Rádio WNews

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Comemoração da Morte de Kadhafi

Líbios celebram nas ruas a morte de Kadhafi

Milhares de pessoas agitavam bandeiras na praça dos Mártires

Líbios comemoram em Benghazi a morte de Kadhafi. Veja mais fotos
Crédito: Marco Longari / AFP / CP
Os partidários do novo governo líbio festejaram nesta quinta a notícia da morte do ex-ditador Muammar Kadhafi. Mesmo a proibição de comemoração com disparos para o ar foi descumprida, com manifestantes atirando para o ar com diferentes tipos de armas, da kalachnikov à artilharia pesada.

"O déspota morreu, a Líbia está livre", comenta um funcionário de um hotel em Trípoli, com os olhos pregados na televisão, que divulga a toda a hora uma foto de Muamar Kadhafi morto, com o rosto e as roupas em sangue. "Não posso acreditar nos meus olhos. Acabou, acabou... Allah Akbar (Deus é grande). Venham ver! É ele mesmo", repete, dirigindo-se a seus colegas.

• Kadhafi, desafiador e combativo até o fim
• Leia mais sobre Kadhafi e a Líbia

Alguns ainda duvidam da informação, principalmente após informações contraditórias sobre a detenção ou a morte de personalidades nas últimas semanas. "Não acredito. É preciso ver um vídeo", afirmou um homem armado que esteve na frente de batalha em Bani Walid, um dos feudos de Kadhafi, "libertado" há dois dias.

Para Anis, um motorista de 20 anos, se o ex-líder estivesse vivo, teria continuado a representar uma ameaça para o país. "Estou contente de que tenha sido morto. Senão, ainda representaria perigo para a Líbia", repetiu.

Dezenas de viaturas patrulhavam as ruas da capital, acionando as buzinas de um modo ensurdecedor, provocando engarrafamentos em vários bairros da capital. Na praça dos Mártires, ex-praça Verde, milhares de pessoas se reuniram, agitando bandeiras da nova Líbia, nas cores vermelha, preta e verde.

Líbia pós-Kadhafi
"Devemos pensar, agora, no amanhã. Perdemos muito tempo, basta", afirma Mohamed, 24 anos, que prefere não ter o sobrenome divulgado. "Espero que as forças políticas entrem em acordo rapidamente sobre o futuro da Líbia", disse, no momento em que começam a se fazer sentir temores sobre uma luta de poderes entre tribos, regiões e entre islamitas e liberais.

Nesta quarta-feira, o número dois do Conselho Nacional de Transição (CNT), Mahmud Jibril, expressou em Trípoli temores quanto ao "caos" que poderia resultar em "batalha política" precoce. Mais otimista, Afaf, uma professora, estima que "os líbios têm uma grande esperança no futuro. Amanhã será certamente melhor", afirma-ela. "Há um sentimento de liberdade. Todos criticam todos. É normal que haja diferenças", destaca.
Fonte: Correio do Povo

Correio do Povo | Esportes | Fortunati culpa falta de garantias para perda da Copa das Confederações

Correio do Povo Esportes Fortunati culpa falta de garantias para perda da Copa das Confederações

Presos Suspeitos da da Brigada Militar por Queima de Pneus

Presos dois suspeitos da queima de pneus e ameaças de bomba
20/10/2011 09:55
O soldado da Brigada Militar Marcelo Maia, lotado no 24º Batalhão, em Alvorada, e o sargento da reserva João Carlos de Souza são os primeiros apontados pelas investigações sobre a queima de pneus e as ameaças de bomba ocorridas em agosto e setembro. Ambos estão presos. Os nomes foram anunciados na entrevista coletiva concedida pelo comandante-geral da BM, coronel Sérgio Abreu, e o chefe da Polícia Civil, delegado Ranolfo Vieira Junior, no Quartel-General da BM, na tarde desta quarta-feira (19).
Marcelo Maia é suspeito de participar do vídeo com ameaças ao governador e de colocar um boneco com simulacro de bomba no viaduto da Avenida Borges de Medeiros, no Centro de Porto Alegre e de uma queima de pneus em Alvorada. Ele foi preso por posse de entorpecentes. O sargento Souza, mais conhecido como Lilica, foi preso em flagrante por desacato à autoridade por agredir uma policial militar.
O coronel Sérgio Abreu disse que as investigações ainda não foram concluídas pela Corregedoria e pelo Serviço de Inteligência da Brigada Militar (PM2), mas até o momento 26 pessoas já foram identificadas como participantes em todos os eventos.
Integração
O delegado Ranolfo Vieira Junior afirmou que "já foram concluídas as investigações dos dois casos mais graves - a ameaça ao governador do Estado e o artefato explosivo -, já foram resolvidos". Ele ressaltou a integração da Polícia Civil e da Brigada Militar na condução das investigações e na troca de informações entre as duas instituição que contribui para o êxito dos trabalhos.
Também estiveram presentes na coletiva, o subcomandante-geral da Brigada Militar, coronel Altair de Freitas Cunha,o Corregedor da BM, Coronel João Gilberto Fritz, .a delegada titular da 3ª DP de Alvorada, Graciela Foresti, e o titular da 1ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana de Gravataí, delegado Leonel Carivali.

Texto: Alexandra C. Saraiva
Edição: Redação Secom - fone (51) 3210-4305







Penitenciária de Charqueadas sedia sessão de cinema para presas
19/10/2011 09:55
O Anexo Feminino da Penitenciária Modulada de Charqueadas recebeu o projeto I Jornada de Audivisual Gaúcho, da Fundação Cinema Rs (Fundacine), na tarde desta terça-feira (18). Cerca de 35 apenadas assistiram um curta metragem e um longa. As sessões duraram quase duas horas.
Os filmes de atores e produtores gaúchos, Um Animal Menor (2008) e Antes que o Mundo Acabe (2009) foram escolhidos pelas presas, dentre vários selecionados pela coordenadora do anexo, Anelise Pereira de Moura. Para Ivarlete de França, diretora do Departamento de Tratamento Penal (DTP),da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), cultura e lazer para detentas são meios de promover a inserção social.
De acordo com o diretor da Penitenciária Modulada de Charqueadas, Flávio Corrêa Moreira, o objetivo da penitenciária, por meio da direção e serviço social, é buscar parcerias que promovam ações agregadoras na inserção social. "O evento realizado hoje colabora para as presas se sentirem acolhidas e valorizadas enquanto cumprem suas penas", diz Anelise. Para a assistente social Michele Bueno, o estímulo à cultura e lazer pode amenizar os efeitos do cárcere.
Simone Luferrier, da Fundacine, enfatizou que a ideia do projeto é democratizar o acesso ao cinema brasileiro, sobretudo as produções gaúchas para um público que está impossibilitado de frequentar as casas de cinema. " Nós levamos o cinema até essas pessoas", afirma.
Conforme Cintia Varoni Nunes, do Setor Educacional do DTP, a equipe da Fundação Cinema Rs (Fundacine) ficou responsável por toda a montagem técnica e rodagem dos filmes. O projeto é iniciativa da Susepe em conjunto com Ministério da Cultura, Secretaria Estadual da Cultura e Fundacine.
Texto: Neiva Motta
Edição: Redação Secom (51) 3210.4305



Rebeldes da Brigada Militar Serão Punidos

Segundo informações da mídia oficial os brigadianos que fizeram as manifestações por melhores salários, como queima de pneus e bonecos enforcados com a farda da Brigada, segundo o comando serão expulsos da corporação, claro que houve excessos como ameaça contra o Governador Tarso Genro e ameaça de explosivos.  Mas tem tanto soldado que faz coisa pior como abusos de autoridade que ainda estão exercendo as suas funções, mas são coisas a se pensar e refletir. Tem que se melhorar os salários e mudanças estruturais e comportamentais de nossas policias civis e militares no Brasil e no mundo. São desafios que nem um Governo de esquerda ou democrático conseguiu resolver ainda.

Entrevista Com a Banda Lingerie de Vacaria RS