Rádio WNews

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Inter de Lages SC Amistoso contra o Figueirense



Grande teste
A dez dias do início do estadual, Inter e Figueirense fazem amistoso nesta quarta em Lages
Nesta quarta-feira, a partir de 21h, o futebol catarinense poderá rever um confronto que não ocorre há mais de uma década. O Internacional vai enfrentar o Figueirense no Estádio Vidal Ramos Júnior como parte dos preparativos de ambas as equipes para a disputa do Campeonato Catarinense.
O técnico do Inter, Marcelo Mabilia, deve escalar Marcelinho Paraíba (foto) e Reinaldo, poupados no jogo-treino contra o Caxias, no último sábado. Seu grupo de atletas foi reforçado pelo goleiro Fernando Henrique e o volante Diogo Oliveira, que se juntaram ao elenco nesta semana.
O amistoso será um bom teste para ambas as equipes, mas valerá também como reencontro entre duas camisas que não se enfrentam há mais de uma década. A última vez que Inter de Lages e Figueirense duelaram foi pelo Catarinense de 2001.
O histórico do confronto soma 90 partidas até hoje. O primeiro Inter x Figueirense foi realizado em Lages em 29 de junho de 1966, pelo estadual daquele ano. O Colorado Lageano venceu por 4 a 2.
Segundo os registros encontrados por Mauricio Neves de Jesus, autor de "Aquelas Camisas Vermelhas", obra que conta a história do clube lageano, o confronto soma 34 vitórias do Figueirense, 29 do Internacional e 27 empates. O Figueirense marcou 112 gols e o Inter, 91.
Ingresso gratuito aos sócios
Torcedores que aderirem ao #InterTôJunto, plano de sócios do Inter de Lages para a temporada 2015, não pagarão ingresso para o amistoso. As adesões estão sendo feitas na loja do clube, no Serra Shopping. Nas bilheterias, os ingressos custarão R$ 30 (arquibancada descoberta) e R$ 40 (arquibancada coberta).
No momento da adesão ao plano, serão cobradas as mensalidades de janeiro e fevereiro e também uma taxa de R$ 15, valor que será usado para a produção da carteirinha de sócio. Em compensação, a próxima mensalidade vencerá apenas no dia 10 de março. O #InterTôJunto tem planos com custo mensal a partir de R$ 15.

Vermelho festivo
Inter encara o Figueirense com sua nova camisa, que celebra os 50 anos do título estadual
amistoso do Colorado Lageano contra o Figueirense, nesta quarta-feira, será a oportunidade para a torcida ver em campo alguns dos reforços do clube para o estadual. Mas essa não será a única novidade: na partida, o Inter vai atuar pela primeira vez com a camisa oficial para a temporada 2015.
A camisa é a primeira peça da coleção "Anos Dourados", que vai celebrar os 50 anos do título estadual conquistado pelo clube. O uniforme virá nas cores tradicionais da equipe, vermelho e branco, mas terá detalhes em dourado nas mangas e na gola.
A marca TEAM vai vestir o Inter a partir deste ano. Essa marca nasceu a partir da iniciativa de investidores estrangeiros e brasileiros e terá como foco o trabalho com clubes em fase de ascensão - e o Inter de Lages é o primeiro a fazer parte dessa lista. A empresa lageana ZL Têxtil é a licenciada oficial da marca TEAM para produzir os uniformes do Inter.
O clube vai manter a nova camisa em segredo até sua entrada em campo nesta quarta-feira. (Na foto, Suelen Chaves, musa do clube, veste a camisa utilizada na temporada 2013). Uma das poucas informações que saíram da linha de produção é que, a partir de 2015, o Inter passa a integrar o seleto grupo de clubes catarinenses que vai fazer controle de seus produtos por meio de etiquetas antipirataria, numerando uma a uma todas as peças fabricadas. 
O Inter foi campeão catarinense em 1965 (em decisão contra o Metropol disputada em março do ano seguinte). A linha "Anos Dourados" vai celebrar a maior conquista do clube até hoje.

NOS ANEXOS:
- Marcelinho Paraíba em treino de cobrança de falta (Foto: Fom Conradi)
- Suelen Chaves, musa do Inter de Lages, com a camisa da temporada 2013 (Foto: Gugu Garcia)

-- 
Inter de Lages
Imprensa

www.interdelages.com.br

Exibição do Filme "Viúvas - Performance Sobre Ausência" do Oi Nois


Na Cripta de Vacaria RS

Gasperin- entrevistas como técnico do Glória de Vacaria

Apresentação do Glória de Vacaria RS parte 1

Caso do Rapaz Agredido Covardemente no Domingo

Algumas coisas precisam ser bem refletidas na questão da Segurança Pública em nossa cidade, não sabemos como num município de 60.000 habitantes estamos tão inseguros. Essa questão das Câmeras de Video monitoramento será que realmente funcionam? a sorte que tinha as câmeras de segurança de lojas perto do local que conseguiram captar imagens. Outra pergunta onde estava a nossa gloriosa Brigada Militar não estava patrulhando o local e circulando com viaturas? A nossa Guarda Municipal onde estava? um menino foi pedir socorro em estado de nervos que estava no fato e não pode ajudar o amigo foi até a Delegacia de Policia Civil e só mandaram o garoto ligar para o 190 e porque os policiais o qual não sei quem estava de plantão não ligaram para a Brigada Militar? O SAMU segundo informações não compareceu no local e foi a ambulância do Corpo de Bombeiros para o local o porque?
Tem muitas coisas a refletir e a pensar aqui procuramos não acusar ninguém mas sim ajudar as autoridade policiais que façam uma reflexão sobre o atendimento e a prestação de socorro nesses casos, com certeza se tivemos segurança pública eficiente poderia ter sido evitado esse fato lamentável que mancha a cidade de Vacaria RS com repercussão até nacional. Esperamos que esses marginais que agrediram covardemente o jovem nesse domingo sejam presos e condenados por esse crime. 

Palestra com Oi Nois Aqui Traveiz em Vacaria RS


Palestra sobre a "A Censura no Teatro Brasileiro Durante a Ditadura Militar" com o atuador Paulo Flores.