Rádio WNews

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Pré-Sal


DSC02879.JPGCOMITÊ GAÚCHO EM DEFESA DO PRÉ-SAL
O Comitê Gaúcho em Defesa do Pré-sal reuniu-se nesta segunda-feira 19 e definiu a agenda da mobilização que acontecerá amanhã, durante o desfile do 20 de setembro, que antecederá ato de entrega do “Manifesto aos Senadores e Deputados da importância da apreciação com urgência do veto ao Art. 64 da Lei 12.351/10, que estabelece regime de Partilha para o Pré-Sal e cria o Fundo Social, e propor concomitante aperfeiçoamentos à legislação aprovada.”.
Hoje temos um novo marco regulatório para a exploração e produção de petróleo do PRÉ-SAL com significativas conquistas sobre a situação anterior. No entanto, graves distorções foram introduzidas no Congresso ao projeto original do Executivo, como o estabelecimento do ressarcimento em petróleo ao Consórcio Explorador do valor dos royalties pagos, e a manutenção da não equanimidade de sua distribuição entre os Entes Federados, que não constava do projeto original
O documento aponta os importantes avanços obtidos e que necessitam ser defendidos para garantir sua efetiva e total implantação, como: O Regime de Partilha; a criação do FS - Fundo Social, o reconhecimento e a valorização da PETROBRAS, designando-a como única operadora de toda a província do PRÉ-SAL. A defesa do CONTEÚDO NACIONAL mínimo no que for necessário para a exploração desse petróleo. A defesa da PRÉ-SAL PETRÓLEO S.A – PPSA – para a administração dos Contratos de Partilha de Produção, fiscalizar a apropriação do “petróleo custo” e gerenciar a venda do “petróleo lucro” da Uniao. O fortalecimento do Conselho Nacional de Política Energética – CNPE, a quem caberá decidir quais áreas serão leiloadas para a exploração e onde a PETROBRAS atuará de forma exclusiva.
A UNEGRO/RS – União de Negros pela Igualdade, representada pelo seu Secretário Geral o Sr. José Antonio dos Santos da Silva, faz parte do Comitê Gaúcho em Defesa do Pré-Sal e convida para que as demais Entidades ligadas ao movimento social negro e aos diversos movimentos sociais assinem o manifesto e acompanhem as reuniões.
Àse.
José Antonio dos Santos da Silva
51.91792404 - Claro
51.95284570 - Vivo
53.99491618 - Vivo
51.84908721 - Oí
51.82490039 - Tim
"Quem é de Axé diz que é!

"Ogun ko nife o si ewu lona wa"
"Com a proteção de Ogun não haverá nenhum perigo em nosso caminho".

Assistente Supervisor
Forever Living Producto Brasil
"Ubunto" é uma antiga palavra Africana, cujo significado é: "humanidade para todos".
Ubunto também quer dizer "Eu sou o que sou devido ao que todos nós somos".

Página pessoal - http://joseantoniodossantosdasilva.blogspot.com/
http://twitter.com//JASSRS62
Página da UNEGRO Nacional - http://www.unegro.org.br/
__._,_.___
|

Museu

Museu Treze de Maio integra a Programação Nacional
"5ª Primavera dos Museus"
Mulheres, Museus e Memórias
 
* Se você conhece alguém que tenha fotos da Sociedade Cultural Ferroviária Treze de Maio, Clube Social Negro de Santa Maria-RS, fundado em 1903, por favor, divulgue e encaminhe ao Museu Treze de Maio, pois estamos coletando imagens para nosso Acervo Fotográfico. 
Contato: Letícia Aguiar - Acadêmica de Arquivologia/UFSM, estagiária do Museu Treze de Maio - Cel. (55) 91069918 
--
Núcleo de Comunicação do Museu Treze de Maio



__._,_.___
Anexo(s) de Jose Antonio dos Santos da Silva
1 de 1 foto(s)
|

Conferência do Trabalho

 
[Anexos de Jose Antonio dos Santos da Silva incluídos abaixo]
Assunto: ENC: Convite Plenária 30 de setembro e Conferências do Trabalho Decente

Ola pessoal,
Peço a gentileza de confirmar recebimento e repassar para suas Entidades nas localidades. Continuo tendo problemas de envio e recepção de mensagens.  Correio está em greve. Só teremos este meio de comunicação.

Informo que as Conferências do Trabalho Decente estão sendo organizadas pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social e,  as pré Conferências são as seguintes:

Santo Angelo: 16 de setembro/2011  das 14 as 18 horas no IESA – Rua  João Augusto Rodrigues, 471  Santo Angelo

Pelotas em 23 de setembro de 2011  no Auditório do Instituto Federal  de Educação Ifsul – Campus  Pelotas

Santa Maria 27 de setembro/2011

Santana do Livramento  30 de setembro de 2011 – Auditório da Unipampa – Campus santana do Livramento

Passo Fundo ; Auditório do Instituto Federal de Educação   Campus Passo Fundo

Conferência Estadual : dias 31/10/2011 e 01/11/2011  na FIERGS  ( deveremos enviar  Delegados.)

Lembrem de se inscrever para falar sobre a Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolscente Trabalhador – é a 2ª prioridade da AGENDA do TRABALHO DECENTE

Atenciosamente,

Eridan  Moreira Magalhães   Fone: (51) 3213 2868
__._,_.___
Anexo(s) de Jose Antonio dos Santos da Silva
1 de 1 arquivo(s)
 

Istoé

Corpo da mensagem


http://www.mst.org.br/O-fim-da-etica-da-Istoe-a-revista-que-vende-reportagens-por-quilo

O fim da ética da IstoÉ, a revista que vende reportagens por quilo

18 de setembro de 2011

Da Secretaria Nacional do MST

A revista IstoÉ publica na capa da edição desta semana um boné do MST bem velho e surrado, sob terras forradas de pedregulhos.

Decreta na capa “O fim do MST”, que teria perdido a base de trabalhadores rurais e apoio da sociedade.

Premissa errada, abordagem errada e conclusões erradas.

A mentira

A IstoÉ informa a seus leitores que há 3.579 famílias acampadas no Brasil, das quais somente 1.204 seriam do MST.

A revista mente ou equivoca-se fragorosamente. E a partir disso dá uma capa de revista.

Segundo a revista, o número de acampamentos do MST caiu nos últimos 10 anos. E teria chegado a apenas 1.204 famílias acampadas, em nove acampamentos em todo o país.

Temos atualmente mais de 60 mil famílias acampadas em 24 estados.
Levantamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) aponta que há 156 mil famílias acampadas no país, somando todos os movimentos que lutam pela democratização da terra.

A revista tentou dar um tom de credibilidade com as visitas a uma região do Rio Grande do Sul, onde nasceu o Movimento, e ao Pontal do Paranapanema, em São Paulo.

Se contassem apenas os acampados nessas duas regiões, chegariam a um número bem maior do que divulgou.

A reportagem poderia também ter ido à Bahia, por exemplo, onde há mais de 20 mil famílias acampadas que organizamos.

O repórter teve oportunidade de receber esses esclarecimentos e até a lista de acampamentos pelo país.
Mas não quis ou não fez questão, porque se negou a mandar as perguntas por e-mail para o nosso setor de comunicação.

Outra forma seria perguntar para o Incra ou pesquisar no cadastro do Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp).

Tampouco isso a IstoÉ fez.

Se foi um erro, além de incompetente, a direção da IstoÉ é irresponsável ao amplificá-lo na capa da revista.

Se não foi um erro, há mais mistérios entre o céu e a Terra do que supõe a nossa vã filosofia, como escreveu William Shakespeare.

O desvio

A IstoÉ se notabilizou nos últimos tempos nos meios jornalísticos como uma revista venal. A revista é do tipo “pagou, levou”. Tanto é que tem o apelido de "QuantoÉ".

Governos, empresas, partidos, entidades de classe, igrejas (vejam a capa da semana anterior) compram matérias e capas da revista. E pagam por quilo, pelo “peso” da matéria.

A matéria da IstoÉ não é fruto de um trabalho jornalístico, mas de interesses de setores que são contra os movimentos sociais e a Reforma Agrária.

Não é de se impressionar uma vez que a revista abandonou qualquer compromisso com jornalismo sério com credibilidade, virando um “ativo” para especuladores.

Nelson Tanure e Daniel Dantas, do Grupo Opportunity, banqueiro marcado por casos de corrupção, disputaram a compra da revista em 2007.
Com o que esses tipos têm compromisso? Com o dinheiro deles.

Reação do latifúndio

A matéria é uma reação à nossa jornada de lutas de agosto.

Foram mobilizados mais de 50 mil trabalhadores rurais, em 20 estados.

Um acampamento em Brasília, com 4 mil trabalhadores rurais, fez mobilizações durante uma semana e ocupou o Ministério da Fazenda para cobrar medidas para avançar a Reforma Agrária.

A jornada foi vitoriosa e demonstrou a representatividade social e a solidez das nossas reivindicações na luta pela Reforma Agrária.

O governo dobrou o orçamento para a desapropriação de terras para assentar 20 mil famílias até o final do ano, liberou o orçamento para cursos para trabalhadores Sem Terra, anunciou a criação de um programa de alfabetização e a criação de um programa de agroindústrias.

Interesses foram contrariados e se articularam para atacar o nosso Movimento e a Reforma Agrária. Para isso, usam a imprensa venal para alcançar seus objetivos.

Os resultados da jornada e a reação do latifúndio do agronegócio, por meio de uma revista, apenas confirmam que o MST é forte e representa uma resistência à transformação do Brasil numa plataforma transnacional de produção de matéria-prima para exportação e à contaminação das lavouras brasileiras pela utilização excessiva de agrotóxicos.

A luta vai continuar até a realização da Reforma Agrária e a consolidação de um novo modelo agrícola, baseado em pequenas e médias propriedades, no desenvolvimento do meio rural, na produção de alimentos para o povo brasileiro sem agrotóxicos por meio da agroecologia.
 
Leia tambémIstoÉ e Daniel Dantas: tudo a ver
IstoÉ manipula foto para proteger Serra
Jornalista mostra-se mal informado em artigo da IstoÉ
Piada: Dantas ataca MST por “desconsiderar a lei”.

Lanceiros Negros

Será exibido na TVE O massagre de Porongos, no dia 20/09 as 20hs e 30min. Profº Jorge Euzébio e o jornalista Juremir Machado, farão analise e comentários sobre este fato histórico, que ninguém conta, mas que foi de extrema importancia para o Povo Negro e Riograndense.
Por favor repassarem aos seus contatos para divulgar nossa verdadeira história.

Àse.José Antonio dos Santos da Silva
51.91792404 - Claro
51.95284570 - Vivo
53.99491618 - Vivo
51.84908721 - Oí
51.82490039 - Tim
"Quem é de Axé diz que é!

"Ogun ko nife o si ewu lona wa"
"Com a proteção de Ogun não haverá nenhum perigo em nosso caminho".

Assistente Supervisor
Forever Living Producto Brasil
"Ubunto" é uma antiga palavra Africana, cujo significado é: "humanidade para todos".
Ubunto também quer dizer "Eu sou o que sou devido ao que todos nós somos".

Página pessoal - http://joseantoniodossantosdasilva.blogspot.com
http://twitter.com//JASSRS62
Página da UNEGRO Nacional - www.unegro.org.br

Correio do Povo | Esportes | Torcedores do Santos brigam entre si durante clássico com Corinthians

Correio do Povo Esportes Torcedores do Santos brigam entre si durante clássico com Corinthians

Conferência Estadual

ASSOBECATY- Associação Beneficente Cultural Africana Templo de Yemanjá , tem a satisfação de convidar para a 1 ª Conferência Estadual de Yás e o 4º Alujá na Pedra de Xangôque acontecerá nos dias 24 e 25 de setembro, na Praia da Alegria, municipio de Guaíba, RS Brasil. 
Divulgue e Participe!

image

slide1
Contato: maecarmendeoxala@hotmail.com
Fone: ( 51) 30556655 / 97010303/ 84945770


Correio do Povo | Notícias | Protestos de PMs são registrados no Estado

Correio do Povo Notícias Protestos de PMs são registrados no Estado

Turismo Afro do RS

 

CONFERÊNCIA REGIÃO CACHOEIRA DO SUL DE TURISMO AFRO DO RS.
Data: 24 de setembro de 2011 – sábado.
Local: Câmara de Vereadores de Cachoeira do Sul.
Horário: das 14 horas às 18 horas.
Organização: Associação Cachoeirense da Cultura Afro & UNEGRO/RS
PROGRAMAÇÃO:
1. 14 horas às 14h25min - Abertura.
1.1. Representante da Coordenadoria de Igualdade Racial.
1.2. Secretaria Estadual de Turismo.
1.3. Representante da Proposta das Conferências de Turismo Afro.
1.4. Representante da Secretaria Municipal de Turismo de Cachoeira do Sul.
1.5. Representante da Câmara Municipal de Cachoeira do Sul.
2. 14h25min às 14h35min - Apresentação dos objetivos da Conferência Temática de Turismo Afro – Secretaria Estadual de Turismo.
3. 14h35min às 14h45min – Apresentação dos temas gerais da Conferência: - Representante do movimento social negro.
3.1. A perspectiva do turismo como vetor de desenvolvimento do RS e o papel do poder público;
3.2. A reestruturação da rede de governança que sustenta a Gestão Descentralizada e Compartilhada do Turismo;
3.3. A estratégia da regionalização e estruturação de produtos de turísticos.
3.4. Apresentação da dinâmica da Conferência nos Grupos de Trabalho.
4. 14h45min às 17horas - Grupos de Trabalho.
4.1. Grupo de Trabalho 1 – Turismo e Meio Ambiente;
4.2. Grupo de Trabalho 2 – Turismo, Cultura e História;
4.3. Grupo de Trabalho 3 – Educação para o turismo; e
4.4. Grupo de Trabalho 4 – Negócios turísticos.
5. 17h às 17h20min – Intervalo.
6. 17h20min às 18 horas - Apresentação e compilação dos Grupos de Trabalho.
7. 18 horas - Encerramento.

José Antonio dos Santos da Silva
51.91792404 - Claro
51.95284570 - Vivo
53.99491618 - Vivo
51.84908721 - Oí
51.82490039 - Tim
"Quem é de Axé diz que é!

"Ogun ko nife o si ewu lona wa"
"Com a proteção de Ogun não haverá nenhum perigo em nosso caminho".

Assistente Supervisor
Forever Living Producto Brasil
"Ubunto" é uma antiga palavra Africana, cujo significado é: "humanidade para todos".
Ubunto também quer dizer "Eu sou o que sou devido ao que todos nós somos".

Página pessoal - http://joseantoniodossantosdasilva.blogspot.com
http://twitter.com//JASSRS62
Página da UNEGRO Nacional - www.unegro.org.br