Rádio WNews

sábado, 17 de março de 2018

Torcidas da Dupla Grenal Punidas


Suspensas torcidas organizadas da dupla Grenal
O Juizado do Torcedor e Grandes Eventos da Capital, a pedido do Ministério Público, suspendeu por até 90 dias a atividade, nos estádios de cinco torcidas organizadas de Grêmio e Internacional. São elas: Jovem e Geral, do lado tricolor, e Nação Independente, Camisa 12 e Guarda Popular, do lado colorado. A medida cautelar, assinada ainda na noite de hoje, 17/3, pelo Juiz Marco Aurélio Martins Xavier, já é válida para o Grenal deste domingo, na Arena.
O magistrado explicou que suspensão é uma reposta rápida e enérgica do Poder Público (Polícia, MP e Judiciário) a diversos conflitos entre os torcedores, que qualificou de "barbáries", acontecidos no último clássico, dia 11.
Pelos termos da medida cautelar, ficam vedado o uso de qualquer instrumento, bandeiras, barras, bonés e quaisquer outros instrumentos que identifiquem a organizada. Também, os clubes ficam proibidos de disponibilizar qualquer forma de franquia de acesso, ainda que parcial, aos integrantes da organizada ao estádio, trancando os acessos por meio de carteira social e de biometria.
O descumpimento acarretará multa de valor equivalente a cinco salários mínimos. A suspensão pode ser levantada assim que forem apontadas as responsabilidades individuais pelos fatos que a geraram.

EXPEDIENTETexto: Márcio Daudt
Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend
imprensa@tj.rs.gov.br
 

Publicação em 17/03/2018 22:22

Magia Quebrando Preconceitos

O time do Magia anfitrião da 2ª champions Ligay de Futebol 7 em Porto Alegre RS, uma equipe LGBT conquistando espaço na mídia esportiva do RS e do Brasil. Independente do resultado de campo nos dias 13 a 15 de Abril, o Magia é Campeão pela quebra de paradigmas num esporte ainda machista e preconceituoso como o Futebol. Uma equipe LGTB bem organizada, disciplinada e carismática que com certeza irá conquistas voos maiores no cenário do Futebol nacional e internacional.

Melannye Top


Outras Palavras


;
Boletim de Atualização - Nº 950 - 15/3/18



Não estamos derrotados!
Protestos oceânicos contra execução de Marielle Franco e Anderson Gomes revelam: é possível frear a espiral conservadora; mas é urgente um programa comum. Veja nossa análise e, a seguir, uma seleção de textos relevantesPor Antonio Martins

Morte de Marielle desperta ruas e disrupção muda cenário eleitoral de 2018Por Fernando Rodrigues, no Poder360.
Para o articulista, volta das multidões às ruas coloca governo Temer em situação delicada e pode mudar o cenário eleitoral de 2018. “O Brasil viu nesta 5ª feira (15) imagens de grandes manifestações em capitais como Rio, São Paulo e Recife. O assassinato da vereadora carioca Marielle Franco pode mudar o cenário político”.

A vida e a morte de uma voz inconformada
Por José Roberto de Toledo, na Revista Piauí.No texto, uma descrição da trajetória de Marielle Franco. “Após dez anos de trabalho como assessora parlamentar, Marielle elegeu-se em 2016 para seu primeiro e último cargo eletivo. O sucesso logo de cara predizia uma carreira política longeva. Quatro balas anularam a previsão. Mas não seu legado: foram quatorze meses como vereadora, dezenove anos como mãe, e quase quatro décadas como voz inconformada contra a violência à sua volta”.
Em entrevista inédita, vereadora assassinada avisou: ‘democracia está ameaçada’Por Maria Teresa Cruz e Pavio, na Ponte Jornalismo.
Na entrevista (o vídeo está logo abaixo abaixo), feita semanas atrás, Marielle denunciava a intervenção federal/militar no Rio. “Para Marielle, a intervenção iria trazer ‘o acirramento da violência nos corpos nossos de favelados’ e fazia parte de um processo que colocava a própria democracia em risco. ‘O processo de democratização está ameaçado por causa do que está colocado: servidor, saúde, caos em varias áreas e intervenção na segurança, o que ajuda a controlar ainda mais o que vinha sendo controlado antes’, afirmou. ‘Esses dias a gente conversava ali na Maré, sobre o quanto os 14 meses de incursão militar… e não só da PM, mas da força nacional, do Exército, o barulho dos tanques, de tanque blindado, o barulho do tanque ainda é muito latente que ficava na porta de um dos prédios que eu morei até pouco tempo. Esse medo, esse desespero é onde a gente chora porque corta na nossa carne’, disse na entrevista”.
5. Esta mulher, executada no Rio de Janeiro, ocupado por militares há um mêsPor Alexandra Lucas Coelho, no Sapo24, de Portugal
Um perfil de Marielle e do país depois do golpe, da intervenção e da execução. “Foi esta cidade que há um mês se viu ocupada por militares, a mando de um presidente da república não-eleito, alegadamente para fazer face ao crime. Depois do golpe na presidência, o golpe na cidade que é a cara do Brasil. O crime de Estado tem esta tradição de se justificar pelo crime. O presidente não-eleito, Michel Temer, assinou essa ocupação. O Rio de Janeiro é desde então uma cidade ocupada, num país ocupado. Todos os dias algo se soma ao horror. Chegam amigos de lá, ou mensagens de amigos, vejo as notícias, horror atrás de horror.”
6. Assassinato político de Marielle Franco reativa as ruas e desafia intervenção no RioPor Felipe Betim, no El Pais Brasil.
As multidões que ocuparam as ruas depois da execução de Marielle Franco e Anderson Gomes causaram um curto-circuito nos planos do Palácio do Planalto. “A força das ruas tornou-se um inesperado desafio para o Governo de Michel Temer (MDB) e sua aposta em uma inédita intervenção federal como bandeira eleitoral e resposta para caos na segurança pública do Rio. O presidente colocou suas fichas em nomear como interventor federal o general Walter Souza Braga Netto, chefe do Comando Militar do Leste e, desde o último dia 16 de fevereiro, também chefe máximo da segurança pública fluminense, ainda que nem sequer haja um plano oficial para a ação. Agora, essa cadeia de comando — da Polícia Civil ao presidente — tem que responder por um dos mais emblemáticos crimes políticos da história recente brasileira”.


Boletim de atualização do site Outras Palavras. Somos copyleft: a  reprodução de todo o material publicado é bem-vinda e sem ônus mercantil, desde que citada a fonte. Interessados em receber o boletim devem clicar aqui. Para deixar de recebê-lo, aqui. Acompanhe nossas novidades também no YouTube e Facebook
_______________________________________________
Boletimdiplo mailing list
Boletimdiplo@listas.tiwa.net.br
https://listas.tiwa.net.br/listinfo/boletimdiplo
Descadastrar: envie email a Boletimdiplo-unsubscribe@listas.tiwa.net.br

Champions Ligay