Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

sábado, 18 de dezembro de 2010

Imagens de Arquivo








Soldados

Imagens de Arquivo



Gabriel Waldrigues

Juventude x Inter



Juventude x Inter pelo Brasileirão




Inter de Milão Campeão do Mundo

Inter de Milão goleia o Mazembe e vence o Mundial em Abu Dhabi

Pandev e Eto'o definiram a partida no primeiro tempo e Biabiany fechou o placar

<br /><b>Crédito: </b> Ricardo Giusti/CP

Crédito: Ricardo Giusti/CP

Crédito: Ricardo Giusti/CP
A Inter de Milão confirmou o favoritismo e é campeã do Mundial de Clubes da Fifa. Javier Zanetti levantou a taça que confirmou a eficiência dos italianos, que definiram a partida já na etapa inicial, marcando nas duas primeiras oportunidades de gol que tiveram. Pandev, aos 13 minutos e Eto'o, aos 17, abriram o placar. Aos 40 minutos do segundo tempo, Biabiany definiu a goleada para a Inter.

Os africanos do Mazembe correram muito, tiveram mais volume de jogo e tentaram impor força física ao jogo, mas a Inter foi mortal nos contragolpes e efetiva na marcação. Apesar de um segundo tempo mais anônimo, Eto'o foi o grande nome da partida, pressionando a defesa africana pelo lado esquerdo e armando os contra-ataques com toques de primeira.

Pelo Mazembe, Kabangu foi novamente o destaque, sempre a principal alternativa pela direita do ataque. Cruzou bolas perigosas para a área e criou o lance mais nítido de gol do Mazembe: aos 34 minuto, ele limpou a defesa da Inter, cruzou para a área, quando Ekanga se antecipou e tocou a queima roupa. Júlio César salvou o que poderia ser o gol da reação africana.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo

Inter de Milão é Campeão do Mundo

Juventude x Inter Campeonato Brasileiro




Deise Nunes










Conselho Tutelar de Vacaria RS irá Fiscalizar Crianças Pedindo Esmola

Nesse período, onde as festas de final de ano se aproximam, aumenta o número de casos de crianças e adolescentes em situação de risco, onde vão para as ruas para pedir esmolas. O vice-coordenador do Conselho Tutelar de Vacaria Juliano da Rosa informa que são em torno de sete meninos com idade de 9 a 12 anos que ficam próximos aos semáforos em meio a veículos, vulneráveis e expostos a toda sorte, correndo o risco serem atropelados. Juliano da Rosa afirma que para se resolver o problema, é preciso envolver todos os órgãos, publicos e a sociedade.

O conselheiro Juliano da Rosa fala que vai conversar com o comando da Brigada Militar para ampliar a parceria na tentativa de tirar as crianças das ruas.

Segundo o Promotor da Infância e Juventude Eduardo Lumertz a responsabilidade de cuidar das crianças e adolescente é de todos.

O delegado Anderson Silveira de Lima da Delegacia de Proteção a Criança e o Adolescente informa que em muitos casos os pedintes são mandados pelos próprios pais as ruas, ele destaca que os responsáveis pelas crianças podem inclusive perder o pátrio poder e responder processo criminal.

Nesta quinta-feira, 16/12 a tarde cumprindo mandado de prisão preventiva, Policiais da Delegacia de Proteção a Criança e o Adolescente detiveram um homem de 42 anos suspeito de ter praticado Pedofilia contra duas crianças de dois e seis anos de idade, respectivamente.
O agressor foi encaminhado ao presidio.

A Guarda Municipal apreendeu dois alunos de 13 e 15 anos que estavam em sala de aula tomando cerveja. Também foi identificado e encaminhado a delegacia o comerciante que vendeu a bebida alcoólica .

O Estatuto da Criança e adolescente prevê uma pena de dois a quatro anos de prisão para o comerciante que vender bebida alcoólica para menores .
por Eleandro Bonesi - Fatima , dia 17/12/2010 às 09:36

Estudantes Bebendo em Sala de Aula em Vacaria RS

A Guarda Municipal apreendeu nessa quinta-feira, 17/12, dois alunos, um de 13 e outro de 15 anos, que estavam bebendo cerveja na sala de aula. De acordo com o diretor do Departamento Municipal de Assuntos de Segurança Pública, Major Gilmar Vieira, a denúncia partiu de uma professora indignada com a situação.

O comerciante que vendeu as bebidas aos menores foi identificado e encaminhado à Delegacia de Polícia. O Estatuto da Criança e Adolescente prevê uma pena de dois a quatro anos de prisão para o quem vender bebida alcoólica para menores.
por Fábia Schüler - Fatima e Maisn vac (Rádio Fátima AM), dia 17/12/2010 às 10:37

Batman dos Anos 60









Imagens de Arquivo