioso e precipitado. Apesar da derrota parcial, apenas um gol era necessário para conduzir o Grêmio à oitava final.

A noite, porém, era em preto e branco. Aos 24, André fugiu da marcação e encontrou Robinho. Victor estava adiantado, o que facilitou um toque por cobertura e o 2 a 0. A iminente eliminação fez o Grêmio reagir. Aos 28, após cobrança de falta de Douglas, Jonas cabeceou, Felipe deu rebote, e Rafael Marques empurrou bola e goleiro para dentro do gol.

O empate seria azul, e o Grêmio voltou ao ataque, transformando os minutos finais em momentos de pânico para os santistas. Nem mesmo o cabeceio de Robinho, com Victor operando novo milagre, serviu de alento. Apesar do esforço, o jogo chegou ao fim aos 40 minutos, em uma arrancada fulminante de Wesley, que passou pela defesa, driblou um desesperado Victor fora da área, e chutou para o gol vazio. O Grêmio perdeu porque jogou mal os 45 minutos finais.



LEANDRO BEHS
Fonte: Zero Hora

Estudiantes 2 X 1 Internacional. gols do jogo pela Copa Libertadores da ...

Inter se Classifica na Libertadores



INTER
Giuliano põe Inter na semiUm milagre, pode-se dizer. Quem sabe um milagre de campeão. O Inter jogou mal, errou muito, até perdeu o jogo por 2 a 1, mas está na semifinal da Libertadores graças à vitória sem levar gol no Beira-Rio por 1 a 0. Giuliano, um temente à Deus, marcou o gol salvador, aos 43min20s. O Inter está na semifinal contra o São Paulo de Fernandão.

Os dirigentes quase quebraram uma das cabines de tanto pular e gritar quando o árbitro Oscar Ruiz apitou o fim de tudo. Eles assistiram ao jogo no setor de imprensa. O septuagenário vice de comunicação Gélson Pires chorou. O vice de futebol Fernando Carvalho se abraçou ao filho Martin e ficaram ali por alguns minutos, numa cena comovente. Só se separaram quando torcedores do Estudiantes começaram a tentar quebrar o vidro da cabine.

– Sai todo mundo daí, sai! Deixa, deixa! – gritou Carvalho, que abraçaria até uma cadeira de tão emocionado que estava. – Jogamos mal, realmente jogamos, mas e daí? Foi demais!

A polícia invadiu as cabines. Por sorte, conseguiu acalmar os sofridos argentinos, doídos com a derrota no finzinho. Em campo, os jogadores vibravam cada um a seu modo. Guiñazu se ajoelhou e rezou. Bolívar, Sorondo e mais outros tantos se atiraram ao chão. Sandro não sabia para onde correr. Durante a comemoração ainda dentro de campo, Pato e Desábato se estranharam, o reserva Lauro entrou na confusão e uma grande briga se armou.

Foi um catarse coletiva. Mas não precisava ser tão sofrido.

Tudo mudou apenas na reta final, quando o técnico Jorge Fossati ao menos tentou atacar, com os ingressos de Walter e Giuliano. Aí sim: o Inter foi valente e alcançou o gol salvador.

O Estudiantes não partiu para cima desde o início. Foi chamado pelo Inter. Aos poucos, graças à lentidão para sair da defesa, Verón deflagrou a ocupação do campo, com marcação adiantada.

Nos gols do Estudiantes, os velhos erros de sempre. No primeiro, o lançamento veio quase do círculo central, às costas de Nei. Bolívar não cobriu, Pato saiu correndo a esmo e foi encoberto por González. Eram 19 minutos, e a zaga novamente condenava o time. Dois minutos depois, Pérez pega o rebote e acerta o ângulo: 2 a 0.

Diante de tudo isso, imaginava-se que haveria mudança radical no vestiário. Nada disso. O Inter voltou igualzinho do intervalo. Nenhuma alteração. De esquema, de nomes, de movimentação. Nada. Só aos 21 Nei saiu para Walter entrar, retomando o 4-4-2. Pouco depois, o atacante quase fez o gol salvador. Depois veio Giuliano, aos 31, no lugar de D’Alessandro.

E veio de seus pés, um temente à Deus, o gol do milagre. Quem sabe, com algumas mudanças bem pensadas no recesso da Copa, o ingresso de Tinga e a contratação de um atacante, quem sabe um milagre de campeão da Libertadores.



DIOGO OLIVIER
Fonte: Zero Hora