Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

segunda-feira, 8 de julho de 2013

PT Aliado aos Coronéis da Maçã

Ontem aconteceu em Vacaria RS Maçã na Praça que deve ser o embrião para a Festa da Maçã. A maçã aqui em nossa cidade trouxe beneficio realmente aos empresários e menos a população, a maçã trouxe violência, criminalidade e exploração da mão-de-obra barata para nossa cidade.
O PT fala tanto em coronelismo mas parece que estão pagando as dividas de campanha para seus fornecedores de dinheiro.
Tem muitas coisas em nossa cidade que precisa melhorar partirmos para agro indústria e para outras atividades, estamos sempre bitolados a cultura da maçã que trouxe só problemas para a nossa cidade e até denuncias de trabalho escravo.
As maçãs que distribuíram para o povo ontem uma para cada pessoa de péssima qualidade, bem pequenas do tamanho de uma cebola. 
Os fiscais da Prefeitura resolveram aparecer na praça para faze média com os empresários da maçã para proibir a venda de produtos dos vendedores ambulantes.
Infelizmente dão muito valor em nossa cidade para empresas e empresários que nem gostam de nossa cidade e do seu povo. Que desprezam a população usam o nosso povo para explorar e ganhar dinheiro.
O PT entrou no jogo sujo do sistema aliás hoje os coronéis da estrela e da maçã juntos. Viva o socialismo.

Maçã na Praça de Vacaria RS





Maçã na Praça de Vacaria RS


Maçã na Praça


Maçã na Praça de Vacaria RS



Maçã na Praça de Vacaria RS



Maçã na Praça em Vacaria RS



Maçã na Praça

No dia 07 de Julho houve na Praça de Vacaria o evento da maçã
Onde movimentou:
Segurança Pública: A disposição até o fim do evento.
Funcionários Públicos Municipais: eletrecistas de plantão e outros funcionários a serviço das tendas.
Secretários e outros: estavam ali para fazer média com as empresários.
Fiscais Municipais: Estavam ali para proibir que outras pessoas vendessem outros produtos.
Venda: só podiam vender na praça os participantes do evento.
Crianças:se divertiram com brinquedos
Pintura: Meninos e meninas com rostos pintados com desenhos de maçã.
Já está estampados em rosto qual será seu futuro.
Trabalhadores da maçã, mas esperamos um futuro melhor para os jovens.
Shows: com artistas locais e de fora.
Povo mesmo com chuva a praça estava cheia.
Venda: o pessoal das tendas venderam produtos derivados da maçã, lanches, bebidas com alcool e sem.
O pessoal mais consciente comentaram sobre o perigo do veneno da maçã.
Mas na hora de ir para rua protestar eles não vão.
Luz e água a disposição dos empresários.
Quem vai pagar?


Leitor:
Carlos Castillos

Vereador Elton Zulianello (DEM)

Vereador Valdecir Panisson (PT)

Vereador Alessandro Dallasanta (PSB)

Vereador Elton Zulianello (DEM)

Protesto em Vacaria RS dia 29/06/2013

Protesto em Vacaria RS dia 29/06/2013

Vereadora Jane Andreola

Protesto em Vacaria RS dia 29/06/2013

Protesto em Vacaria RS dia 29/06/2013

Coração Partido

Foto: Google pesquisa.


Quando acompanhei pelo rádio e TV o incêndio no Mercado Público fiquei muito triste eu frequentei muito aquele espaço os seus bares comprei muitas coisas lá, e ainda estive em Novembro do ano passado. Esperamos que logo seja restaurado,  o prédio na época que morava em Porto Alegre já tinha sido revitalizado e agora as chamas prejudicaram o prédio. A falta de um plano de incêndio segundo o relato da imprensa de Porto Alegre e falta de estrutura dos bombeiros, mais uma vez tem que acontecer algo para que o poder público cumpra a lei na risca.
Vamos aguardar que o Mercado Público volte logo as suas atividades.

Protesto em Vacaria RS dia 29/06/2013

Protesto em Vacaria RS dia 29/06/2013

Rede Globo

Compas,
A  insuspeita revista Epoca, da REDE GLOBO, publica nessa semana uma reportagem com foto e tudo, com o titulo,
"FALA GROSSA, BOLSO CHEIO", revelando a renda/ salario mensal/anual dos principais executivos de empresas no BRASIL, em reais  confira.
 
 
1. ROGER  AGNELLI, aquele que foi presidente da VALE  de 2001 a 2011, e que depois de dez anos, saiu e abriu a sua empresa mineradora, com capital inicial de um bilhão de reais!!
 
   Renda anual em: 25.312.000,oo
 
2. MURILO FERREIRA,  atual presidente da VALE, nomeado por acordo entre o BRADESCO e a Previd do BB
 
   Renda anual:  13.097.000,oo
 
3. ROMULO DIAS, Diretor da empresa CIELO, de meios de pagamentos eletronicos
 
   RENDA anual: 4.722.000,oo
 
4. ALESSANDRO CARLUCCI,   Presidente da natura, empresa de cosmeticos e higiene e um dos apoiadores do Partido Rede, da ex-senadora Marina Silva
 
   Renda anual:  3.801.000,oo
 
5. PEDRO  PARENTE, ex-ministro da casa civil no Governo FHC, ex-diretor da RBS/rede globo em Porto alegre, e atual presidente da BUNGUE, maior emprsa trasnancional do agronegocio no Brasil
 
   Renda anual:  2.000.000,oo
 
6. CLEDORVINO  BELINI:  presidente da FIAT  no Brasil
 
   Renda anual:  2.000.000,oo
 
7. ANTONIO CARLOS VALENTE,  Presidente da Vivo, empresa de telecomunicações
 
   Renda anual: 1.401.000,oo
 
 
Compare agora, com o salario da
 
Presidencia da Republica do Brasil, 25 mil reais por mes, totalizando uma renda anual de 300.000,oo
 
Salario recebido por  60% da população brasileira:  1.200,oo por mes x  12  =  14.400,oo por ano.

Protesto em Vacaria RS 29/06/2013

Joaquim Barbosa do STF Recebe Bônus por Moradia


BARBOSA EMBOLSOU R$ 580 MIL EM AUXÍLIOS ATRASADOS

Antonio Cruz: Brasília - Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) durante a vigésima sexta sessão de julgamento do mensalão no STF
O presidente do STF, Joaquim Barbosa, que, no mês passado, criticou o pagamento de benefícios semelhantes no CNJ, recebe bônus por moradia do Ministério Público Federal e licença prêmio pelo período em que foi procurador 
7 DE JULHO DE 2013 ÀS 10:19
247 – O presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, recebeu R$ 414 mil do Ministério Público Federal em benefícios atrasados. Além desse auxílio, em 2007, ele embolsou R$ 166 mil (ou R$ 226,8 mil, em valores corrigidos) mediante a conversão em dinheiro de 11 meses de licenças-prêmio não gozadas.
Chamado de PAE (Parcela Autônoma de Equivalência), o auxílio foi questionado ao longo dos anos. Em junho do ano passado, o conselheiro Bruno Dantas havia interrompido o pagamento dos atrasados por liminar, no julgamento de um pedido da Federação Nacional dos Servidores do Judiciário nos Estados (Fenajud). Argumentou que o dinheiro do auxílio-alimentação, quando pago muito tempo depois, acaba sendo destinado para outros fins. Por isso, a verba estaria sendo recebida como um complemento ao salário, e não para custear a alimentação dos juízes.
Mas no mês passado, o CNJ autorizou o pagamento de cerca de R$ 100 milhões a oito tribunais de Justiça nos Estados relativos a auxílio-alimentação, por 8 votos a 5.
O presidente do CNJ, Joaquim Barbosa, foi contrário e disse que iria propor derrubada da resolução do conselho que ampara os pagamentos. A proposta, no entanto, só será apresentada quando houver mudança na composição do CNJ, no próximo semestre. "Eu proporei à futura composição a revogação dessa resolução esdrúxula", afirmou. "A resolução 133 do CNJ é inconstitucional", concordou o conselheiro Jorge Hélio, que é advogado.
Barbosa acrescentou que o pagamento é ilegal, pois é vedado pela Constituição, não está previsto na Lei Orgânica da Magistratura (Loman) e foi estabelecido por decisão administrativa do CNJ. "No nosso País nada se faz senão através de lei", disse. Não caberia, portanto, ao CNJ criar benefícios ou verbas extras aos magistrados. "Vamos falar a verdade constitucional: não cabe ao CNJ criar verbas", enfatizou Joaquim Barbosa. "A legalidade da decisão (de pagar o benefício, incluindo atrasados) é altamente questionável", acrescentou.
Segundo informações da Folha, a assessoria do STF informou que Barbosa, após ser empossado na corte, "viu-se impossibilitado" de tirar licenças a que tinha direito e "requereu, com êxito, ao procurador-geral da República" o pagamento delas, o que teria sido feito também "por antigos membros do MPF que ingressaram na magistratura".
A resposta é diferente da fornecida pela Procuradoria Geral da República, que afirmou: "A conversão do saldo de licença-prêmio não foi feita a pedido do servidor, mas por decisão administrativa".

Protesto em Vacaria dia 29/06/2013

Vereador Elton Zullianelo (DEM)