Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Glória 1 x 0 Panambi parte 65 (dia 12 de Abril 2015)

Deputado Jean Wyllys

headerSite Jean Wyllys


Tweet da Semana

Escapei de um destino imperfeito a partir do momento em que abri o primeiro livro.
Nasci em uma comunidade extremamente pobre do interior da Bahia. Não havia internet, as escolas eram tão precárias quanto aquela realidade, e eu não tinha a menor condição financeira de conhecer, pessoalmente, novas culturas, novos conhecimentos ou outras realidades sociais que me permitissem expandir meu entendimento sobre o mundo e sobre mim mesmo. Em resumo, não teria qualquer ferramenta que me permitisse questionar e mudar a minha realidade não fossem os livros.
Os livros que me levaram ao engajamento na Pastoral da Juventude Estudantil e na Pastoral da Juventude do Meio Popular, ambas da Igreja Católica, e ao trabalho nas Comunidades Eclesiais de Base. Passei horas dos meus sábados e domingos na biblioteca da casa paroquial.
Foram estes livros que me deram valores humanistas e a preocupação com o outro, típicos do cristianismo livre de fundamentalismo, aquele que nos trouxe essa ideia de que o que torna um homem virtuoso são os seus atos. A partir destes valores tracei minha vida como professor, jornalista e ativista pelos direitos humanos. Enfim, como não amá-los?
Feliz dia internacional do livro para todos nós, e que as próximas gerações consigam ir muito além das frases curtas e muitas vezes vazias de razão das redes sociais!

O parlamento não é lugar para "viado"? Uma pessoa negra não pode ser proprietária de um carro?

A nossa luta pela desconstrução do discurso do ódio passa pela disputa do lugar que ocupamos no imaginário das pessoas. Assista aqui ao vídeo do deputado Jean Wyllys durante audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

Os fundamentalistas, a bíblia e o "direito"... a assasinar?

A abolição da pena de morte é um marco civilizatório, embora alguns estados ainda a pratiquem -- e muito embora, no Brasil, como tantas outras hipocrisias do nosso sistema, ela seja formalmente ilegal, mas costumeiramente aplicada pelas polícias, sem sequer acusação, defesa, julgamento e condena. O Brasil é signatário de tratados internacionais que proíbem a pena de morte e, por isso mesmo, ele é alvo de sanções por parte dos organismos internacionais encarregados de fazer cumprir esses tratados, pela persistência das execuções sumárias que a polícia pratica no vácuo da legalidade. É por isso que existe hoje na Câmara dos Deputados uma CPI (da qual faço parte) que investiga o extermínio da juventude negra e pobre, alvo predileto das execuções ilegais.
Apesar disso tudo, e por incrível que pareça, os fundamentalistas do novo congresso House of Cunha, ignorando o Estado de Direito, no seu empenho por levar o Brasil de volta para a Idade das Trevas, querem legalizar os homicídios que hoje são praticados na ilegalidade. O deputado Peninha, integrante das bancadas "da Bíblia" e "da Bala" e autor de um projeto de lei que pretende aumentar a circulação e o uso de armas no país (um incentivo ao aumento da violência e da morte num país que já tem muito de ambas as coisas!), fez nessa semana um post assustador, com uma imagem de um revólver encima de uma Bíblia (sim, isso mesmo!) e a legenda "Bandido bom é bandido morto". Leia mais.

A escandalosa triplicação do Fundo Partidário

Na votação do Projeto Orçamentário 2015, a bancada do PSOL 50 - Partido Socialismo e Liberdade foi a única a votar contra a escandalosa triplicação do fundo partidário. E não porque não precisemos dele! Diferentemente de todos os outros partidos com representação no Congresso (sim, todos), o PSOL não recebeu na campanha (de fato, nunca recebe) dinheiro das empreiteiras, e nem de bancos, multinacionais, etc. Como vocês sabem, porque acompanharam a minha campanha, todos os recursos usados para ela provinham do fundo partidário e das pequenas (mas, felizmente, muitas) doações de cidadãos e cidadãs (ou seja, de muitos de vocês!) realizadas pela internet, com cartão de crédito. É pouco? É, por isso nossa campanha é sempre tão pobre, mas nós sabemos que empresa não doa, empresa investe -- e depois sempre quer algo em troca! Por isso, também, o PSOL defende uma reforma política radicalmente oposta à defendida por House of Cunha: defendemos o fim do financiamento empresarial de campanha. E defendemos porque já praticamos, embora não sejamos obrigados. Leia mais.

‪#‎ReduçãoNãoÉSolução‬

Tempos sombrios em que precisamos explicar, desenhar, provar e insistir em demonstrar o fato de que jogar um adolescente infrator na masmorra do sistema penitenciário brasileiro, além de não ser a solução, é um estúpido e caro modo de transformar menores infratores em pós-graduados no crime, perpetuando a exclusão social à qual a ampla maioria desses jovens são submetidos desde que nasceram. É urgente que tod@s entendamos que o sistema prisional é seletivo: uma engenhoca cruel para encarcerar fundamentalmente a juventude negra e pobre!Leia mais.

Regime didático especial às gestantes é um direito em lei!

Alguns direitos estão dados, mas infelizmente não estão garantidos e, por isto, dependem da interferência do Judiciário para que se façam valer. É o caso, por exemplo, das gestantes que estudam e que não encontram o devido apoio das instituições de ensino, algo que está na lei.Leia mais.
 

Geledés

Você está recebendo as atualizações do Portal Geledés.
Portal Geledés

Geledés

Em defesa dos direitos humanos. Combate ao racismo, preconceito, discriminação e violência contra a mulher.

História do Clássico Santos x Palmeiras

Like História do Clássico Santos x Palmeiras on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
História do Clássico Santos x PalmeirasSantos e Palmeiras disputam no próximo domingo (26/04/) o chamado “clássico da saudade”, referência ao confronto que era um dos maiores do país na Era de Ouro do futebol nacional, a década de 60. por Rodnei Jericó – Advogado e articulista esportivo do Portal Geledés Este clássico tem história, e é nela que se pode confiar […] Leia mais »

A dignidade do trabalho

Like A dignidade do trabalho on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
A dignidade do trabalhoA dignidade do trabalho humano é tema que faz parte da história da sociedade e cujas análises e debates permeiam e concentram importantes reflexões sobre as relações socioeconômicas, políticas, culturais, éticas, religiosas e morais da atualidade. A dignidade está presente na dimensão própria da humanidade e está fundamentada na evidência de que, pelo trabalho, o […] Leia mais »

Terceirização: 70% dos deputados que representam o estado de SP votaram a favor

Like Terceirização: 70% dos deputados que representam o estado de SP votaram a favor on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Terceirização: 70% dos deputados que representam o estado de SP votaram a favorDos 60 parlamentares que foram à Câmara, 42 concordaram com o projeto de lei que regulamenta a mão de obra terceirizada; PT, PSOL e PC do B foram as únicas legendas que votaram contra Por Guilherme Franco, do SpressoSP A Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem (8) o texto-base do projeto de lei […] Leia mais »

‘Leis e mulheres foram feitas para serem violadas': declaração de professor causa polêmica

Like ‘Leis e mulheres foram feitas para serem violadas': declaração de professor causa polêmica on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
‘Leis e mulheres foram feitas para serem violadas': declaração de professor causa polêmicaUma declaração dada em aula por um professor de Direito da PUCRS vem causando polêmica desde a manhã de quarta-feira (22), quando a frase foi imediatamente compartilhada por um estudante no Facebook. “As leis, como as mulheres, foram feitas para serem violadas”, teria dito o professor de Direito Empresarial III Fábio Melo de Azambuja, segundo estudantes. A observação, feita […] Leia mais »

Por que não há uma narrativa pública alternativa?

Like Por que não há uma narrativa pública alternativa? on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Por que não há uma narrativa pública alternativa?Cinco meses se passaram desde o segundo turno das eleições presidenciais de 2014. Os votos foram apurados, o Tribunal Superior Eleitoral declarou um vencedor que tomou posse e assumiu o poder em 1º de janeiro de 2015. Apesar de tudo isso, a sensação que se tem ao se ler, ouvir ou assistir ao noticiário político […] Leia mais »

Here, There and Everywhere – os dilemas de uma “esquerda pragmática”

Like Here, There and Everywhere – os dilemas de uma “esquerda pragmática” on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Here, There and Everywhere – os dilemas de uma “esquerda pragmática”E finalmente chega a vez de Hillary. A pré-candidatura esperada, tentada, adiada e cozinhada por tantos anos, apresentou-se alguns dias atrás. Sem muito alarde, com um vídeo na rede seguido por uma agenda de viagens para encontros e diálogos com a sociedade americana. por Nina Madsen, de Washington, DC, do  Nota de Rodapé  Logo que […] Leia mais »

Funcionárias públicas de SP podem ter de repor tempo da licença maternidade

Like Funcionárias públicas de SP podem ter de repor tempo da licença maternidade on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Funcionárias públicas de SP podem ter de repor tempo da licença maternidadeGovernador do Estado entrou com Adin no STF para que trabalhadoras grávidas percam os seis meses da licença na contagem de tempo para adquirir estabilidade No Portal Metropole Funcionárias públicas paulistas podem ter de repor os seis meses de licença maternidade durante o estágio probatório se uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), proposta pelo governador […] Leia mais »

Fotógrafa retrata o cotidiano de tribo semi-nômade em região remota da Namíbia

Like Fotógrafa retrata o cotidiano de tribo semi-nômade em região remota da Namíbia on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Fotógrafa retrata o cotidiano de tribo semi-nômade em região remota da NamíbiaA fotógrafa Susan Portnoy passou alguns dias no deserto de Kunene, região remota entre a fronteira da Namíbia com Angola, registrando o cotidiano e os costumes do fascinante povo semi-nômade Himba. Em algumas fotografias impactantes, ela documenta a experiência de estar tão longe de tudo e de todos. No Nômades Digitais Vivendo em cabanas feitas de […] Leia mais »

ONU Mulheres seleciona, até 10/05, Assistente de Programa para o projeto “Diálogo Nacional de Mulheres Indígenas”

Like ONU Mulheres seleciona, até 10/05, Assistente de Programa para o projeto “Diálogo Nacional de Mulheres Indígenas” on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
ONU Mulheres seleciona, até 10/05, Assistente de Programa para o projeto “Diálogo Nacional de Mulheres Indígenas”Profissional fornecerá apoio administrativo à ONU Mulheres Brasil no escopo do projeto “Diálogo Nacional de Mulheres Indígenas: fortalecendo os direitos das Mulheres Indígenas Brasileiras” No ONU Mulheres  Está aberto o processo seletivo para a vaga de Analista de Programa na ONU Mulheres Brasil.  Sob a orientação do Gerente de Programas a/o Analista de Programa será responsável por prestar […] Leia mais »

Garota dá show de fofura ao ‘descobrir’ idade de Michelle Obama: ‘Você parece muito nova para 51 anos’

Like Garota dá show de fofura ao ‘descobrir’ idade de Michelle Obama: ‘Você parece muito nova para 51 anos’ on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Garota dá show de fofura ao ‘descobrir’ idade de Michelle Obama: ‘Você parece muito nova para 51 anos’Com uma agenda sempre cheia, a primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, costuma participar de muitos eventos que envolvem crianças. E isso inclui, é claro, responder às perguntas dos pequenos.  Durante um evento na Casa Branca, onde a primeira-dama conversou com filhos de funcionários do governo, uma garotinha perguntou à Michelle: “Quantos anos você tem?” A primeira-dama, então, respondeu: […] Leia mais »
Copyright © 2015 Geledés Instituto da Mulher Negra
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no Portal Geledés.

Geledés Instituto da Mulher Negra
Rua Santa Isabel 137 - 4º andar
São PauloSP 01221-010
Brazil

Add us to your address book


sair desta lista    atualizar preferências
 

Glória 1 x 0 Panambi parte 64 (dia 12 de Abril 2015)

Glória 1 x 0 Panambi parte 63 (dia 12 de Abril 2015)

Combate ao Racismo

Glória 1 x 0 Panambi parte 62 (dia 12 de Abril 2015)

Glória 1 x 0 Panambi parte 61 (dia 12 de Abril 2015)

Glória 1 x 0 Panambi parte 61 (dia 12 de Abril 2015)

Glória 1 x 0 Panambi parte 60 (dia 12 de Abril 2015)

Glória 1 x 0 Panambi parte 59 (dia 12 de Abril 2015)

Glória 1 x 0 Panambi parte 57 (dia 12 de Abril 2015)

Geledés

Você está recebendo as atualizações do Portal Geledés.
Portal Geledés

Geledés

Em defesa dos direitos humanos. Combate ao racismo, preconceito, discriminação e violência contra a mulher.

Casa do Choro será centro de referência do gênero musical no Rio

Like Casa do Choro será centro de referência do gênero musical no Rio on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Casa do Choro será centro de referência do gênero musical no RioEntre os dias 25 e 26 de abril, em homenagem a Pixinguinha, acontece festival ao ar livre em memória ao choro Por Paulo Virgílio No Carta Capital. O Dia Nacional do Choro, 23 de abril, foi instituído no ano de 2000 em homenagem ao compositor Alfredo da Rocha Viana, o Pixinguinha, nascido nesta data em 1897. […] Leia mais »

Ministra participa de debates sobre igualdade racial em Belém

Like Ministra participa de debates sobre igualdade racial em Belém on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Ministra participa de debates sobre igualdade racial em BelémProgramação será promovida nos dias 27 e 28 de abril. Iniciativa prevê uma série de debates e encontros com autoridades locai Do G1 A ministra Nilma Lino Gomes, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República, estará em Belém nos dias 27 e 28 de abril para participar de debates […] Leia mais »

O Evangelho segundo o estelionato

Like O Evangelho segundo o estelionato on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
O Evangelho segundo o estelionatoNaquele tempo, o povo estava ávido de qualquer coisa que lhe aliviasse a dor e o sofrimento e que lhes oferecesse a tão sonhada prosperidade material. Ainda que o “bálsamo” tivesse um efeito duvidoso e devastador em suas mentes e almas. Sabendo disso, alguns sacerdotes e líderes religiosos, seres quase supremos da lei espiritual na […] Leia mais »

Responsabilizar com humanidade

Like Responsabilizar com humanidade on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Responsabilizar com humanidadeA declaração contundente do desembargador do Tribunal de Justiça do Rio, de que há uma certa “aversão” de promotores(as) na proximidade com meninos e meninas infratores(as), principalmente por determinadas condições sub-humanas de higiene a que são submetidos pelo Estado, não agradou. Por Mônica Francisco Do Jornal do Brasil Mais do que não agradar, causou desconforto e […] Leia mais »

Edição da Vogue Paris de maio de 2015 apresenta a primeira modelo negra na capa da revista em 5 anos

Like Edição da Vogue Paris de maio de 2015 apresenta a primeira modelo negra na capa da revista em 5 anos on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Edição da Vogue Paris de maio de 2015 apresenta a primeira modelo negra na capa da revista em 5 anosNós não sabemos se devemos ficar felizes ou tristes ao compartilhar com vocês que a modelo Liya Kebede é a capa da Vogue Paris de maio, porque marca pela primeira vez em cinco anos que uma modelo negra embelezou a capa da glamorosa revista. Por  Julee Wilson Do Brasil Post De acordo com o site […] Leia mais »

Presa na ditadura foi mais torturada por ser homossexual

Like Presa na ditadura foi mais torturada por ser homossexual on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Presa na ditadura foi mais torturada por ser homossexualEx-escriturária passou oito anos sem sair de casa e hoje recebe indenização Por  Evandro Éboli Do O Globo BRASÍLIA – Presa pela ditadura aos 20 anos, em julho de 1974, a então escriturária Sandra Carnio, que trabalhava no escritório de uma vinícola em Jundiaí (SP), passou 12 dias detida nas instalações do Doi-Codi, no II […] Leia mais »

O Candomblé na música Brasileira

Like O Candomblé na música Brasileira on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
O Candomblé na música BrasileiraO Candomblé, a macumba e o estereótipo por Roberto Rutigliano Do Afreaka É normal no Brasil, por desinformação ou difusão de informações estereotipadas, muita gente associar o Candomblé com bruxaria ou com oportunistas que prometem milagres em troca de dinheiro. Ou ainda confundirem a cultura negra com superstição ou ideias maléficas. No entanto, esta religião […] Leia mais »
Copyright © 2015 Geledés Instituto da Mulher Negra
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no Portal Geledés.

Geledés Instituto da Mulher Negra
Rua Santa Isabel 137 - 4º andar
São PauloSP 01221-010
Brazil

Add us to your address book


sair desta lista    atualizar preferências