Inter 3 x 0 Figueirense

Inter 3 x 0 Figueirense
Brasileiro B 2017

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Foragido Preso

A Polícia Civil de Vacaria, com apoio da Brigada Militar - 10.º BPM, efetivou a prisão, na tarde de hoje, de VALDECIR JOSÉ MATIAS RICARDO, 36 anos de idade.

Valdecir foi localizado, abordado e preso quando passava pela RS 122, onduzindo um veículo Ford/Fiesta, na altura da Cidade de Ipê, RS.

O foragido era procurado desde o mês de janeiro de 2011 e deverá retornar ao Presídio Estadual de Vacaria para o cumprimento de pena privativa de liberdade de oito anos e três meses de reclusão, conforme sentença da Vara Criminal de Vacaria, RS.


ANDERSON SILVEIRA DE LIMA,
DELEGADO DE POLÍCIA.

DELEGACIA DE POLÍCIA DE VACARIA.
(54.3231.1212)

Prefeito Elói poderá Ser Cassado

Caso seja condenado na segunda instância no Tribunal de Contas nº 490-2000/09-9 será cassado não poderá ser diplomado e nem exercer o mandato de Prefeito, se o caso for antes do dia 07 de Outubro o Prefeito Elói sai da disputa terá que ser substituído por outro nome. Vamos aguardar que o Tribuna de Contas faça justiça.

Vereadores

A disputa para a Câmara de Vereadores será intensa e tem muitos que estão exercendo mandato que tem ficarem de olho será muito difícil retornar. Muitos candidatos e muitas candidaturas novas e que tem bons projetos para a Câmara de Vereadores. Mas na minha opinião tem somente duas Vereadoras que retornam com certeza para a Câmara e os demais vão tem que luta muito, não será uma tarefa fácil.

Desfile do dia 07 de Setembro 2012 em Vacaria RS parte 17

Desfile do dia 07 de Setembro 2012 em Vacaria RS parte 16

Jornal na Época de Campanha

Não temos nada a ver com os trabalho dos colegas mas achamos estranho num período eleitoral esse jornal cujo os proprietários são os mesmos que produzem a campanha politica do Prefeito Elói e se tem suspeitas de verba pública, uma investigação deve ser feita em cima disso. Se tem comentários que mídias estão sendo financiados com o nosso dinheiro, que deveria ser investido na saúde, na educação e em obras para a nossa cidade.  Esperamos que agentes que estão na disputa busquem informações sobre isso.

Vote Mano 11,789


Desfile do dia 07 de Setembro 2012 em Vacaria RS parte 15

Desfile do dia 07 de Setembro 2012 em Vacaria RS parte 14

Danrlei Agita Campanha em Vacaria RS de Appio e Valéria

O ex-goleiro do Grêmio atual Deputado Federal Danrlei foi o centro das atenções no grande comício do Bairro Monte Claro ontem, muitas crianças e pessoas tiraram fotos com o grande ídolo gremista. Mais uma vez grande mobilização popular nos comícios de Appio e Valéria a adesão de pessoas em torno da Coligação Juntos Por Vacaria demonstra o crescimento da campanha a cada dia que passa. A Via Popular estão arrepiados e apavorados, a disputa promete ser emocionante Vacaria dividida entre a Via Popular x Juntos Por Vacaria. Vamos aguardar o grande dia 07 de Outubro dia da votação.

Desfile do dia 07 de Setembro 2012 em Vacaria RS parte 13

Cultura Populares


[Anexos de Marcelo Manzatti incluídos abaixo]
Prezados,
 
Segue abaixo, em anexo e no link http://www.famalia.com.br/?p=15009 a “Carta Compromisso com as Culturas Populares e Tradicionais - Eleições Municipais 2012” elaborada pela Rede das Culturas Populares e Tradicionais a fim de divulgar propostas para a ampliação e melhoraria da gestão cultural no nível das administrações municipais. A Carta teve como base os movimentos do Congresso Brasileiro de Cinema (CBC) e da Frente Parlamentar de Apoio à Cultura do Congresso Nacional.
Especialmente, nossa intenção é estimular o conhecimento, por parte dos candidatos, e o exercício da cidadania, por parte dos agentes culturais envolvidos com as comunidades populares e tradicionais, de marcos legais, programas, projetos e iniciativas de políticas públicas que podem ser implantadas via câmara de vereadores ou prefeituras, a fim de proteger e promover as expressões culturais tradicionais.
A Carta pode ser divulgada livremente e as assinaturas colhidas devem ser enviadas para os contatos abaixo:
 
Marcelo Manzatti
SQN 402 - Bloco I - apto. 112
Brasília/DF - CEP 70.834-090
Tel. (61) 9325-8037 ou (61) 3547-8037 (res.)
marcelo.manzatti@terra.com.br
marcelo.manzatti@gmail.com
https://www.facebook.com/marcelomanzatti
https://twitter.com/#!/Manzatti
 
Após as eleições, nosso compromisso é monitorar a ação dos eleitos no sentido da implantação concreta das propostas contidas no documento. Portanto, é importante a perfeita identificação do candidato e que os contatos dos mesmos ou das respectivas assessorias sejam colhidos juntamente com a adesão.
Vamos criar uma corrente de adesões por todo o país, qualificando mais os processos eleitorais e apoiando as causas dos povos e comunidades tradicionais. Temos menos de um mês para as eleições. Então, toda energia será necessária para a ampla divulgação do documento.
 
Obrigado.
 
 
clip_image002
clip_image004
Carta Compromisso com as Culturas Populares e Tradicionais

Eu _______________________________________________, candidato(a) ao cargo de ____________________________ do município de ____________________________________________/_____ nestas eleições municipais de 2012, considerando:
1. A Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, adotada pela Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) em outubro de 2005, ratificada pelo Congresso Nacional em dezembro de 2006 e promulgada em agosto de 2007;
2. A Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial (2003);
3. A Convenção 169 sobre Povos Indígenas e Tribais em Países Independentes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) aprovada na 76ª Conferência Internacional do Trabalho, em 1989;
4. A Agenda 21 da Cultura (Barcelona 2004), que diz “As cidades e os espaços locais são ambientes privilegiados da elaboração cultural em constante evolução e constituem os âmbitos da diversidade criativa, onde a perspectiva do encontro de tudo aquilo que é diferente e distinto (procedências, visões, idades, gêneros, etnias e classes sociais) torna possível o desenvolvimento humano integral”;
5. O Plano Nacional de Cultura, sancionado em dezembro de 2010, sobretudo as metas 3, 4, 6, 23 e 45;
6. Lei Nº 12.288, de 20 de julho de 2010 – Estatuto da Igualdade Racial; e,
7. O Plano de Desenvolvimento Sustentável para Povos e Comunidades Tradicionais

Assumo o compromisso de implementar, durante meu mandato, as propostas contidas nesta carta, elaborada pelos membros da Rede das Culturas Populares e Tradicionais a partir das iniciativas originais da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cultura do Congresso Nacional e do Congresso Brasileiro de Cinema.
Entendo, ainda, que:
A Cultura deve ser tratada como prioridade estratégica, através de mecanismos permanentes que visem sua consolidação como política de Estado e compreendida como dimensão fundamental para o desenvolvimento humano e econômico, social e ambiental;
A Cultura deve ser valorizada em seus múltiplos aspectos, considerando a diversidade cultural do nosso povo. Desta forma, integrar e fomentar tanto as culturas tradicionais como as indústrias criativas e todas as cadeias produtivas do setor, sem hierarquizar estas dimensões complementares.
As políticas públicas de cultura devem ser pensadas como elementos de aproximação entre o Estado e a sociedade. Neste sentido, as administrações municipais devem compreender a cultura como elemento de democratização desta relação. Políticas culturais emancipatórias contribuem para a criação de uma nova cultura política.
A política cultural deve facilitar e permitir o acesso ao território e ao espaço público, garantindo o direito à cidade, ressignificando e reapropriando estes espaços.
Cultura, Educação e Comunicação Democráticas são elementos indissociáveis e indispensáveis em uma administração municipal e para formação cidadã.
As crianças, adolescentes, jovens e idosos devem ser considerados prioritariamente na elaboração, formulação e implementação das políticas culturais. Dar ênfase à primeira infância e à terceira idade.

Portanto, assumo como metas:

ESTRUTURA E GESTÃO:
Criar e/ou fortalecer a Secretaria Municipal de Cultura (em cidades acima de 50.000 hab.) e/ou administração específica para gestão da cultura (em cidades com menos de 50.000 hab.);
Implementar o Sistema Nacional de Cultura, na sua esfera municipal - conselho, plano e fundo municipal de cultura;
Democratizar a gestão cultural e a destinação de seus recursos criando instrumentos de participação direta da sociedade nas definições de políticas, fiscalização, controle e execução das mesmas;
Implementar a cartografia sociocultural urbana: conhecer a cidade e sua gente, sua cultura, sua religiosidade, suas cadeias produtivas artesanais e industriais na cultura;
Valorizar o trabalhador da cultura, estimulando a formalização e regularização previdenciária do mesmo.

FINANCIAMENTO:
Apoio à imediata aprovação da PEC 150/2003, que estabelece que 1% dos recursos do orçamento do município deva ser aplicado na Cultura;
Independentemente desta aprovação, que seja garantido no mínimo este percentual para os recursos destinados à Cultura, nas leis municipais do Plano Plurianual, das Leis de Diretrizes Orçamentárias e das Leis Orçamentárias, já a partir do orçamento municipal elaborado para o ano de 2014;
Criar editais de fomento direto para todas as linguagens e expressões artísticas fortalecendo a produção independente;
Estimular a criação de parcerias públicas e privadas;
Desburocratizar o repasse de recursos, sem comprometer os mecanismos de fiscalização e controle;
Criar oficinas regulares de capacitação de grupos e artistas para as inscrições dos seus projetos nos editais e leis de incentivo.

COMUNICAÇÃO E CULTURA DIGITAL:
Implantar e/ou manter, através de apoio financeiro da administração municipal, as rádios e as TVs Comunitárias;
Criar gabinete digital junto ao Prefeito, a fim de facilitar e democratizar a comunicação entre comunidade e prefeitura;
Implantar programas de acesso gratuito à internet – Banda larga Para Todos;
Desenvolver uma política pública de fomento às liberdades na rede, baseada nas competências do gestor municipal, com o desenvolvimento de licenças livres de obras culturais e educacionais custeadas ou realizadas pela prefeitura, bem como de todos os documentos públicos.

EDUCAÇÃO E CULTURA:
Criar um Segundo Turno Cultural nas escolas em tempo integral através de ações voltadas para a diversidade cultural, utilizando-se, também, os finais de semana como alternativa à carência de espaços culturais e atividades;
Incentivar a educação ambiental e patrimonial na rede municipal de ensino;
Fiscalizar a implementação do ensino de música na rede municipal de ensino, conforme determinado pela legislação vigente;
Fazer valer a Lei Federal que garante o ensino da cultura afro brasileira nas escolas, ampliando-a para as culturas indígenas, conforme determinado pela legislação vigente;
Criar escola municipal de artes/cursos formação nas artes e produção cultural, incluindo como oficineiros os Mestres e Griôs das Culturas Populares e Tradicionais;
Promover a formação de gestores culturais;
Construir ampla campanha local de erradicação do analfabetismo de acordo com as Metas de Desenvolvimento dos Objetivos do Milênio da ONU;
Incentivar o cineclubismo e a exibição de filmes nacionais nas escolas e nas comunidades tradicionais;
Apoiar à imediata aprovação pelo Congresso do Projeto de Lei 7.507/10 (PLS 185/2008) que torna obrigatório a exibição de produções audiovisuais brasileiras na rede municipal de educação, e compromisso com a sua posterior implantação;

PROTAGONISMO SOCIAL:
Apoiar a aprovação pelo Congresso Nacional do Projeto de Lei 757/2011 que cria a Política Nacional Cultura Viva (Pontos de Cultura) e compromisso com a sua implantação na esfera da administração municipal;
Fortalecer a Rede dos Pontos de Cultura criando um ponto para cada 15 mil habitantes;
Incentivar o fomento à manifestação e criação de protagonismo local;

CULTURA E CIDADE
Cultura no planejamento urbano - desenvolvimento com preservação, design público, memória;
Implantar e/ou manter e fortalecer as políticas públicas de preservação de patrimônios históricos materiais e imateriais, bem como de patrimônios naturais e ambientais;
Valorizar espaços de ensaios, de criação, produção e apresentação;
Criar, revitalizar e manter: cinemas, bibliotecas públicas e comunitárias, pontos de leitura, telecentros e teatros;
Promover a ocupação dos espaços públicos e a valorização do artista da Rua;
Estimular a Economia Criativa Local: design, artesanato, moda e gastronomia;
Reconhecer os saberes e fazeres tradicionais: incorporá-los nas diversas ações de saúde, meio ambiente e ensino;
Apoiar a aprovação do Projeto de Lei 1786/2011 que institui a Política Nacional de proteção e aos Mestres e Mestras e o fomento à transmissão da Tradição Oral;
Estimular a criatividade e os conhecimentos locais;
Reduzir a dicotomia entre industrialização e artesanato;
Incentivar e apoiar a implantação de Museus Comunitários;
Implantar as chamadas Salas Verdes nas escolas e espaços comunitários em parceria com o Ministério do Meio Ambiente.
__._,_.___
Anexo(s) de Marcelo Manzatti
2 de 2 arquivo(s)

10 videos Mais Acessado do Youtube do Jornal Negritude


10 vídeos mais acessados Pesquisar todos os vídeos

Almoço da coligação Juntos por Vacaria